http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

COMO BUSCAR A PERFEIÇÃO PARA SER FELIZ

Em primeiro lugar é importante saber que não somos perfeitos. Se alguém se julga perfeito, está enganado, pois todos somos imperfeitos e o pai, Deus sabe disso. Por este motivo não espera de nós a perfeição.

O mais perfeito de todos entre os homens foi Jesus, mas nem ele se julgou perfeito pois declarou "Porque me chamais bom? Bom só existe um que é o pai."


Por este motivo, como não somos perfeitos, erramos e somos perdoados. É como uma criança que inicia a dar os seus primeiros passos. Ela por certo irá errar muitas vezes, mas errando e aprendendo chegará a andar. O pai irá incentiva-la a andar mas não a condenará por errar pois sabe que para aprender terá que errar para poder aprender.
Mateus 19
16 E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?

17 E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.




Entretanto o errar só é perdoado quando erramos procurando acertar. Se erramos porque queremos errar, e porque perseveramos no erro, é preciso que recebamos palmadas para querermos aprender. É então a função da vida nos dar essas palmadas que são tão mais fortes quanto mais forte for a nossa determinação em permanecer no erro.

Riqueza e bem estar nos levam a um estado de acomodação quando não temos interesse em progredir ou  acertar. Simplesmente nos acomodamos na maioria das vezes. Essa é a natureza do ser humano. Entretanto existem os que mesmo tendo bem estar e riqueza, procuram evoluir e aprender. São pessoas de espírito nobre que tem sede de aperfeiçoamento. Esse não é o caso da maioria. Por isso a maioria não é aquinhoada com riqueza e bem estar. A providência divina então dá a cada um o necessário para que aprenda e progrida. Nisso consiste a sabedoria divina.

Essa realidade fica patente na passagem do jovem rico que é transcrita abaixo
MATEUS 19

16
E eis que, aproximando-se dele um jovem, disse-lhe: Bom Mestre, que bem farei para conseguir a vida eterna?




17 E ele disse-lhe: Por que me chamas bom? Não há bom senão um só, que é Deus. Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.

18 Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho;

19 Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.

20 Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?

21 Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.

22 E o jovem, ouvindo esta palavra, retirou-se triste, porque possuía muitas propriedades.

23 Disse então Jesus aos seus discípulos: Em verdade vos digo que é difícil entrar um rico no reino dos céus.

24 E, outra vez vos digo que é mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar um rico no reino de Deus.
Observando essa passagem podemos verificar que Jesus a princípio não exigiu do moço rico que desse todas as suas posses aos pobres. Ante a pergunta feita disse-lhe apenas que seguisse os mandamentos.
 


Se queres, porém, entrar na vida, guarda os mandamentos.


18 Disse-lhe ele: Quais? E Jesus disse: Não matarás, não cometerás adultério, não furtarás, não dirás falso testemunho;

19 Honra teu pai e tua mãe, e amarás o teu próximo como a ti mesmo.

E é isso que ele espera de nós, imperfeitos. Apenas que sigamos os mandamentos, procurando a cada dia seguir no caminho da perfeição de forma a ir nos aperfeiçoando a cada dia.
 
Mas o jovem que fez a pergunta a Jesus, pelo fato de já seguir os mandamentos, julgou que já era santo, pois seguia os mandamentos desde a sua mocidade. Santo é uma designação que se dá a alguém que tenha alcançado um certo grau de perfeição que o situe entre os anjos, entre os grandes merecedores da vida eterna.


20 Disse-lhe o jovem: Tudo isso tenho guardado desde a minha mocidade; que me falta ainda?
Nesse momento Jesus procurou mostra-lo que ele não era o que estava pensando, pois ainda tinha como a maioria de nós, muito ainda para se aperfeiçoar, e resolveu fazer a prova real.


21 Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.


Erroneramente muitos interpretam que possivelmente, para que sejamos cristãos teriamos que vender tudo o que temos, dar aos pobres e seguir a Cristo.
Não! Não foi isso que Jesus informou ao moço rico no princípio, mas apenas que seguisse os mandamentos e amasse ao próximo como a si mesmo. Não pediu a perfeição, pois sabia que ele não era perfeito, como nós também não somos.

Temos que entender que os seres realmente perfeitos, são capazes de fazer isso que Jesus pediu, e citaremos alguns aqui.

O próprio Jesus, não tinha bens materiais e poderia te-los se quisesse com sua inteligência e conhecimento, mas o filho do homem não tinha onde repousar a cabeça.

Cito ocaso por exemplo de Sidarta Gautama o "Budha" que sendo príncipe resolveu viver na pobreza porque não achava justo que enquanto seus irmãos pobres viviam em privação, ele pudesse viver de forma abastada.

Cito ainda o caso de Madre Tereza de Calcutá, que ganhou esse nome porque deixou o conforto em que vivia para que a frente do hospital de fogo selvagem na paupérrima Calcutá, pudesse cuidar dos pobres desvalidos.

Por fim cito o caso de Mahatma Ghandi que sendo o maior estadista da India, tendo conquistado a Independência da India (A jóia da corôa Britânica) sem violência, dando ao munda o exemplo de que sem violência é possível,  ao morrer assassinado, deixou como bens apenas um par de sandalhas, a sua bengala, o seu traje e sua máquina de fiar.

Portanto ai está a prova da perfeição. Você seria capaz de vender tudo o que tem, e dar aos pobres? Não? Então você ainda não é perfeito. Mas não precisa ficar preocupado, porque se você não é, quem é? NINGUÉM. Nem mesmo Jesus se julgou pefeito, porque perfeito só existe um que é DEUS.

Mas devemos buscar a perfeição. SEDE PERFEITO COMO O PAI, mas isso é uma tarefa para a eternidade, mas quanto mais perfeito formos, certamente mais felizes seremos, portanto vamos buscar a perfeição.

Como busca-la? É assunto para a  próxima matéria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES