http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

sexta-feira, 3 de abril de 2009

PORQUE DEUS PERMITE QUE SOFRAMOS?




Aoi visitar o Campo de Concentração de Auschwitz, o atual PAPA declarou. "Onde estava Deus que permitiu isso?"

Com certeza o Papa declarou isso para expressar a dúvida que em verdade todos nós tivemos algum dia, para ser sinceros, não que ele realmente pensasse isso. Mas porque Deus permite o sofrimento?

A relação que Deus tem para conosco é semelhante a relação que um pai tem para com o seu filho. Deus como pai sabe muito mais sobre nós do que nós sabemos. Sabe o que é melhor para nós e o que é pior.

Por vezes permite que passemos por determinados sofrimentos ou aflições para que saiamos delas fortalecidos, com melhor entendimento e portanto mais preparados para a verdadeira vida que é a vida eterna. Essa é a que vale a pena, pois essa vida que aqui vivemos é transitória e breve. Muito breve.

Comparando com a relação pai e filho que conhecemos, gosto de dar o exemplo do pai que leva seu filho para vacinar. Ao ser vacinado o filho sente a picada da agulha e deve imaginar: “PORQUE MEU PAI ME FAZ SOFRER?” Por mais que o pai se esmere em fazê-lo entender, será impossível para ele entender porque o pai lhe obriga a ser picado por uma agulha que o f az sentir dor, mas o pai sabe o porquê.


Nós da mesma forma não entendemos porque passamos por determinados sofrimentos, e porque o PAI permite isso, mas ele sabe porque e com toda certeza tem uma boa razão para essa permissão.

Se fossemos escolher, com certeza preferiríamos não sofrer nunca. Gostaríamos de ganhar na Mega Sena, ter muita saúde para dar e vender, gostaríamos que nossos filhos todos tivessem saúde e fossem ricos e famosos, gostaríamos que nossos relacionamentos afetivos fossem lindos, bonitos como contos de fadas, (Mas até nos contos de fadas tem a figura da bruxa malvada.)
Comprativamente se perguntassemos a uma criança o que ela gostaria de fazer, provavelmente diria que gostaria de comer muito chocolate, não almoçar nunca e ficar um mês sem tomar banho, um mês sem ir para a escola e brincando o tempo todo. O pai que não dá uma serpente se seu filho lhe pede pão teria que negar. Nega para o bem, porque sabe o que é melhor para o filho, mais do que ele pensa que sabe.

Porém nem sempre isso é o melhor para nós. Veja por exemplo o caso notório do Sr. Que ganhou na MEGA SENA. Logo a seguir casou-se com uma garota muito mais nova do que ele e que com certeza não faria isso se ele não fosse muito rico. Essa garota combinou com o próprio segurança do Homem rico para que o matasse, objetivando com isso ficar com o seu dinheiro. Assim foi feito. Esse é um caso em que o dinheiro, a posse de bens materiais acarretou desgraça e infelicidade. Seria com certeza melhor para esse homem rico que não fosse rico. Provavelmente assim viveria mais feliz.

Entretanto não é somente essa a desgraça que os bens materiais trazem. A maior delas é a exacerbação do orgulho, da vaidade e do distanciamento de Deus. Esse conjunto de fatores levam a uma conseqüência muito mais dolorosa que é a perda da vida eterna. Porque existe uma diferença entre a vida e a morte que não é a que imaginamos. A morte pode existir em vida.

Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; ...
Lucas 9:60

Segundo esse versículo bíblico fica claro que os mortos que enterram mortos esses sim estão mortos, embora vivos no sentido físico. Estão mortos porque estão distanciados da luz.

Temos que ter em mente que essa existência, em que vivemos não é um agradável passeio. Nela teremos aflições.

Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.
João 16:33

Mas se teremos aflições, teremos também consolação se estivermos em vida. Quem está em vida, esse sim suplantará todo o sofrimento, pois terá consolação, e não conhecerá a morte.

E todo aquele que vive, e crê em mim, nunca morrerá. Crês tu isto?
João 11:26

A morte portanto não existe para quem está em vida, mas para quem não está em vida, já está morto e não sabe, e quando morrer no corpo físico, conhecerá de fato a morte.
Quem são aqueles esqualidos, esqueléticos homens
Não sabem mais sorrir, Não sabem onde ir, Não sabem nem mais existir
Que querem, que pretendem, o que sonham?
São palavras que não entendem.
Nem sabem mais o que é querer, ou pretender, sonhar nem querem mais...
Se arrastam, não andam. Esperam morrer.
Se tudo lhes roubaram, seus sonhos, sua vida, seus amores...
Ainda quem sabe lhes restará o que não se pode roubar
Seu pensamento, o lugar onde habita o seu coração,
O lugar onde está seu tesouro, além da vida.

2 comentários:

  1. A referência ao PAPA não foi de forma nenhuma para desmerece-lo. Na verdade foi uma forma inteligente de trazer a tona a pergunta que no fundo todos se fazem. Como permitir que crianças, mães, velhos venham a sucumbir frente a tamanha barbarie? Há algo mais além que os espera no mundo maior.

    ResponderExcluir
  2. O Que a Bíblia Realmente Ensina?
    Por que Deus permite o sofrimento?
    Foi Deus quem causou o sofrimento no mundo?
    Que questão surgiu no jardim do Éden?
    Como Deus vai desfazer os efeitos do sofrimento humano?
    DEPOIS de uma batalha terrível num país afligido pela guerra, os milhares de civis mortos — mulheres e crianças — foram enterrados numa vala comum, cercada de cruzes. Em cada cruz havia a inscrição: “Por quê?” Às vezes, essa é a pergunta mais dolorosa. As pessoas fazem essa pergunta com tristeza quando a guerra, um desastre natural, uma doença ou o crime tiram a vida de seus entes queridos inocentes, destroem sua casa ou de outras maneiras lhes causam sofrimento indescritível. Elas querem saber por que sofrem tais tragédias.
    Por que Deus permite o sofrimento? Se Jeová é todo-poderoso, amoroso, sábio e justo, por que o mundo está tão cheio de ódio e injustiça? Você já se perguntou sobre isso?
    É errado perguntar por que Deus permite o sofrimento? Alguns temem que fazer essa pergunta signifique falta de fé ou de respeito para com Deus. Ao ler a Bíblia, porém, você verá que pessoas fiéis e tementes a Deus também faziam perguntas assim. Por exemplo, o profeta Habacuque perguntou a Jeová: “Por que me fazes ver o que é prejudicial e continuas a olhar para a mera desgraça? E por que há assolação e violência diante de mim, e por que vem a haver altercação, e por que se sustenta contenda?” — Habacuque 1:3.
    Jeová acabará com todo o sofrimento
    Será que Jeová repreendeu o fiel profeta Habacuque por ter feito tais perguntas? Não. Em vez disso, ele incluiu as palavras sinceras de Habacuque no inspirado registro bíblico. Deus também o ajudou a entender melhor os assuntos e a aumentar sua fé. Jeová deseja fazer o mesmo por você. Lembre-se, a Bíblia ensina que ele ‘tem cuidado de nós’. (1 Pedro 5:7) Muito mais do que qualquer ser humano, Deus odeia a perversidade e o sofrimento. (Isaías 55:8, 9) Por que, então, há tanto sofrimento no mundo?
    POR QUE EXISTE TANTO SOFRIMENTO?

    PARA ENCONTRAR ESTA RESPOSTA FAVOR ACESSAR O SITE ABAIXO:

    O QUE A BÍBLIA ENSINA
    * Deus não é o causador das más condições no mundo. — Jó 34:10.
    * Por chamar a Deus de mentiroso e dizer que ele nega o bem a Seus súditos, Satanás questionou o direito de Jeová governar. — Gênesis 3:2-5.
    * Jeová usará seu Filho, o Governante do Reino Messiânico, para acabar com todo o sofrimento humano e desfazer seus efeitos. — 1 João 3:8.
    FONTE: http://www.watchtower.org/t/bh/article_11.htm

    ResponderExcluir

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES