http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

O mundo está mudando e nós estamos vendo ainda.






O Presidente Lula foi eleito a princípio porque o FHC, e o Collor fizeram tantas "falcatruas", que desmoralizaram a direita, e portanto o Povão e parte da classe média resolveram dar uma vez ao PT, mas hoje o LULA não está sendo eleito mais, só com os votos desses. Ele está sendo eleito com os votos de quase toda a classe média, de todo o povão e até das classes mais privilegiadas, porque o Brasil melhorou muito com ele. Só o fato de ter saido do FMI, por si só já seria um grande mérito. Hoje o brasil faz parte do BRIC.

O que é BRIC?

BRIC é um
acrônimo criado em novembro de 2001 pelo economista Jim O´Neill, do grupo Goldman Sachs, criou o termo para designar os 4 (quatro) principais países emergentes do mundo, a saber: Brasil, Russia, India e China no relatório "Building Better Global Economic Brics". Usando as últimas projeções demográficas e modelos de acumulação de capital e crescimento de produtividade, o grupo Goldman Sachs mapeou as economias dos países BRICs até 2050. Especula-se que esses países poderão se tornar a maior força na economia mundial.

Se os resultados ocorrerem como esperado em menos de 40 anos as economias BRICs juntas poderão ser maiores que as dos G6 (Estados Unidos da América, Japão, Alemanha, Reino Unido, França e Itália) em termos de dólar americano (US$).

O estudo ressalta que cada um dos quatro enfrenta desafios diferentes para manter o crescimento na faixa desejável. Por isso, existe uma boa chance de as previsões não se concretizarem, por políticas ruins, simplesmente má sorte, ou por erro nas projeções.

Mas se os BRICs chegarem pelo menos próximos das previsões, as implicações na economia mundial serão grandes. A importância relativa dos BRICs como usina de novas demandas de crescimento e poder de gasto pode mudar mais sensível e rapidamente do que se imagina a economia mundial.

De acordo com o estudo, o grupo possuirá mais de 40% da população mundial e juntos terão um PIB de mais de 85 trilhões de dólares (US$). Esses quatro países não formam um bloco político (como a União Europeia), nem uma aliança de comércio formal (como o Mercosul e ALCA) e muito menos uma aliança militar (como a OTAN), mas formam uma aliança através de vários tratados de comércio e cooperação assinados em 2002 para alavancar seus crescimentos.

É iportante se notar que esse notável prestígio mundial que coloca o BRASIL na vanguarda dos países de interesse para aplicação dos capitais do mundo inteiro que buscam portos estáveis para sua aplicação, só foi possível com o GOVERNO LULA. Com o fracasso de FHC isso seria impensável. Com FHC o BRASIL era um país a beira da banca rota, como a Argentina que mergulhou de cabeça mais fundo na proposta NEOLIBERAL e até o momento não saiu do buraco.

LULA inteligentemente teceu uma teia de acordos de colaboração com vários países ao redor do mundo, principalmente com a CHINA que desponta como a provável maior potência do mundo daqui a 40 anos, à frente dos Estados Unidos da América.

É importante que se perceba que esse cenário que se desenrola com a derrocada do Império Americano, não agrada de forma nenhuma aos interesses da maior potência do Globo, que provávelmente desenvolverá políticas para assegurar sua Hegemonia, e com certeza a guerra do Iraque fez parte desse plano sinistro, que provávelmente envolverá o seu arsenal Bélico.


A Eleição de Barack Obama, no entanto mostra que o mundo está mudando, mas o prestigiado político mestiço pode ser vítima das mesmas forças que com a Indústria bélica a frente, assassinaram o Presidente Kennedy e o Líder negro Martin Luther King Júnior.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES