http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

EDUARDO PAES QUER ENGANAR VOCÊ.

Eduardo Paes rindo
da cara do Contribuinte
que o elegeu.
Vamos aqui ser honestos. Você já viu ou teve conhecimento de alguma realização de Eduardo Paes, candidato a reeleição à prefeitura do Rio de Janeiro que não fosse o LIGEIRÃO e as urbanizações da Barra da Tijuca?


Sim. Eu sei das realizações de Eduardo Paes que ficaram na minha cabeça. Ele aumentou consideravelmente o número de pardais e dispositivos que tem a finalidade de te encher de multas se você tem um carro. E também as formas de te roubar um carro nas inúmeras blitzens que com vários reboques de plantão te apreendem o carro e depois lhe incrementam inúmeras taxas diárias que serão progressivamente incrementadas até que o seu carro seja literalmente roubado por absoluta incapacidade de resgate e depois leiloado para os inúmeros aproveitadores que se acotovelam para inter-mediar o produto do ROUBO.

E com a tecnologia eles detectam a mínima irregularidade no seu carro assim que ele passa por um pardal que fotografa a placa do seu carro e compara com o banco de dados que eles tem lá para te investigar e ver afinal o que eles já conseguiram te roubar em termos de multas relativas a pardais de 50 Km por hora em rodovias de alta velocidade. Se seu IPVA está atrasado ou se você está com a vistoria vencida.

Sei também de outras realizações de Eduardo Paes que ficaram na minha cabeça. Os tratores derrubando prédios prontos que foram construídos e que tinham irregularidades na prefeitura. Esses prédios foram construídos porque a Prefeitura com os seus fiscais corruptos permitiu que fossem construídos.

6 DE JANEIRO DE 2009
Na segunda, um edifício de quatro andares com 34 unidades – entre lojas e moradias – foi demolido no início da operação. Mais de 40 toneladas de materiais foram apreendidas e 13 adolescentes e dois adultos levados para abrigos . A iniciativa da prefeitura contou com o apoio do governo estadual que disponibilizou policiais de diversas delegacias especializadas para apoiar os 1.500 agentes municipais. A ação de mais impacto foi a demolição do prédio irregular de quatro andares na orla do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste. O edifício pertencia ao terceiro suplente de deputado federal do PSC, Marco Aurélio França Moreira, de 40 anos. Coloquei cartaz da campanha do prefeito no prédio, conseguimos votos e agora ele faz isso”, disse Moreira, que assistiu à demolição em um flat de luxo em frente ao prédio irregular.

“Há um ano ouvíamos o burburinho que o prédio era irregular, mas ele não nos comunicou nada e fomos surpreendidos hoje”, disse a dona de uma lanchonete no prédio demolido. De acordo com outros inquilinos, Moreira cobrava entre R$ 600 e R$ 2.500 o aluguel comercial e R$ 300 o residencial. Alguns inquilinos compraram os imóveis por R$ 100 mil. Em menos de seis horas o prédio foi demolido. A remoção dos escombros deve durar dez dias.

Na Barra da Tijuca, bairro vizinho ao Recreio, 46 vans foram vistoriadas e 33 Kombis fiscalizadas. Seis veículos foram multados. Os fiscais apreenderam mercadorias diversas em oito estabelecimentos comerciais.

Em Ipanema, no acesso ao Morro do Pavãozinho, a Guarda Municipal apreendeu 300 cadeiras de praia, 70 guarda-sóis, seis caixas de isopor, oito bicicletas e 23 carrinhos de mão. No mesmo bairro, quatro carros foram rebocados e 11 multados.

Em Copacabana, nove lojas foram notificadas por irregularidades e dois carros rebocados. Na Tijuca (zona norte), cinco carros foram multados e outros cinco rebocados.



Logo no início da operação, ao lado do Estádio do Maracanã, um morador de rua que improvisou uma barraca foi levado para um abrigo com dois menores. 

Você já verificou se os hospitais municipais melhoraram o atendimento? Eu já. São uma porta para o inferno na terra. Se você estiver doente e for parar em um hospital municipal  provavelmente irá morrer porque a fila não o permitirá ser atendido. Se for procurar um hospital particular, prepare-se para desembolsar em torno de R$300,00 (Trezentos reais por uma consulta mais exames) se não ficar lá internado. Se ficar ai a conta vai ao infinito.
Os hospitais estão superlotados, sem médicos e sem materiais básicos para o atendimento. Resultado: gente doente espalhada por corredores, salas de espera e portarias de hospitais imundos; só quem esteve doente e precisou de atendimento na rede pública de saúde é que sabe o que isso significa. Cadê o dinheiro para a saúde? Porque não tem dinheiro para os hospitais e sobra dinheiro para construir estádios (alguns, de esportes que mal são praticados no país)?

DEMOLIR AS CASAS DOS POBRES PARECE SER
A DIVERSÃO PREFERIDA DE EDUARDO PAES E
JOSÉ SERRA.
A Sala da musica que foi uma realização que consumiu o dinheiro do contribuinte está lá prontinha, mas o Eduardo Paes não a coloca para funcionar. Fica lá como um esqueleto no centro da Barra da Tijuca, tudo porque foi obra do Cesar Maia seu antecessor.

Quanto a Educação o que mudou? NADA. Continua tudo péssimo. Professores mal remunerados, ensino de má qualidade, e o que não é tão ruim, não o é por atuação dos professores e pais que tomam as tarefas que seriam da prefeitura em suas mãos, pintando escolas, e pagando algumas despesas.

Mas e o Ligeirão? E as urbanizações da Barra da Tijuca? E os projetos de BRT pelo Rio de Janeiro? 

Tudo isso é causado pela maciça quantidade de dinheiro que tem sido sistematicamente investida no Rio de Janeiro por conta das Olimpíadas de 2061 (Que não foi o Eduardo Paes quem trouxe para o rio de Janeiro, mas sim o Ex-Prefeito Cesar Maia) e por causa da Copa do mundo de 2014. Na verdade Eduardo Paes só está mamando nas tetas dessa gorda vaca leiteira que recebe fundos do governo federal e até do comitê da copa do mundo e das olimpíadas, e que periodicamente vem ao Rio de Janeiro fiscalizar o que está sendo feito com inclusive os fundos que aplicaram. E não estão satisfeitos a despeito das recepções "convincentes" com filmes, passeios e montagens que a prefeitura promove.

Eduardo Paes desceu
nas ultimas pesquisas
Dos R$ 22 bilhões a serem liberados pela presidente Dilma Rousseff para a construção de novas linhas de metrô, VLT (Veículo Leve sobre Trilhos) e corredores de ônibus, o Rio de Janeiro é a cidade que receberá o maior investimento (R$ 4,2 bilhões), seguida por Fortaleza com R$ 3,4 bilhões e São Paulo que terá R$ 3,2 bilhões. O restante será dividido entre outros 48 municípios de 18 Estados, porém o dinheiro só será autorizado quando o Ministério das Cidades receber, no prazo de 18 meses, os projetos finalizados pelos Estados e municípios selecionados. As cidades que utilizarão recursos do Orçamento Geral da União têm até o dia 31 de agosto para apresentar a documentação ratificando o interesse e o valor para formalização de Termo de Compromisso. O Programa de Aceleração do Crescimento – Mobilidade Grandes Cidades espera que sejam construídos mais de 600 km de vias, 200 km de trilhos, 381 estações e terminais e adquiridos 1.060 veículos para sistemas sobre trilhos. Detalhe importante: o Governo federal exige contrapartida dos Estados e Municípios e, como se sabe, muitos deles estão inadimplentes e irregulares perante o Tribunal de Contas da União.


A melhor maneira de se colocar a mão no dinheiro público é por meio de obras. Obras que são feitas e que tem à frente normalmente testas de ferro da prefeitura, incumbidos de desviar uma parte dos recursos para as campanhas de reeleição como as que estão nesse momento sendo feitas. Você já viu alguma campanha publicitária mais cara do que essa do Eduardo Paes com propaganda em horário nobre da TV a todo momento e no Radio também?

As obras para os Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro, inicialmente estipuladas em pouco mais de quatrocentos milhões de reais, podem ultrapassar, ao seu término, à assutadora cifra de QUATRO BILHÕES DE REAIS. Isso quer dizer que o dinheiro (público, diga-se de passagem) gasto para a realização do Pan no Rio é quase O DOBRO DA SOMA do que se gastou para realizar os Jogos de Santo Domingo-2003, Winnipeg-1999, Mar del Plata-1995, Havana-1991 e Indianápolis-1987(R$ 2,1 bilhões em valores atuais), segundo levantamento realizado pelo jornal O Lance.
Isso significa que muita gente está feliz. O Nuzman (Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB - Comitê Olímpico Brasileiro) deve estar muito feliz, pois finalmente conseguiu trazer uma competição desse nível para o país e deixará seu nome escrito na história. A Globo está muito feliz, pois vendeu caro as cotas de patrocínio para o Pan. Mas felizes mesmo estão os empreiteiros das obras do Pan. E quem não estaria? Afinal, realizar obras que juntas somaram 400% de aumento em relação ao orçamento inicial é o sonho de qualquer construtor.

Dever haver, certamente, mais gente feliz com a realização desse Pan. Por exemplo, todos aqueles que receberam comissões e propinas relacionadas às tais obras. Um volume tão grande de dinheiro para obras tão urgentes deve ter sido mesmo o paraíso dos corruptos... imagino quantos não se fartaram (se é que corrupto se farta) na "vaca de divinas tetas" do erário.

O que eu sei mesmo é daqueles que não estão (ou não deveriam estar) felizes. Por exemplo, aqueles pobres-coitados que precisaram do SUS - Sistema Único de Saúde, no Rio de Janeiro, nos últimos meses. Os hospitais estão superlotados, sem médicos e sem materiais básicos para o atendimento. Resultado: gente doente espalhada por corredores, salas de espera e portarias de hospitais imundos; só quem esteve doente e precisou de atendimento na rede pública de saúde é que sabe o que isso significa. Cadê o dinheiro para a saúde? Porque não tem dinheiro para os hospitais e sobra dinheiro para construir estádios (alguns, de esportes que mal são praticados no país)?

Também não devem estar felizes os pais dos alunos das escolas públicas que funcionam precariamente, sem carteiras para os alunos, sem professores ou com alguns, sempre muito mal remunerados. Sim, deve haver muita gente infeliz com todo esse dinheiro sendo queimado como num show pirotécnico bizarro.

Os Jogos Pan-Americanos há muito tempo são como uma espécie de jogos internos da América Latina. Uma olimpíada de índios pobres subnutridos para a qual os norte-americanos mandam seus atletas nível B ou C. O Brasil fez um esforço enorme para ter direito a sediar essa "Olimpíada desimportante" como se alguém no resto do mundo fosse dar alguma atenção a esse medíocre evento.

Os que defendem o Pan dizem que sua realização deixará benefícios permanentes para o país, especialmente para o estado do Rio de Janeiro. Eu discordo. Os benefícios são mínimos diante do prejuízo de 4 bilhões de reias. BENEFÍCIO PERMANENTE seria ter investido essa fortuna em educação e saúde preventiva.

Concluindo, eu vos digo: não, senhores imperadores romanos modernos. Não estamos todos felizes. Alguns de nós, da plebe, não se deixam mais lubibriar por este tipo de circo ridículo do qual já conseguimos ver os mastros eretos e as lonas erguidas. A gente não quer só comida, diversão e arte; a gente quer saída para qualquer parte!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES