http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

sexta-feira, 24 de julho de 2009

OPORTUNIDADE DE GRADUAÇÃO PARA TRABALHADORES OFF-SHORE OU NÃO.






  • Estamos no limiar de uma nova era tecnológica, era que vai transformar para sempre a natureza da existência humana. Trabalho, estudo, compras, escolhas e relacionamentos - com o mundo e com as pessoas, que nunca mais serão as mesmas. Bill Gates.



  • Teletrabalho não é para qualquer um – mas é uma benção para pessoas que lidam bem com prazos e com a independência. No Brasil a legislação trabalhista e o preconceito ainda atrapalham.
    Por
    Carlos Nepomuceno

  • Você já ouviu algum político nessa campanha defender o incentivo ao teletrabalho como fator de criação de emprego, diminuição do estresse urbano e melhoria da qualidade de vida?
    Pois é. Toda vez que entro em um escritório empresarial repleto de computadores, com todo mundo de olho na tela, me pergunto: o que esse povo está fazendo aqui? Não poderiam produzir de casa, usando bermudas e chinelos?
    Hoje, 20 milhões de americanos já trabalham longe do escritório. Ou ficam em casa, ou operam em telecentros, próximos de suas residências. Nos Estados Unidos, o teletrabalho é praticado há 20 anos.
    O tema trouxe esta semana ao Brasil o especialista americano Gil Gordon, para uma série de palestras em São Paulo.
    Para ele, o teletrabalho é uma opção seletiva e, por isso, a escolha dos empregados que irão usufruir desse benefício deve ser baseada em critérios muito bem definidos pelos dirigentes empresariais.
    Destacam–se, entre eles, a habilidade para cumprir prazos, a automotivação e a independência para agir.
    Segundo o consultor, as maiores barreiras que o Brasil enfrenta nesse segmento são, principalmente, a legislação trabalhista, considerada muito complexa e o preconceito ainda existente por parte dos trabalhadores e de algumas lideranças empresariais.
    Na Comdex 2002, mês passado, em São Paulo, um dos debates do Congresso – Teletrabalho: um novo paradigma – consolidou alguns conceitos: o melhor perfil para o teletrabalho é o do profissional de informação. Nem todo mundo se adapta com tranqüilidade em casa, seja pela atividade que exerce, pelo perfil psicológico ou pelas condições de montar um escritório.
    Assim, deve se selecionar cuidadosamente os candidatos, começando o projeto por voluntários. É preciso bom treinamento, dos gerentes aos teletrabalhadores, para que tudo dê certo. Deve se estabelecer um conjunto de procedimentos de avaliação que privilegiem o desempenho.
    Entre os benefícios para as empresas estão o aumento de produtividade dos empregados, a redução da demanda de locais para escritórios, a melhor administração, a flexibilidade organizacional e mais motivação dos funcionários.
    Para a sociedade, pode–se afirmar que teremos o meio ambiente mais limpo, com menos carros circulando pelas ruas. E menos custos por empregado, criando mais empregos e, inclusive, permitindo que as atividades sejam desenvolvidas nas cidades vizinhas aos grandes centros.
    Para o teletrabalhador, o destaque é o convívio maior com a família e a melhora sensível da qualidade de vida.
    Por trabalhar há dois anos em casa, posso dizer que, no meu caso, a produção é maior. É necessário, porém, criar uma rotina e manter o convívio social – encontros constantes para almoços e caminhadas.
    Nos dias de chuva e de grandes engarrafamentos, é uma dádiva.
    Para os interessados, recomendo os livros Fazendo do teletrabalho uma realidade, de Jack M. Nilles, da Futura, de 1997, mas bastante atual, e Teletrabalho (Telework): trabalho em qualquer lugar e a qualquer hora, de Álvaro Mello, da Qualitymark
    Por fim, a lista de discussão:
    teleworkbr, formada por teletrabalhadores. [Webinsider]




Plataformas poderão ser controladas de terra, tendo a bordo apenas equipes mínimas para intervenções mais sofisticadas, porque a rigor, tudo que se faz hoje de uma sala de controle em um unidade marítima pode muito bem ser feito de casa, ou no mínimo de uma sala de controle em terra.


Já tarefas como marcação de embarques, despacho de bagagens, e tarefas administrativas como ordens de serviço, contratos, etc... podem muito bem ser feitos de casa, com comunicação on line em que se vê, ouve e fala-se.





Previsões como essas eu costumo fazer de vez em quando. Uma delas eu fiz em 1969 quando disse que um dia as imagens iriam ser gravadas em fitas como as fitas de audio da época, porque imagens são um sinal elétrico como o som e que podem ser transformadas em um sinal magnético e gravadas em fitas. Na verdade essa tecnologia já existia à épóca, chamada de Video-Tape, mas depois foi criado o Video Cassete no decorrer da década de 70.





Dizia também na época e todos riam de mim, que o PABX estava condenado, porque em vez de se ter um par de fios para cada ramal, que eram comutados por sofisticados sistemas de relés eletromagnéticos, (Eu então trabalhava na Standard Electric, subsidiária da lendária ITT Americana.) bastaria ter-se apenas um par de fios que percorreriam todos os ramais paralelamente, e os receptores e emissores das mensagens faladas iriam ser selecionados por uma sintonia de frequência, de forma que seria possível acabar com aquela montueira de relés eletromagnéticos e reduzir o sistema para apenas um simples circuito eletrônico.

Hoje os PABX são uma pequena caixinha em vez do antigo armário em que o maior espaço é ocupado pelos terminais para a conexão dos ramais. Eles até riam de mim dizendo que eu iria derrubar o sistema, passando uma rasteira no armário e jogando-o no chão. Realmente hoje esses armários são o museu das telecomunicações, e provávelmente exista alguns deles por ai que foram testados por mim, pois eu trabalhava no teste final do PABX naquela fábrica situada lá em Vaz Lobo no rio de Janeiro. Praça Arquidauana nº 7.






Na verdade a infra estrutura de serviços hoje existente permite que não seja mais necessário sair de casa para nada. Nem para receber dinheiro. Há bancos que enviam motoboys para entregar dinheiro em casa. Já compras de supermercado podem muito bem ser feitas on-line pela Internet e entregues em casa pelos entregadores dos supermercados. Um grande número de supermercados já dispõem desse serviço.


  • Ser cliente de banco em segmento Private lhe da' certas vantagens que não são oferecidas, pelos de varejo.

  • Dentre elas, o Uniclass por exemplo, lhe oferece:

  • Você tem à disposição uma equipe de profissionais especializados para orientar você, sempre que precisar tomar decisões sobre a melhor forma de gerenciar os seus recursos.

  • Investimentos: várias opções de aplicação, de acordo com seu perfil de investidor. Quando comparados a bancos de varejo, esse segmento apresenta as melhores taxas de rentabilidade e a menor taxa de administração.

  • Empréstimos e Financiamentos: taxas e condições diferenciadas para tudo o que quiser, precisar ou planejar.

  • Cartões de Crédito: vantagens adicionais como até 40 dias para pagar suas contas, parcelamento de fatura e parcelamento de suas compras com taxas de juros entre as mais baixas do mercado.

  • Courrier: serviço de courier para efetuar pagamentos, coletar depósitos e entregar dinheiro.

  • Programa Tarifa Zero: quanto mais você utiliza a sua conta-corrente Uniclass, mais acumula pontos no programa Tarifa Zero para obtenção de descontos no seu Pacote de Serviços.

  • Para conhecer mais sobre os serviços Uniclass acesse em http://www.unibanco.com.br/vste/_uni/upv…

Outros tipos de compras então nem se fala. Móveis e eletrodomésticos hoje são mais vendidos pela Internet do que nas lojas físicas, e isso nos remete a uma violenta mudança de conceitos, que é a mudança de conceito para a filosofia que a muito tempo foi denominada de e-commerce, e que é o comércio virtual, hoje talvez muito mais vantajoso do que o comércio tradicional, já que permite diminuir custos. Não é necessário mais ter uma loja física, basta ter um site e um lugar para guardar a mercadoria. A interação pela Internet faz o resto.


Com todas essas facilidades demorou muito para que o ensino fosse afinal adaptado a essa nova relidade, pois dependia de regulamentações. A mais de dez anos que essa discussão sobre o ensino à distância vem sendo implementada e nesse interím muitos cursos à distancia surgiram, que não dependiam de regulamentação, mas eis que hoje as Universidades já estão se adaptando a essa nova realidade, uma vez que tudo já está devidamente regulamentado e oficializado. Uma dessas Universidades, é a Universidade Estácio de Sá que tem cursos em Macaé e nos diversos polos no Rio de Janeiro.


A Universidade Estácio de Sá está promovendo uma campanha inicial que visa formar turmas para o seu primeiro curso à distância com novas turmas que iniciarão um projeto piloto.

Os cursos oferecidos são os seguintes:Administração O curso habilita o aluno para que atue em organizações de qualquer setor (público ou privado), indústria, comércio e empresas de prestação de serviços. Além disso, o administrador é um profissional apto a prestar assessoria e consultoria nas seguintes áreas: recursos humanos; marketing; recursos financeiros; produção e logística, organização, sistemas e métodos; organização de eventos, entre outras.
Saiba Mais

Ciências Contábeis O curso habilita o aluno para que atue em empresas de qualquer natureza (pública ou privada), nas funções de contador geral, gerencial e de custos, auditor, controller, perito, gerente financeiro e de crédito e cobrança, bem como em instituições de ensino universitário, como professor e/ou pesquisador.
Saiba Mais

Graduação Tecnológica em Gestão de Marketing O curso prepara o aluno para que atue em departamentos de marketing das empresas e consultorias de marketing.
Saiba Mais

Graduação Tecnológica em Gestão de Recursos Humanos O curso habilita o aluno para que atue na área de RH em empresas de diferentes portes e ramos de atividade, bem como estimula o seu potencial empreendedor para prestar serviços de RH, especialmente em pequenas e médias empresas.
Saiba Mais

Pedagogia O curso licencia o aluno em Pedagogia para que ele atue em organizações escolares: instituições educacionais de diferentes níveis e modalidades de ensino, como escolas de educação infantil, ensino fundamental e ensino médio. Organizações não-escolares: em ambiências educativas de instituições empresariais e de organismos públicos ou privados, e em organizações do terceiro setor (ONGs e demais organizações da sociedade civil), em especial, nos setores ligados às atividades de planejamento, coordenação, avaliação e gestão de projetos educacionais.


O preço também é convidativo. Menos de duzentos Reais mensais (Por essa quantia não seria possível fazer nenhuma faculdade presencial.) O curso é reconhecido pelo Ministério da Educação e dá todos os direitos de um, curso de nível superior. de entre esses cursos há aqueles que podem ser feitos em apenas dois anos como é o caso do curso de Marketing.



Veja também

http://www.estacio.br/ead/pos_graduacao_externa.asp


http://www.esab.edu.br/index.cfm


http://www.unisulvirtual.com.br/


Unidades de ensino da Universidade Estácio de Sá onde será necessário fazer as provas presenciais.


UNIDADE - CAMPOS DOS GOYTACAZES AVENIDA 28 DE MARCO, 423 - CENTRO

Tel:(22)2737-7000


UNIDADE - MACAE RUA LUIS CARLOS DE ALMEIDA, 113 - GRANJA CAVALEIROS

Tel:(22)2773-4950


NO MUNICÍPIO DO RIO DE JANEIRO


UNIDADE - ARCOS DA LAPA RUA RIACHUELO, 27 - CENTRO

Tel:(21)3231-6000

UNIDADE - BANGU RUA RIO DA PRATA, 391 - BANGU

Tel:(21)3463-9800

UNIDADE AKXE AVENIDA PREFEITO DULCIDIO CARDOSO, 2.900 - BARRA DA TIJUCA

Tel:(21)2432-3800

UNIDADE - BARRA WORLD AVENIDA ALFREDO BALTAZAR DA SILVEIRA, 580, COBERTURA - RECREIO DOS BANDEIRANTES

Tel:(21)2199-2200


ESTADO DO ESPÍRITO SANTO


UNIDADE - VITORIA RUA HERWAN MODENESE WANDERLEY,QUADRA 6, LOTE 1 - JARDIM CAMBURI

Tel:(27)3395-1106


Veja ainda:


http://www.cibld.ensino.eb.br/ead/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES