http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

SOMOS TODOS CHAPECOENSES

sábado, 7 de novembro de 2015

A ILUSÃO DA FALSA FELICIDADE QUE O DINHEIRO PODE PROPORCIONAR.


A CASA MAIS CARA DO BRASIL PERTENCEU AO EX CONTROLADOR DO BANCO DE SANTOS.
Nós da sociedade ocidental nos acostumamos a valorizar demais as coisas materiais, porque todas as nossas necessidades giram em torno de  dinheiro, mas isso é uma ilusão.


Na verdade a sociedade brasileira costuma privilegiar muito aqueles que tem poucos bens materiais. Isso significa dizer que você pode prosperar e ganhar dinheiro, mas quando começa a passar de determinado patamar, você passa a ser visto com outros olhos, como se estivesse usurpando aquilo que está faltando na mesa dos mais pobres.


A consequência disso é que você começará a ser taxado. você se tornará um "ALVO" a ser atingido. O imposto de renda tentará subtrair quase TRINTA POR CENTO, na verdade 27,5%, portanto mais de um quarto de tudo o que você ganha. Isso inclui dinheiro que você possa ganhar tanto com o seu salário como por meio de ganhos indiretos como aluguéis, ou serviços prestados. 

Se você vende uma propriedade, uma casa ou qualquer coisa, terá que pagar o imposto de renda sobre aquilo.

Desde que teve seu projeto lançado, em 2013, o edifício Tour Odéon começou a ser chamado de "o apartamento mais caro do mundo". Localizado em Monaco, o prédio conta com 70 apartamentos de luxo, dos quais 31 já foram vendidos. A média de preço: 75 mil euros por metro quadrado (cerca de R$ 299,3 mil).
Para se ter uma ideia, a cobertura mede 3.400 metros quadrados. Considerando esse preço médio por metro, seu valor pode ser estimado em pouco mais de R$ 1 bilhão. Inclui cinco andares, com tobogã e piscina exclusivos.
O edifício também conta com dois apartamentos duplex, com 1.200 metros quadrados cada. Com o metro quadrado a esse preço, eles devem custar em torno de R$ 359 milhões cada.
A construção deve estar totalmente pronta até meados de setembro (fim do verão no hemisfério norte), mas já há moradores se mudando para lá desde meados de junho, segundo a assessoria de imprensa da empresa responsável.
Terraço com vista panorâmica 
O edifício tem 170 metros de altura e é o segundo maior prédio da costa do Mediterrâneo.
Os apartamentos têm de um a seis quartos. Todos os apartamentos têm terraço com vista panorâmica e janelas do teto ao chão.
Os moradores podem acionar limpeza doméstica e serviços de valet por meio de controles touchscreen instalados nos apartamentos. 
O condomínio oferece saunas, várias piscinas, spas exclusivos, porteiros 24 horas, limusines com motorista particular e cinema.
O design do edifício, a cargo do arquiteto Alexander Giraldi, é inspirado pelo movimento da "belle époque" francesa. O interior dos apartamentos será decorado pela agência Alberto Pinto.
Já se você ultrapassar os patamares da "considerada" normalidade, será visto como um alvo em potencial. Na verdade a sociedade o verá como um marginal e procurará investiga-lo. 





Mas será que é necessário ter tantos bens materiais para ser feliz? A resposta é "NÃO". Quanto mais simples for a sua vida, menos encargos você terá e a felicidade será mais fácil de controlar.
EDEMAR CID FERREIRA
A Justiça Federal decidiu anular a fase de interrogatório e a sentença do processo que condenou o ex-banqueiro Edemar Cid Ferreira. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (26). Em dezembro de 2006, ele foi condenado a 21 anos de prisão após a falência do Banco Santos, por gestão fraudulenta, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, mas responde em liberdade.



Cabe recurso da decisão. O Ministério Público Federal (MPF) informou, em nota, que aguarda a publicação do acórdão para analisar como vai recorrer.



Segundo resumo do despacho divulgado pelo Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3), os desembargadores aceitaram o pedido de anulação dos interrogatórios feito pela defesa de quatro réus do processo. A decisão, no entanto, se estende para a fase de interrogatórios de todos os réus e, consequentemente, da sentença dos mesmos, incluindo Edemar Cid Ferreira.



De acordo com o relator José Lunardelli, os interrogatórios precisarão ser refeitos para dar oportunidade às partes a fazerem novas perguntas sobre o caso. Depois disso, o processo deverá ser retomado.



Dos três juízes que analisam o processo, votaram a favor da anulação os desembargadores Cecília Mello e José Lunardelli. Já o desembargador André Nekatschalow votou contra. A assessoria de imprensa do TRF-3 informou que o conteúdo integral da decisão será publicado nos próximos dias.
Quando se tem muitos bens acontece de passarmos a ser escravos dessas coisas, e ter nossa felicidade perturbada por inúmeras preocupações sem o menor sentido para a verdadeira finalidade das nossas vidas.

Mansão Construida pelo Dono do Banco Santos, Edemar Cid Ferreira

Construída durante quatro anos e ao custo de R$ 142 milhões, a mansão do fundador do Banco Santos, Edemar Cid Ferreira, no Morumbi, zona sul de São Paulo, está em desacordo com a legislação municipal e precisa ter parte de sua área demolida. A conclusão está no laudo judicial anexado no mês passado ao processo movido por Antonio Fernando Vilas Boas Russo, vizinho do ex-banqueiro.


Apesar de contar com alvará e Habite-se - além de ter sido planejada pelo renomado arquiteto Ruy Ohtake -, a luxuosa residência fere diversos pontos do Código de Obras e da Lei de Zoneamento e não deveria ter sido aprovada.

Entre os problemas encontrados está a área total construída - ela deveria ser de, no máximo, 2.730 metros quadrados, mas o perito concluiu que o imóvel tem 3.153 m². Além disso, os recuos frontais estão até 5 metros fora de parâmetro.

A mansão tem ainda três pavimentos e um subsolo, embora naquela região a legislação só permita dois andares, um sótão e um porão. A Prefeitura corre o risco de ser multada por ter se omitido ao permitir a construção do imóvel, desrespeitando a lei. Os dois únicos que defendem a legalidade da construção são os da Enprolan, empresa que aprovou o projeto, e da arquiteta da Prefeitura Rosilene Toledo.





A propriedade de Edemar Cid Ferreira, do Banco Santos, obra concebida por Ruy Ohtake, tem cerca de 4 mil metros quadrados e é localizada no Morumbi em São Paulo.


Na mansão foram catalogadas mais ou menos 900 obras de arte, entre o farto tesouro, trabalhos de Frank Stella, Portinari, John Chamberlain, Vik Muniz, Tunga e Di Cavalcanti, Tomie Ohtake, uma obra da francesa Niki Saint Phalle, esculturas romanas, além de muita arte barroca. Tudo permanece no seu devido lugar, como se a família de Edemar estivesse vivendo lá até hoje.


A edificação e tudo que se encontra no seu interior foi avaliado em mais de R$ 180 milhões e faz parte da massa falida do banco. A tão comentada mansão foi o cenário escolhido para gravação da minissérie “Felizes para Sempre”, que Fernando Meirelles produziu para a TV Globo. O remake de “Quem Ama não Mata” (1982) se passa em Brasília, onde fica a casa na ficção.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.