http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

SOMOS TODOS CHAPECOENSES

terça-feira, 4 de outubro de 2016

NOVOS ADOÇANTES NO MERCADO - Xilitol: após conhecê-lo, você vai esquecer do açúcar comum.

 24 de março de 2016


Uma alternativa ao açúcar que está conquistando a cozinha de muitas pessoas é o xilitol, adoçante natural que é encontrado nas fibras de muitos vegetais.


Entre eles, milho, bétula (vidoeiro), framboesa, ameixa, entre outros, inclusive de algumas espécies de cogumelos.

Neste artigo, você vai descobrir:


1-vantagens e desvantagens do uso de xilitol no lugar do açúcar.


2- Como é produzido o xilitol.


3- O papel do xilitol na prevenção das cáries e até reconstrução dos dentes.


4- Por que quem tem cachorro em casa deve tomar cuidado com o xilitol.


5- Os efeitos colaterais do xilitol.


6- E um alerta sobre qualquer tipo de adoçante na sua alimentação.


O Xilitol é tão doce quanto a sacarose (açúcar de mesa), no entanto, é aproximadamente 40% menos calórico, além disso, não aumenta os níveis de açúcar no sangue.


O seu gosto e aparência é bastante semelhante ao produto que substitui – um pó branco e cristalino.


Desse modo, é bem aceito para as mais diversas receitas.


O Xilitol tem ainda uma série de vantagens, como colaborar com a saúde dos dentes.


Embora pouco conhecida, a substância já é usada em muitos produtos, inclusive, nos destinados ao público diabético, como em doces, gomas de mascar, balas e até mesmo em produtos de higiene bucal.
Como é produzido o Xilitol.


O Xilitol pertence à categoria dos álcoois de açúcar (ou poliálcool), os quais funcionam como substâncias híbridas de uma molécula de açúcar e molécula de álcool.


É obtido por meio do processo químico de hidrogenação catalítica da xilose.


Quanto a sua estrutura, estimula os receptores de sabor doce na língua.


O ser humano também produz essa substância, porém, em poucas quantidades, através do seu metabolismo.


Por outro lado, o Xilitol, assim como o açúcar comum, é um edulcorante refinado, assim, não possui vitaminas, minerais e nem proteínas, tratando-se de um alimento rico nas chamadas calorias vazias.


Mesmo assim, é mais saudável do que o açúcar de mesa, uma vez que não eleva os índices de glicose no sangue, o que significa que não possui carboidratos líquidos.


Vantagens de substituir o açúcar de mesa pelo Xilitol.

xylitol


O Xilitol tem um índice glicêmico muito baixo, ao contrário do açúcar tradicional e do xarope de milho, os quais contem grande quantidade de frutose, que leva à resistência à insulina e colabora para os problemas metabólicos, quando consumidos em excesso.


Enquanto isso, o Xilitol contém frutose zero.


Para explicar melhor, vale dizer que o índice glicêmico refere-se a uma medida de quão rapidamente os alimentos elevam o açúcar no sangue.


No caso do Xilitol é de apenas 7, em comparação com o açúcar comum, que tem índice glicêmico de 60-70.



Além de ser ideal para pessoas que desejam emagrecer, pois é menos calórico, esse adoçante natural também é indicado a diabéticos, pré-diabéticos, obesos e portadores de outros problemas metabólicos.


Embora os estudos ainda não estejam concluídos, pesquisadores apontam mais vantagens do Xilitol.


Entre elas, melhorar os sintomas de diabetes, reduzir a gordura da barriga e até mesmo prevenir o ganho de peso em uma dieta para aumentar a massa muscular.


Outras pesquisas apontam benefícios quanto à redução de infecções de ouvido em crianças e do desenvolvimento do fungo Candida Albicans.


Isso porque a boca, o nariz e os ouvidos estão todos interligados.


Assim, as bactérias que vivem na boca podem causar infecções do ouvido, um problema comum em crianças, e como o Xilitol “mata de fome” algumas destas bactérias, elas não migram para as demais partes do organismo.




Benefícios do Xilitol para a saúde bucal.




Os estudos dos benefícios do adoçante natural para a saúde dental já estão adiantados e apontam para a prevenção de cáries.


Isso acontece porque uma das responsáveis pelas cáries é um tipo de bactéria chamada Streptococcus mutans, que formam as placas, as quais em excesso dão começo à inflamações da gengiva.

Para que as bactérias se desenvolvam, elas devem se alimentar da glicose dos alimentos, mas isso não acontece ao se ingerir produtos com Xilitol.


A substituição de açúcar pelo adoçante natural, portanto, reduz a disponibilidade de combustível para as bactérias nocivas, matando as bactérias de fome.



Pesquisas realizadas utilizando goma de mascar adoçadas com Xilitol reduziram as bactérias ruins entre 27% e 75%, ao mesmo tempo em que não afetaram as bactérias boas da boca.


Mas os benefícios não param por aí, a sua ingestão ajuda na absorção de cálcio, o que é bom para os dentes e protege contra a osteoporose.


O Xilitol aumenta, ainda, a produção de saliva, que contém cálcio e fosfato, os quais são apanhados pelos dentes e ajuda na remineralização (reconstituição dos minerais perdidos pelo organismo).



A substância também reduz a acidez da saliva, que ajuda a combater a degradação impulsionada pelo ácido do esmalte dentário


Confira o mecanismo de prevenção de cáries e remineralização dos dentes no infográfico abaixo: 



Cuidados com o Xilitol.


O Xilitol é altamente tóxico para os cães, pois quando é ingerido por eles o organismo começa a produzir grandes quantidades de insulina. Por consequência, pode levar a níveis baixos de açúcar no sangue, hipoglicemia e até a morte.


Embora os seres humanos tolerem bem a substância, algumas pessoas podem sentir efeitos secundários digestivos quando consomem muito.


Já que os álcoois de açúcar podem puxar a água para o intestino ou serem fermentados pelas bactérias intestinais, é possível ocorrerem inchaço e diarreia.




Concluindo, um último cuidado com qualquer tipo de adoçante


Embora o xilitol tenha vantagens em relação ao açúcar comum, há que se tomar cuidado com todo e qualquer tipo de substância que busca o gosto doce.


O primeiro motivo é que todo e qualquer gosto doce é capaz de gerar alguma secreção de insulina. Na verdade, até pensar em doce faz isso possível.


Como você deve saber, quem nos faz engordar é a ação da insulina. Então vale tudo para evitar que isso aconteça.


O segundo problema é que buscando sentir gosto doce, acabamos por alimentar a tentação de sentir mais.


E isso pode ser a fagulha para explodir uma compulsão contida, no futuro.


Sem contar que, no caso de adoçantes, nunca foi comprovado que eles ajudam a emagrecer.


Pelo contrário, alguns foram associados até a ganho de peso.


Definitivamente, o xilitol é melhor que o açúcar.


Mas o ideal é evitar os gostos doces. Até porque, tirando o prazer fugaz, não há benefício algum para sua saúde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.