http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

JORNAIS QUE TEM INFORMAÇÃO REAL.

sexta-feira, 1 de junho de 2018

A FALTA DE VISÃO DA DIREITA.



ZEINA LATIF
Tive o desprazer de ler uma análise da corretora XP. Como se sabe essa corretora a exemplo de outras facções do mercado pensa de acordo com a visão da direita e do capitalismo internacional. 

Sinceramente custa-me entender a lógica do raciocínio dessa gente e chego a conclusão de que eles não são sinceros nas suas posições, porque não posso entender que são burros.

Então eles fazem suas análises distorcendo fatos e realidades.

Vou reproduzir aqui a matéria para analisarmos em conjunto. Ela estará com uma letra em itálico e em uma cor diferente para dintinguir, e eu irei fazendo os meus comentários no contexto da publicação cuja autora é Zeina Latif.

Difícil explicar para a sociedade indignada a complexidade que envolve a paralisação dos caminhoneiros. Para piorar, ninguém quer ouvir explicações de um governo com reduzida credibilidade. O resultado é o apoio de parcela importante da sociedade à greve. A raiz da crise está nos equívocos de governos passados, como apontado por Samuel Pessôa.

Como sempre a autora segue o caminho fácil de colocar a culpa nos governos passados, mas não foram esses que reduziram a produção das refinarias para que faltassem  derivados de petróleo no mercado nacional, para que as importadoras pudessem importar e assim fazer uma verdadeira farra, e lucrar bilhões de dólares. Também não foram os governos passados que colocaram os derivados com os mesmos preços do mercado internacional, tornando o nosso óleo diesel e a nossa gasolina, e o gás de cozinha os mais caros do planeta. 




A greve era um movimento perfeitamente previsível porque os caminhoneiros chegaram a um ponto de exaustão em que o seu ganha pão ficou comprometido, já que não tinham mais como prosseguir na sua atividade com uma margem aceitável. Será que essa cidadã que fala em nome do mercado desconhece esses fatos? Então só posso supor que está sendo falsa. 

Os caminhoneiros reagiram à queda do seu rendimento e às incertezas em relação ao rendimento no futuro. De um lado, fretes deprimidos pela recessão e pelo crescimento excessivo da frota de caminhões (54% entre 2008 e 2014) estimulado por crédito subsidiado. De outro, o ajuste expressivo do preço do principal insumo dessa atividade, depois de vários anos de preços controlados, que gerou um custo em torno de US$ 40 bilhões para a Petrobrás, segundo especialistas.
Aqui novamente não posso entender como essa cidadã que está acostumado a estudar as variáveis do mercado pode ter tamanha falta de visão. Está criticando os créditos subsidiados que foram concedidos aos caminhoneiros para que contribuíssem com a sua parte no desenvolvimento de um Brasil que crescia, chegando a estratosféricos 8% do PIB em 2009. Claro. foi o êxito de uma política de crescimento que colocou o Brasil como a 6ª economia do mundo na frente da Inglaterra, e isso foi conseguido com o BNDES incentivando as pequenas médias e grandes empresas. cumprindo com o seu papel social que é o que deve fazer. 

Com certeza o crescimento do Brasil contrariou os Estados Unidos e contraria essa cidadã que pelo nome parece não ser Brasileira e portanto deve odiar o Brasil e não deseja seu crescimento. É preciso que ela entenda que a Petrobras pode fazer contenção de preços em relação ao mercado internacional, porque o petróleo é produzido no Brasil, graças a pesquisa dos Brasileiros, a preços que variam de 9 a 14 dólares o barril e refinado no Brasil, e portanto pode ser vendido mais barato aqui com um expressivo lucro e isso tanto é verdade que no período de 2002 a 2014 a Petrobras só fez lucrar e lucrou muito mais do que qualquer outra empresa Latino Americana Jamais ousou sonhar, engordando os capitalistas que apostam na bolsa já que elevou a pontuação da bolsa de 11.000 pontos para 88.000 pontos. Mas eles torcem o rabo gordo acostumado aos sofás das salas refrigeradas, porque querem um Brasil pobre. Deveriam ser expulsos daqui para nunca mais voltar. TRAIDORES DA PÁTRIA.

GLEISI HOFFMAN (Que eles odeiam) colocou os pingos nos is para essa gente hipócrita. Veja abaixo.


A conta do artificialismo na economia tardou, mas apareceu, gerando uma sensação de que toda a culpa da crise é do governo atual, ainda que este tenha sua parcela de responsabilidade. Um governo enfraquecido que não consegue mais aprovar reformas, resistir a pressões de grupos de interesse e restabelecer a ordem.
Essa vendilhã da pátria quer reformas. Vá ela ficar sem aposentadoria, e morrer trabalhando. O Brasil está aqui para servir ao seu povo. Não é para servir ao capitalismo internacional. O Brasil quer ser uma grande potência porque tem vocação para isso, e não um puxadinho dos Estados Unidos. Uma África para ser entregue a exploradores que não tem nenhum interesse social. A culpa da Crise é totalmente do governo atual e da Lava Jato. Eles não disseram que a reforma Trabalhista iria gerar empregos? Onde estão eles? Chegamos agora a 24 milhões de desempregados. Para quê ela quer reformar a previdência? Para que o dinheiro da previdência seja empregado no pagamento dos gordos juros do mercado para que ela continue engordando e defercando cada vez mais volumosamente? Vamos reduzir os juros e os lucros do mercado e empregar na educação e na saúde e esses especuladores que coloquem o seu dinheiro nas fábricas para poder ter lucro e não no mercado para ficar mamando nas têtas do país. Abaixo os juros.
Os motoristas autônomos e as pequenas transportadoras têm razão em reclamar da flutuação excessiva do preço do diesel, pois não conseguem repassar tempestivamente esse custo ao valor do frete. Além disso, não há mecanismos de proteção (hedge) disponíveis. Mas isso não justifica uma paralisação ampla e duradoura, bloqueando estradas e afetando setores vitais.

Não não justifica não. Com certeza essa cidadã queria que eles morressem de fome. Ai o mercado não teria mais caminhoneiros e os fretes parariam de vez. É uma aberração da natureza mesmo!

A Petrobrás também tem razão de repassar ao consumidor a alta do dólar e do diesel no mercado internacional. É necessário preservar sua solidez financeira e capacidade de investir. Pode-se discutir a forma de repasse, mas não o repasse em si. O cenário externo mudou, o preço do diesel subiu e a conta precisa ser paga. Em condições normais, parte do choque de custo seria absorvida pelo setor produtivo, e, certamente, o grosso seria repassado ao consumidor final. Na saída desorganizada de agora, o ônus para a sociedade ficou bem mais alto, pelo impacto fiscal e na economia. A combinação de governo sem credibilidade, apoio da sociedade ao movimento e eleições aumentou a fatura. A redução de R$ 0,46 no litro do diesel é significativa e as demais medidas do acordo lembram o Brasil do passado. O impacto na atividade econômica não será desprezível. Há destruição de riqueza, como na indústria de alimentos; há perdas que não serão recuperadas, como no setor de serviços (meios de pagamentos e companhias aéreas, para citar alguns); e prejudica-se a saúde financeira de empresas, que poderão ter dificuldades para honrar compromissos. Mais difícil ficará a vida dos desempregados. Além disso, a imagem do País foi afetada, sendo que as mudanças de contratos, como no caso do pedágio, e o sentimento de vulnerabilidade da Petrobrás podem afastar investidores.
Se os investidores não quiserem aplicar na Petrobras, que vendam seus papéis porque o próximo governo os comprará com satisfação. Essa cidadã ou é desinformada sobre o que de fato se passa em relação à Petrobras ou é MENTIROSA. E eu estou bastante inclinado a concluir pela segunda hipótese. Ela sabe que o Brasil não precisa praticar os preços internacionais. E ainda fica criticando o atual governo porque não fez o que ela acha que deveria ser feito. 

Será que ela desconhece que estamos em uma sociedade que tem interesses e necessidades? Que não é só a necessidade dela o que importa? Está reclamando porque o Diesel baixou 0,46 centavos. É muita desfaçatez. Vai falar isso na cinelândia para você ver se não é linchada. A PETROBRAS existe para servir ao povo Brasileiro. Não é para servir a COLONIZADORES não.
Esse triste episódio revela várias fragilidades do Brasil: a resistência de grupos organizados às reformas estruturais, como o fim de subsídios; a vulnerabilidade da sociedade ao populismo e a fraqueza das instituições. Órgãos de controle não reagiram como deveriam. Atos ilegais dos grevistas não foram condenados e o acordo proposto pelo governo em vários pontos vai na contramão da defesa da concorrência, como apontado por Marcos Lisboa. O comportamento da classe política e dos poderes preocupa. Com a fraqueza do Executivo, a responsabilidade deveria ser ainda mais compartilhada pelos demais poderes e esferas de governo. Houve oportunismo e omissão de muitos. Os governadores, de uma forma geral, lavaram as mãos, enquanto deveriam participar da solução com a mudança de cálculo do ICMS sobre o diesel e garantir o fluxo nas estradas. Lamentavelmente, alguns presidenciáveis pegaram carona na crise. Não foram só as mercadorias que sumiram. O espírito republicano e a responsabilidade com o País também. 
Chego a conclusão que a escritora não sabe o que está falando. Está completamente perdida. O Governo populista do ex-presidente LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA levou esse país a um índice de crescimento estratosférico qual nunca se viu e os governos alinhados com a sua política infernal, a sua política de SATANÁS só fizeram enterrar o Brasil como estão fazendo agora. Entretanto aqui tem povo, e vamos retomar esse país para nós. O Brasil vai voltar a crescer, mas eu proponho que vendilhões da pátria sejam caçados e expulsos para que vão dar a sua opinião lá no inferno que é para onde irão escravizar ou ser escravizados em um alternar de tormentos sem fim. Que ninguém se engane, pois aquilo que o homem plantar isso também ceifará. 

Blues da Piedade
Agora eu vou cantar pros miseráveis
Que vagam pelo mundo derrotados
Pra essas sementes mal plantadas
Que já nascem com cara de abortadas
Pras pessoas de alma bem pequena
Remoendo pequenos problemas
Querendo sempre aquilo que não têm

Pra quem vê a luz
Mas não ilumina suas minicertezas
Vive contando dinheiro

E não muda quando é lua cheia
Pra quem não sabe amar
Fica esperando
Alguém que caiba no seu sonho
Como varizes que vão aumentando
Como insetos em volta da lâmpada

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem

Quero cantar só para as pessoas fracas
Que tão no mundo e perderam a viagem
Quero cantar o blues
Com o pastor e o bumbo na praça
Vamos pedir piedade
Pois há um incêndio sob a chuva rala
Somos iguais em desgraça
Vamos cantar o blues da piedade

Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Pra essa gente careta e covarde
Vamos pedir piedade
Senhor, piedade
Lhes dê grandeza e um pouco de coragem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.