http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

O BRASIL NA OPEP?


Uma notícia hoje nos noticiários é extremamente alvissareira. Nós Brasileiros talvez ainda não tenhamos medido a exata dimensão do que representa essa notícia para todos nós Brasileiros, e o passo gigantesco que essa notícia representa.






Desde que foi criada por Getúlio Vargas, a Petrobras vem enfrentando inimigos internamente (Financiados pelos interesses externos) e externamente visando a entrega de nossas riquezas no caso o petróleo, em mãos de empresas multinacionais, principalmente as denominadas "sete irmãs".







O tempo no entanto se encarregou de mostrar que o PETROSSAURO como jocosamente a chamavam o decepcionante presidente COLLOR e os entreguistas de plantão, é um modelo de sucesso estatal. É a maior empresa Brasileira, e não só brasileira. É a maior da América latina e é uma das cinco empresas brasileiras que está colocada entre as quinhentas maiores empresas do mundo, sendo a melhor colocada entre elas, ocupando a 65ª colocação, portanto a única entre as 100 maiores empresas do mundo. Depois dela o Bradesco ocupa a 224ª posição, seguida por ITAU, Banco do Brasil e Vale do Rio Doce (Que estreou nesse grupo recentemente).


Na lista da revista FINANCIAL TIMES a Petrobras ocupa a 48ª posição. entre as 500 maiores do mundo pulando da 124ª posição o ano passado para a 48ª posição.



O lucro do PETROSSAURO tem apresentado recordes sucessivos e esteve indo à estratosfera. Foi de 23,7 bilhões de reais em 2005 batendo os recordes dos anos anteriores e 25,9 bilhões de reais em 2006 batendo novamente o recorde de 2005, superado em 9%.






Para se ter uma idéia do que isso representa, basta recordar que a empresa VALE DO RIO DOCE foi vendida por meros 2,1 bilhões de (pasmem) REAIS. Portanto o lucro da Petrobras equivale ao valor de venda de 13 Vales do Rio Doce só em 2006. (Agora me digam, é ou não é um roubo isso?)






Portanto em que pesem as opiniões das aves de rapina, foi certa a decisão de não privatizar a PETROBRÁS, hoje símbolo do orgulho desse povo o BRASIL. Com certeza Getúlio Vargas está rindo a toa lá no túmulo e ROBERTO CAMPOS se mordendo de raiva.


3 comentários:

  1. Peraí!
    Deixa eu entender uma coisa: o que o povo ganha com isso de fato???
    A conta da falta de gás, como sempre, será paga pelo povo (papel estranhamente invertido com relação à exploração por parte das empresas estrangeiras); A gasolina não reduz de preço. Ao contrário, a gente (mais uma vez) é quem paga mais caro por ela... Exportamos a preços baixos e pagamos caro aqui dentro pelo NOSSO combustível; Se verificarem as histórias dos países que são maiores reservas do mundo (a do Irã, por exemplo), veremos que o resultado são guerras, mortes, fome, doenças, miséria para a maioria, que sustenta uns poucos nacionais e vários estrangeiros (como eu disse, à custa de muito sangue)...
    Portanto, vai a minha pergunta:
    O que o POVO BRASILEIRO ganha de fato com isso tudo?
    Infelizmente, tenho uma opinião muito pessimista a respeito do futuro do nosso país...

    ResponderExcluir
  2. Boa noite!

    Primeiramente uma correção, o lucro da empresa foi publicado incorretamente no site, ele foi de 25,9 bilhoes de Reais e não Doláres, o faturamento da empresa sim, supera até essa marca.
    BVom sobre o comentário do colega, vale dizer que a quebra do monopólio causa o preço flutuante da gasolina e gás, sobre a falta do gás, com ou sem Petrobrás poderia faltar, tendo em vista a dificuldade de armazenamento do mesmo, a emrpesa está desenvolvendo métodos de liquefazer o gás natural, inclusive para importá-lo, o gás precisa ser consumido em tempo real, por isso pode faltar. Gasolina tem preço internacional, o Petróleo é exportado porque as refinarias não conseguem refinar o petróleo de Marlin (muito viscoso - grosso), mas em breve refinará e não exportará o petróleo bruto, mas sim seus derivados que são mais caros. A empresa não pode vender a preços internos se o emrcado é aberto, do contrário nenhuma empresa se interessará no mercado Nacional, o Governo poderia fechar o mercado a exemplo da Venezuela (ou Bolivia .. falhou a memória) que estatizou as reservas, do contrário é preço internacional, o País ganha em ser Estatal na medida que o lucro fica interno, o investimento é no País, empresa com responsabilidade social, a maior investidora social do País, a Vale, apesar e ser a maior investidora privada no País, não chega muito perto da Petrobras.

    Sds.

    Rafael

    ResponderExcluir
  3. Foi muito pertinente o comentário do Amigo Rafael. Realmente errei com relação à moeda em referência e já corrigi o erro no Blog. Os outros comentários também foram muitio proveitosos. Parabéns pela clucidez e informação. Carlos Roberto

    ResponderExcluir

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES