http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

SOMOS TODOS CHAPECOENSES

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

TUDO BEM PROTESTAR. É UM DIREITO, MAS VAMOS DAR UM DESCONTO.




Ontem tentaram apagar a chama olímpica. É a turma do protesto. Eles protestam contra tudo. Foram os primeiros a malhar e derrubar a presidente Dilma, e acham que tudo está errado. A presidente está errada, o presidente interino Michel Temer está errado, a olimpíada é um equívoco e chegaram ao ponto até de torcer contra o Brasil na copa do mundo. 

Esse pessoal acha tudo uma porcaria, acham que o mundo em que foram colocados é um caos e que tudo, absolutamente tudo precisa mudar, e se sentem precursores de uma nova revolução de costumes de política de sociedade, de tudo. É a turma do PROTESTO.

Sobre isso aqui vai o nosso recado. Se lançarmos um olhar para o passado, veremos que o mundo não é perfeito, mas ele já foi muito pior. Por exemplo. Falo de um seriado que essa turma conhece bem. "GAME OF THRONES" (Um seriado de TV que já vem por seis longos anos. A cada ano é lançado uma nova temporada sempre com dez episódios muito bem produzido e filmado dentro da maior técnica possível da indústria cinematográfica.) 

Nessa época que remonta ai a uns 1000 anos atrás, portanto na era pós cristã, o mundo era muuuuito pior. Mas se não quisermos voltar tanto no passado, voltamos a 85 anos atrás. O mundo vivia a era do NAZI-FASCISMO. Quão pior era naquele momento a humanidade! Os Estados Unidos viviam a grande depressão, os países se locupletavam da exploração às suas colônias. O senso de humanidade era diferente tanto que quase 60 milhões de seres humanos pereceram em uma das mais violentas guerras de sua história. 

Chegou-se ao ponto de se inventar uma indústria para matar pessoas que na verdade era o que eram os campos de concentração.

De lá para cá muitas histórias foram escritas, aqui mesmo no Brasil. Histórias de sangue e de lágrimas. Muita resistência, muito heroísmo, muitas batalhas. A luta contra a ditadura e os milhares de mártires dessa história. Jornalistas assassinados, estudantes torturados e alguns mortos e desaparecidos. Seus gritos ainda hoje se podem ouvir saindo dos porões do famigerado "Doi Codi". Seus carrascos ainda hoje se assombram com essas lembranças e as perseguições de seus fantasmas.

Como resultado de tanta luta e de tanto sangue, temos hoje essa sociedade que aos trancos e barrancos chegou aqui. Ela não é perfeita, mas também não é de todo errada. Carrega em si o resultado de muito aprendizado ao longo de milênios.

Essa sociedade pode não ser perfeita, mas ela nos oferece saúda gratuita, educação gratuita, plano de aposentadoria, direitos de todas as formas e deveres também. Desfrutamos de um comércio, de transportes públicos, de infra estrutura que regula e disciplina todas as atividades humanas necessárias para que todos possam desfrutar de certo conforto e estabilidade. Não é assim em toda parte. Vemos hoje por exemplo a Síria onde famílias se lançam ao mar desesperadas buscando fugir ao caos social.

Então em vez de protestar, que  tal reconhecer o que temos de bom. Esse maravilhoso país em que Deus nos colocou. 

Enquanto vejo pessoas naturais do Brasil, malhando o Brasil, vejo estrangeiros que aqui chegam falando bem de nossa terra. Dizem que podemos não ter uma saúde pública de primeiro mundo, mas temos uma saúde pública. Vai ficar doente nos Estados Unidos que é um país que ouço todos falarem bem. Lá não tem saúde pública gratuita. É paga e muito cara, para quem não tem o seguro social e que é um terço dos americanos e imigrantes.

Resumindo, temos muito que acertar, temos muito que progredir, mas temos um país, lindo, maravilhoso, com um povo bom, ordeiro pacífico que não gosta de  guerras, mas é amante da paz, que aceita a todos sejam afro descendentes Japoneses, Chineses, Coreanos ou de qualquer nacionalidade como irmãos, filhos do mesmo Deus, com dimensões continentais e que marcha para o seu glorioso destino. Porque o Brasil tem um destino Glorioso, e é muito bonito.

Vamos então fazer a velha pergunta que não quer calar. 

Em vez de lamentar e perguntar o que o PAÍS pode fazer por mim, façamos a pergunta, O QUER EU POSSO FAZER PELO MEU PAÍS.

Muita coisa. E vamos curtir essa olímpíada e mostrar para o mundo que o BRASIL é lindo e maravilhoso, como é de fato.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.