http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

A DIFERENÇA ENTRE AÉCIO E DILMA. O QUE ESTÁ EM JOGO.



Em 2009, o candidato Aécio Neves foi acusado publicamente de agredir a namorada na saída de uma balada:



Com o apoio de figuras como Malafaia e do ator Dado Donabella sua candidatura incita a violência contra as mulheres e o machismo.
 Nós, mulheres brasileiras temos lutado para combater o machismo e todas as formas de opressão. Por medo, passamos anos caladas sofrendo violência doméstica. Fruto da luta do movimento feminista e de mulheres aprovamos em 2006 a Lei Maria da Penha sancionada pelo Presidente Lula que ajudou a nos encorajar e romper o silêncio. 
Em 2010, elegemos a primeira mulher Presidenta da República no Brasil. Dilma, fortaleceu a Lei Maria da Penha e rede de proteção a violência contra a mulher. E , ainda criou a Casa da Mulher Brasileira dando as mulheres mais oportunidades de superar a violência, a dor e medo e começar uma nova vida. 
 Dilma e Aécio disputam o comando central do país. Um homem e uma mulher. Uma mulher guerrilheira que lutou contra a ditadura e pela liberdade de homens e mulheres, uma mulher de coraçãovalente! Um homem que representa o que há de mais atrasado ulher! Não Aécio, as mulheres não nasceram para ser donas de casa e primeiras-dama. Não! Nossa beleza não tem patrão. Não, não nascemos para apanhar! 


No dia 26 de outubro votamos pelo fim da violência contra a mulher. Votamos contra o machismo!


 Aécio Não
 Mais Dilma Menos Machismo
 Sou Mulher Voto Dilma


A moça recebeu a pancada, caiu, revidou e depois cada um foi para um lado, dizem testemunhas. Maria da Penha nele!

Com informações do Brasil em Foco, de 4/11/2009

Joyce Pascowitch

Uma das testemunhas oculares da agressão perpetrada pelo governador Aécio Neves no domingo, 25 de outubro [de 2009], em meio a uma festa promovida pelo estilista Francisco Costa, da Calvin Klein, no Hotel Fasano, do Rio de Janeiro, descreveu a cena da seguinte forma:

“Visivelmente alterado, ele deu um tapa na moça que o acompanhava – namorada dele há algum tempo. Ela caiu no chão, levantou e revidou a agressão. A plateia era grande e alguns chegaram a separar o casal para apartar a briga. O clima, claro, ficou muito pesado.”

Imagine o leitor que essa testemunha ocular é a colunista social Joyce Pascowitch, que, de repente, sem que desejasse tal metamorfose, passou de cronista de grã-finos a repórter policial. A nota de Joyce Pascowitch, intitulada “Nelson Rodrigues”, em referência ao teatrólogo que pregava que “mulher gosta de apanhar” foi publicada em sua coluna.
A colunista social não revelou o nome do agressor. Disse que era “um dos convidados mais importantes e famosos da festa que o estilista Francisco Costa, da Calvin Klein, deu na piscina do hotel Fasano, no Rio, nesse domingo”. Porém, pelo encadeamento das notas sobre a festa, em seu blog, fosse mais ou menos claro quem era o sujeito. 











01/11/2009 12:09
Aécio Neves, o governador tucano de Minas Gerais, em Belo Horizonte, deu um empurrão e um tapa em sua acompanhante no domingo passado, numa festa da Calvin Klein, no  Hotel Fazano no Rio.
A imprensa brasileira não pode repetir com nenhum candidato a candidato a presidência da República a cortina de silêncio que cercou Fernando Collor, embora seus hábitos fossem conhecidos.
LETÍCIA WEBER
A agredida foi Letícia Weber, uma modelo de 24 anos. Não conhecemos a moça, mas, parece ser dotada de muitas virtudes.

Bater em mulher já não dignifica a carreira do sujeito. Bater em certas mulheres, então, parece coisa de quem não gosta de mulher.

Modelo e estilista Letícia Weber foi a nova namorada do governador de Minas

 É gaúcha a moça que um dia foi a nova namorada do governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB). Modelo e estilista, Letícia Weber mora em Florianópolis, mas conheceu o governador no Rio.

O Brasileiro parece que tem memória curta, porque muita gente se esqueceu o que era o Brasil na época em que o PSDB governava sobre a égide do seu maior cacique Fernando Henrique Cardoso.

A taxa de juros no Brasil demorou a cair mas foi cedendo lenta e progressivamente sob ação do governo do PT, e no final cedeu sob a ação de uma atuação acertada na economia, de profissionais que praticaram as ideologias corretas do PT.
  • Taxa de juros de 55% ao ano,
  • crédito reduzido,
  • dólar a 4 reais (O que representa inflação alta porque todo produto ou insumo importado sai caro demais.)
  • aumento da violência,
  • aumento da pobreza,
  • aposentados recebendo arrocho e sendo taxados de "VAGABUNDOS". (Nenhum outro governo foi tão perverso com os aposentados como o governo FHC que instituiu várias leis para forçar os trabalhadores a trabalhar mais e ter seus parcos vencimentos reduzidos. 
O Salário mínimo só tem crescido e assim melhora a qualidade de vida do cidadão menos favorecidos.

O Fator Previdenciário foi implantado pelo governo FHC. Com ele o governo consegue economizar mais de 20 bilhões de reais todo ano.


Foi aprovado em 1999 com a reforma da Previdência. O Fator Previdenciário não é bom para os cidadãos brasileiros. Com ele os benefícios dados aos aposentados só diminui e também não ajuda jovens que estão começando a trabalhar.

O valor da aposentadoria paga pela Previdência Social passou a ser calculado com base na média aritmética dos 80% maiores salários de contribuição. É assim que é calculado o fator previdenciário.


A tabela você encontra no site: http://www.eletra.org.br/news_detail.asp?id=37


Foi ele que instituiu o famoso e triste FATOR PREVIDENCIÁRIO que reduz a aposentadoria dos trabalhadores. País de pires na mão pedino empréstimos ao FMI, que nos forçava a diminuir recursos para a saúde e para a educação por meio de arrochos, privatização de várias empresas estatais como a USIMINAS, VALE DO RIO DOCE, USINA DE VOLTA REDONDA, AS TELEFÔNICAS com vários leilões, todas essas empresas demitiram seus funcionários que ganhavam relativamente bem e em seu lugar colocaram trabalhadores ganhando muito menos, toda elas receberam recursos do BNDES sob empréstimo que é  fundo constituído com o dinheiro dos trabalhadores para fomentar o desenvolvimento de empresas nacionais e não conglomerados internacionais que tem o único objetivo de explorar nossas riquezas e mandar os lucros para fora do país. O desemprego grassava desde o fim da década de 70. Os governos só falavam em apertar o cinto.


O Governo do PT inaugurou no país uma nova era de desenvolvimento. Promoveu a indústria nacional que estava praticamente sucateada, gerou superavit comercial, constituindo o fundo soberano trazendo reservas para o Brasil que o afastaram definitivamente do perigo das crises, pagou a nossa dívida com o FMI, projetou o Brasil na linha das economias emergentes do mundo, promoveu o bem estar e o aumento da renda da média dos trabalhadores, diminuiu sensivelmente a pobreza, devolveu a nossa auto estima como economia entre as mais desenvolvidas do mundo situando-nos em oitavo lugar.

Os escândalos acontecem mas muito porque são promovidos e fomentados por inteligências da direita com a cumplicidade de elementos envolvidos nos apoiadores do governo, e o PT é o partido que permite a investigação ao contrário de realidades do passado.

Portanto o que está em jogo agora? De um lado a volta ao Brasil do passado. A ideologia do NEOLIBERALISMO que é a face mais dura do CAPITASLISMO, de outro o Brasil do futuro, da igualdade, da comunidade das potências emergentes.

Cabe a nós não termos a visão curta do escândalo que na verdade tem uma importância muito menor diante da grandeza do que está em jogo. De desconfiarmos do movimento da mídia que super valoriza tudo o que possa puchar o nosso tapete. Nosso os que queremos um Brasil melhor e maior.

A pergunta é a seguinte:
Se 
Aécio foi reprovado em Minas Gerais,
onde governou por duas vezes.
Se o povo de lá, que o conhece bem
não o quer, como ele quer governar o Brasil?
 E outra coisa: A mentira de Aécio foi revelada
 pelo povo mineiro nas urnas!!
Cabe a nós não sermos ingênuos para não acreditarmos em palavras convincentes mas vazias de conteúdo. Olhemos para o governo AÉCIO que foi governo de Minas. Ele lá não recebeu aprovação do seu próprio estado. Converse com os mineiros. Eles não falarão bem de Aécio, portanto o que são palavras se a realidade é bem outra. 

Olhemos para as realizações de cada um. De um lado um governo que trabalha pelo povo mais humilde e que representa o Brasil que queremos. De outro o lado dos empresários e dos estrangeiros. Se escolhermos errado o preço será muito alto.

Estamos vivendo uma realidade de pleno emprego, de Brasil para a frente e poderemos retornar ao Brasil da crise, do desemprego, da república das BANANAS.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES