http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

sábado, 13 de março de 2010

MAIS UM PADRÃO. TV A LED. E A TV 3D VEM AI.



Renato Rodrigues



 Vieram as TVs de LCD que eram imagens com melhor definição. Um luxo. As primeiras TVs que chegaram não eram Full HD ou seja TVs de alta definição total, mas tinham alta definição. ( A alta definição total é a imagem formada por 1080 linhas horizontais) (A Alta definição simplesmente é formada por 720 linhas horizontais, o que já lhe dá imagem bem superior ao padrão normal de TV que é de 525 linhas horizontais.). 

Para o cidadão leigo, a multi variação de padrões de TV que são lançados um após o outro deixa qualquer um tonto. Primeiro foram as TVs de PLASMA caríssimas no início, e hoje ninguém mais quer. (Uma TV de PLASMA chegou a estar em oferta a aproximadamente R$50.000,00 (Cinquenta mil Reais no FAST do Barrashopping. Era coisa para milionários.)


Quem comprou TVs com a nova tecnologia no início pagou caro. O preço foi caindo de forma que hoje já é possível comprar em promoção uma TV Full HD de 52 polegadas por menos de R$4.000,00 (Quatro mil reais.) (De LCD).

 E as TVs também vão incorporando tecnologias e se tornando melhores. Hoje é possível plugar-se um pendrive com um filme gravado em uma porta USB presente em algumas TVs e monitores de computador e assistir-se a um filme gravado ali sem necessidade de um DVD player, muitos deles com portas USB incorporadas para ter também essa função. O padrão DVIX também já é reconhecido por um grande número de DVD players.

Um importante avanço presente também em uma série de TVs é a incorporação do SET TOP BOX, ou seja aquela caixinha que transformava o sinal  para TVs digitais. Tudo isso já vem incorporado a maioria dos televisores.

Práticamente todas as TVs Abertas e uma parte das TVs não abertas (Aquelas que vem em assinaturas de TVs a cabo ou via satélite em planos pagos.) já transmitem em HD ou Full HD, com imagens que fariam inveja ao cinema. Um dos exemplos é o canal NAT GEO de National Geographic, que continua também com o seu canal em definição padrão.

O padrão BLURAY que já produz filmes que podem ser alugados em locadoras, incorpora a tecnologia FULLHD para deleite dos amantes do cinema que podem ter hoje em suas casas, uma tecnologia de imagem que considero superior ao próprio cinema. Eu diria que certas imagens na tela das TVS, ficam melhores do que as imagens reais, tal a quantidade de detalhes que é possível perceber.


Porém eis que nessa orgia de tecnologia surge agora a TV de LED. A TV de LED tem vantagens? Sim. E nas próximas linhas veremos quais são elas, mas isso não é tudo. Depois disso vem ai a TV de 3D ou seja em três dimensões, tecnologia que já chegou ao cinema, aos video games e agora chegará às TVs da nossa casa. Quem já assistiu a um filme em 3D no cinema percebeu que a imagem parece saltar da tela e vir em nossa direção. De fato é essa a sensação que iremos ter no futuro, já que contra o futuro ninguém pode. Ele chega mesmo e acabou.



Imagem de LEDs
Agora, com o lançamento das Tvs de LED, fica cada vez mais difícil decidir em qual TV devemos investir nosso dinheiro. Eu não preciso dizer o quanto vale a pena ter uma TV de alta tecnologia em casa: é diversão na certa! Digamos que a grande diferença existe entre as TVs de plasma e de LCD, e a LED aparece aí como a mais “nova geração” da LCD. 
Como existem muitas explicações técnicas sobre esses produtos ficamos ainda mais confusos, e é por isso que vou tentar explicar como funcionam e quais benefícios da forma mais compreensível pra quem é apenas um futuro consumidor e não um especialista no assunto.

LED:
O processo de transmissão das TVs de LED funciona praticamente como a de uma TV de LCD só que a tecnologia é um pouco diferente, ou seja, ao invés daquela luz branca no backlight,  nas TVs de LED você tem um conjuntos de LEDs com as cores primárias (vermelho, azul e verde) e faz com que o trabalho de filtragem de luz do cristal líquido seja muito melhor realizado, conseguindo cores mais puras e com uma gama muito maior. Essa tecnologia também faz com que a luz seja exatamente igual durante todo seu tempo de uso e não ocorra perda de brilho ou alteração de cor, independentemente de ter uma luz acesa ou não. O painel também possibilita uma melhor regulagem na intensidade da luz.

TV 40" LED Full HD Samsung
Vantagens:
As telas das TVs de LED são muito mais brilhantes, com o contraste muito melhor e as cores muito mais vivas quando comparadas ao modelo das de LCD, ou seja, têm uma imagem muito melhor, pois são feitas com diodos em emissores de luz (LED). Essas TVs também podem ser bem mais finas do que as outras (já existem com apenas 3 cm de espessura).
Essas TVs atendem às normas Eco-friendly pois não necessitam de lâmpadas CCFLs e são completamente livres de mercúrio. Não utilizam chumbo pra fixação de componentes e faz com que o descarte e reciclagem das TVs possam ser feitos de forma segura e sem impacto para o meio ambiente.
Os televisores de LED também atendem às normas Energy Star, pois possuem um nível baixíssimo de consumo de energia de até 40% menor do que as TVs de LCD do mesmo tamanho. O que é muito bom pro nosso bolso.
LCD:
A TV de LCD funciona com a base sendo de um material de cristal líquido, que transmite uma imagem mais translúcida ou opaca dependendo da corrente elétrica aplicada sobre ele. Cada ponto na tela é formado por três células lacradas cheias desse material e cada célula corresponde a uma cor primária de luz (verde, vermelha e azul). Uma lâmpada que gera luz branca é instalada atrás da tela e ilumina as células tornando a imagem visível. As cores são formadas dessa forma e assim combinam múltiplas intensidades de cada uma das cores primárias.

TV 46" LED Full HD - UN46B6000 - c/ Conversor Digital Integrado, 120Hz, 4 Entradas HDMI, Entrada USB e 1 Entrada Ethernet - Samsung
Vantagens:
As TVs de LCD já são mais indicadas pra salas iluminadas, isso significa que você pode assistir ao seu programa com uma janela atrás da sua TV que você não verá nenhum reflexo na imagem, diferente da de plasma. Também são indicadas pra quem vai ligar o PC nela ou jogar aqueles games mais parados, como os de antigamente, pois imagens estáticas costumavam manchar as TVs de plasma mais antigas. Você também pode encontrar LCDs disponíveis em tamanhos menores, o que é difícil encontrar nos modelos de plasma. E como assistir a uma TV de mais de 42 polegadas num quarto pequeno. Difícil, né?
PLASMA:
Nas tvs de plasma a tela opera com células cheias de gás nobre,  assim como o neônio ou xenônio, que sofre uma descarga elétrica e se transforma em plasma. Parece mágica, né? Mas é mais ou menos assim que essa mágica funciona: Esse processo todo libera fóton (luz) e se colidem com uma camada de fósforo na frente dessas células que as fazem brilhar. Cada ponto de imagem é composto por 3 células e cada uma delas coberta com fósforo de cor diferente (verde, vermelho e azul).
A combinação dessas 3 cores diferentes em intensidades variadas gera os tons necessários  para produzir a imagem. E pelo simples fato de cada célula produzir sua própria luz, não existe a necessidade de nenhuma luz pra iluminar nossa tela.

TV 50" Plasma HDTV Ready, 3 HDMI, Entrada p/ PC - PL50A450P1XZD/XAZ SAMSUNG
Vantagens:
As tvs de plasma são mais indicadas pra ambientes escuros devido à fidelidade de cores e maior contraste, o que é muito bom pra quem gosta de cinema, pois oferecem cores mais vivas e não depende de luz pra que isso ocorra, ou seja, elas têm uma qualidade de imagem muito boa.
Também são muito boas pra quem gosta de assistir esportes e games mais modernos, pois elas oferecem o que é chamado de “resolução dinâmica”, que nos proporciona melhor qualidade em cenas de movimento. Além disso, as TVs de plasma são super indicadas pra ambientes amplos, pois são muito mais fáceis e mais baratas de serem produzidas em tamanhos maiores. Não é a toa que vemos por aí um monte de TV de plamas gigantes nas vitrines da lojas.
Vale a pena ressaltar que existem componentes que podem ser muito úteis, independentemente de qual TV você compre como aparelhos de Blu Ray na hora de assistir um filme, cabo HDMI, que dá uma grande ajuda na qualidade da imagem, um Home Theater pra assistir aquele show e etc. São várias as opções pra você ficar muito feliz com a sua escolha, o importante é que você realmente saiba o que necessário e importante pra você ficar satisfeito.

TV em 3D

A tão badalada TV em 3D chegará ao Brasil antes do que se imaginava. A Samsung anunciou na CES 2010, feira de tecnologia de consumo que acontece em Las Vegas (EUA), que vai lançar no país uma linha de modelos com suporte a esta tecnologia já em abril.

Serão vários aparelhos 3D. Entre as televisões com display de plasma, o destaque é a versão de 65" da Série 8000. Além de ser capaz de exibir imagens tridimensionais, ela tem apenas 2.9mm de espessura e possui conexão ccom a internet, com widgets que permitem usar o Twitter e o Facebook, por exemplo. A empresa ainda estuda se também trará o modelo de 58".

Na linha LCD, a tecnologia 3D chega na Série 750, com o modelo de 46" e possivelmente outro de 55". Em termos de recursos, os destaques são a taxa de atualização de 240Hz (uma TV convencional é de 60Hz) e conexão com a web (uma ferramenta que a empresa chama de Internet@TV)

Por fim, o topo da cadeia 3D são as TVs LCD com iluminação traseira por LED. Os modelos que virão para o Brasil serão os de 40", 46" e 55", todos com taxa de atualização de 240Hz e acesso à internet.

A Samsung usa uma tecnologia chamada de "3D ativo". A polarização (junção) das imagens é feita pelos óculos, o que reduz o "esforço" da TV e melhora o desempenho. Mas o preço disso é que os óculos são mais caros e pesados, tornando-se incômodos depois de um período muito longo de uso.

Essas TVs também são capazes de converter conteúdo 2D, exibido normalmente hoje em dia, em 3D. É uma solução mambembe, que só deve durar enquanto não entram no ar canais que transmitem em 3D de verdade. A Stuff testou ambas as coisas na CES e garante: uma partida de futebol tridimensional ganha uma nova dimensão (com trocadilho, claro). No entanto, nenhuma emissora brasileira tem planos de adotar a tecnologia num futuro próximo, o que pode ser uma barreira para a massificação dessas TVs.

O preço? "Nem eu sei ainda", diz Rafael Cintra, executivo responsável para área de TVs da Samsung. No entanto, ele acredita que os modelos mais "baratos" devem ficar em torno de R$ 10 000.
Todos as TVs Samsung este ano sairão de fábrica com conversor de TV Digital, exceto os modelos de 22" e 26" da Série 3 de LCD.

Renato Rodrigues
Modelo C9000, com apenas 9mm de espessura


Durante a CES, a fabricante também apresentou a UN55C9000, a TV de LED mais fina do mundo, com espessura de apenas 9mm. O modelo, que ainda não está disponível comercialmente, ganhou o prêmio "Best of Innovations" de melhor TV da CES, e deve chegar ao país somente no segundo semestre.


Mercado Segundo , o final de 2009 marcou a tomada da liderança no mercado de TVs LCD, com uma fatia de 30% do mercado em volume e 33% em valor (valores bem próximos aos da LG, na verdade). Essas TVs finas venderam 3,5 milhões de unidades no ano passado, contra 6 milhões de TVs CRT (tubo). Além disso, os brasileiros compraram 400 000 TVs de plasma e 70 000 com iluminação LED.
Para 2010, ele prevê a venda de 5 milhões de LCD, e de 350 000 a 400 000 LED, contra 4 milhões de CRT, o que marcaria essa virada tecnológica no mercado nacional. "A TV de tubo deve acabar em 2011", diz.

Para o executivo, dois fatores foram fundamentais para a empresa superar a concorrente coreana: a introdução dos receptores de TV Digital em vários modelos e a chegada das LED antes da concorrência. "Ficamos sozinhos nesse mercado por um bom tempo", diz. Embora não revele números, ele diz que a companhia investiu pesado em marketing no segundo semestre, e conseguiu recuperar-se do primeiro semestre ruim.

Neste ano de Copa do Mundo, ele não acredita em forte aumento do mercado, apenas uma inversão da proporção de vendas, normalmente concentradas no segundo semestre. "Teremos dois Natais este ano: além de dezembro, maio será muito forte", acredita. Ele também aposta que a TV Digital e o Full HD serão outros fortes motivadores de compra. As TVs com resolução Full HD (1920 x 1080) responderam por 35% do mercado total de LCDs ano passado, fatia que deve crescer para 70% este ano.

Um comentário:

  1. Por enquanto vou ficar com a minha 29 com dez anos de uso. Futuramente comprarei uma Led, ainda está muito caro e são poucos os canais digital...

    ResponderExcluir

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES