http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

O WINDOWS 7 JÁ ERA. VEM AI O WINDOWS 8.

VEJA O VIDEO CLICANDO AQUI
Você já migrou para o windows seven? (windows 7) Provavelmente sim, mas nem todos. Bem, tenho a lhe dizer que o windows 7 já era. 


Em 2012 chega ai o Windows 8 com suporte a novas tecnologias, entre elas, o USB 3.0 que é simplesmente dez vezes mais rápido do que o USB 2.0.

Já imaginou o que isso significa? É que se você investiu dinheiro naquela filmadora de alta definição total, e que transmite seus dados por uma porta USB 2.0 ela está superada, porque as novas filmadoras poderão trasferir seus dados para os softwares de captura com uma velocidade 10 vezes mais rápida.

Você também não precisará mais de mídias como DVD para rodar seus filmes. Poderá faze-lo do pen drive como aliás já é possível com o pendrive USB 2.0. Inclusive o windows 8 será instalado a partir de um pen drive.


O Hardware (equipamentos) como normalmente anda na frente do Software (Programas), já está sendo vendido com a nova tecnologia. Um dos exemplos é o HD externo da LG modelo HXD7. Esse Disco rígido de 1 terabyte com conexão por porta USB já dispõe da super verlocidade ou super speed. Basta que se tenha um computador com uma porta USB 3.0 e óbviamente o sistema operacional correspondente. WINDOWS 8 que já pode ser baixado na Internet. Um dos muitos sites que odisponibiliza é o site BAIXAKI na versão RC1 - Release Candidate 1. O link aqui está. Mas ele funcionaem qualquer porta USB.

http://www.baixaki.com.br/download/windows-8-professional-edition.htm

Era bastante óbvio que o Windows 8 teria suporte ao novo USB 3.0, mas hoje Steven Sinofsky no blog Building Windows 8, confirmou que o sistema operacional da próxima geração terá suporte a USB 3.0 O blog diz que até 2015 todos os novos PC terão suporte a USB 3.0. Aqui está o que Steven postou no blog:


Com taxa de transferência até 10 vezes mais rápido que USB 2.0 e melhor gestão de energia que resulta em maior duração da bateria, USB 3.0 apresenta razões convincentes para melhorar a interface do mundo PC. Até 2015, todos os novos PCs são esperados para oferecer portas USB 3.0, e mais de 2 bilhões de novos dispositivos USB serão vendidos somente naquele ano.

Como USB 3.0 será 10 vezes mais rápido que USB 2.0, você seria capaz de copiar um filme de alta definição a partir de uma unidade de armazenamento USB em cerca de 80 segundos em vez dos 15 minutos que leva com USB 2.0, a velocidade de tranferência será em torno de 5 Gbps.

Algumas filmadoras antigas tinham uma porta que tem o nome de FIREWIRE (Tradução : fio de fogo) porque a filmadora precisa de uma velocidade de transmissão de dados elevada para fazer a transferência do filme gravado sem perda de quadros (FRAMES). As primeiras portas FireWire tinham uma taxa de transferência de 400 Mega bits por segundo, ou 400 Mbps, mas com a criação do USB 2.0 ficaram superadas já que o USB 2.0 chega a 480 Mbps. Ai surgiu a segunda geração das portas firewire com 800  Mbps.

Uma briga só é boa quando a platéia também sai ganhando. Não é de hoje que a turma do USB briga com a galera do FireWire para ver qual tecnologia transmite dados mais rapidamente. O FireWire leva vantagem nessa disputa, principalmente pelo padrão FireWire 800, capaz de transmitir dados à quase 800 Mbps (a taxa do USB 2.0 é de 480 Mbps). Por outro lado, o USB ganha no número de usuários, já que está presente em um maior número de aparelhos.

Mas, eis então que, em setembro de 2007, anunciaram o projeto do padrão USB 3.0, que poderia fazer aparições experimentais em meados de 2009 e chegou pra valer ao mercado em 2011. Estima-se que sua taxa de transmissão de dados poderá ser de 4,8 Gbps. Isso se deve, entre outras coisas, à utilização de fibra óptica em suas especificações.

Bom, é evidente que as empresas envolvidas com o FireWire também estão trabalhando para lançar uma nova versão da tecnologia. Nesta última semana, os principais informativos de tecnologia começaram a falar de um tal de FireWire S3200, cujo principal atrativo será a capacidade de transmissão de dados à taxa de 3,2 Gbps. Um valor respeitável, obviamente, mas sensivelmente inferior ao que promete o padrão USB 3.0.

É meio estranho entrar em um briga tendo uma desvantagem como essa, não? Nem tanto. O padrão FireWire S3200 está sendo desenvolvimento com base em suas especificações anteriores, o que significa que não haverá mudanças tão drásticas ao ponto de seu custo de implementação ser alto. Além disso, isso garantirá compatibilidade com os padrões anteriores. O USB 3.0, por sua vez, poderá ser de implementação mais custosa, uma vez que suas especificações serão bastante distintas em relação aos padrões anteriores, o que pode resultar à indústria em mais custos e maior tempo de adaptação.

Uma briga boa, já que cada lado tem seus pontos fortes e fracos, mas quer saber? A verdade é que uma tecnologia não conseguirá matar a outra. O USB 3.0 contará com a sua excelente aceitação no mercado, e o FireWire 3.0 continuará com o apoio de gigantes da indústria, principalmente da Apple, a sua “progenitora”. Além do mais, o usuário que assiste a luta está ali para ver a sua tecnologia preferida evoluir, não para ver a outra caindo. E, sorria, é isso que teremos em breve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES