http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

quarta-feira, 10 de maio de 2017

A LIDERANÇA DE LULA SE CONSOLIDA DIA APÓS DIA


CURITIBA TOMADA POR SIMPATIZANTES DE LULA NO DIA DO DEPOIMENTO.



Pesquisa Datafolha divulgada neste domingo 30 sobre as intenções de voto para as eleições de 2018, realizada após as revelações da delação premiada da Odebrecht à Operação Lava Jato, registra a consolidação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na liderança isolada da corrida eleitoral.



No cenário em que concorre com o senador Aécio Neves (PSDB-MG), o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ), os ex-ministros Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PDT) e o presidente Michel Temer (PMDB), Lula venceria o primeiro turno com 31% dos votos. No cenário em que o candidato tucano é João Doria Jr., Lula lidera com a mesma porcentagem; o prefeito de São Paulo tem 9% das intenções de voto.

LULA CHEGA A CURITIBA.

Lula e Bolsonaro apresentaram o maior crescimento em relação ao último levantamento do Datafolha, de julho de 2016. Com 15% das intenções de voto, o deputado federal disputa o segundo lugar com Marina Silva, com a mesma pontuação.

Michel Temer é o nome mais rejeitado no cenário do primeiro turno de 2018, com 64%. Em seguida, o candidado com maior rejeição é Lula, com 45%. O tucano Aécio é rejeitado por 44% dos entrevistados, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, por 28%.

Entre os entrevistados, 23% disseram que não votariam em Bolsonaro. O instituto de pesquisas também sondou a rejeição à candidatura de Luciano Huck (23%), Ciro Gomes (22%), Marina Silva (21%), Luciana Genro (17%) e João Doria (16%). O juiz Sérgio Moro é rejeitado por 16% dos entrevistados.

De acordo com o Datafolha, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o senador Aécio Neves (ambos do PSDB) demonstram a maior deterioração entre os possíveis candidatos a presidente em 2018. Os tucanos, que disputavam a liderança do primeiro turno em levantamentos anteriores, agora figuram no quarto lugar em seus respectivos cenários.

Na projeção para a disputa do segundo turno, hoje, Alckmin e Aécio seriam derrotados por Lula por 43% a 29% e 43% a 27%, respectivamente. Até dezembro de 2016, os tucanos tinham a preferencia do eleitor sobre o ex-presidente, mas o cenário se inverteu. A única candidata que poderia pontuar acima de Lula no segundo turno segundo o Datafolha é a ex-ministra Marina Silva, que registra empate técnico contra o ex-presidente em 41% a 38%.

O instituto de pesquisa do jornal Folha de S.Paulo realizou ainda sondagem sobre uma hipotética disputa eleitoral entre o juiz Sérgio Moro (sem partido) e Lula. Nesse cenário, Moro empata com Lula com 42% das intenções de voto, contra 40% do petista.

A pesquisa Datafolha foi realizada nos dias 26 e 27 de abril de 2017, com 2.781 entrevistados em 172 municípios. A margem de erro projetada pelo instituto de pesquisa é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES