http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

segunda-feira, 5 de abril de 2010

CIENTISTAS BRASILEIROS E ATÉ A REDE GLOBO SE RENDEM À AUTO-HEMOTERAPIA


Agora veja:


AUTO-HEMOTERAPIA
CIÊNTISTAS E JORNALISTAS BRASILEIROS SE RENDEM ÀS EVIDÊNCIAS.

e mais
 
A mesma Rede Globo, que veiculou no “Fantástico” que a Auto Hemoterapia era um ato de charlatanismo, colocou em manchete, no “Esporte Espetacular”, que a técnica está revolucionando o tratamento de lesões em atletas de ponta.
RALPH VIANA
“TÉCNICA REVOLUCIONÁRIA MELHORA ÍNDICE DE RECUPERAÇÃO DE LESÕES” - PRP, que consiste na injeção do próprio sangue do atleta nas áreas atingidas, acelera de forma impressionante a cura de traumas e lesões em músculos e tendões. (Esporte Espetacular – Rede Globo – 10 Janeiro 2010).

A reportagem, empolgada com os resultados obtidos por diversos e conhecidos atletas, foi a matéria de destaque do programa “Esporte Espetacular” do dia 10 de Janeiro 2010. Antes de entrarmos mais a fundo no que consiste a técnica de PRP (Plasma Rico em Plaquetas), convém lembrar que a mesma Rede Globo, no programa “Fantástico” de cerca de três anos atrás, veiculou o vídeo com o Dr. Luiz Moura mostrando a prática da auto-hemoterapia (AHT) - injeção do próprio sangue em músculos -, com a denominação de “charlatanismo”.
A partir da polêmica causada, a AHT foi proibida pelo Conselho Federal de Medicina e pelo de Enfermagem. Em seguida o BEM ESTAR fez uma matéria de capa sobre o tema, denunciando a clara e óbvia defesa da indústria farmacêutica feita por essas entidades, pois os laboratórios se mostravam amedrontados com a queda na venda de seus remédios, já que a ação da AHT prescinde do uso de muitos medicamentos.

Concomitantemente, um enorme movimento de usuários da AHT, que se viram impedidos de continuar seus tratamentos pelo autoritário ato médico, se mobilizou por todo o país. Importante também dizer que o Dr. Luiz Moura, um médico exemplar reconhecido em todo o Brasil e exterior, foi cassado pelo Conselho de Medicina por divulgar a AHT! Haverá uma ação contra o programa da Rede Globo?



janeiro de 2010
Auto-hemoterapia é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos. Este espaço é dedicado à divulgação desta técnica, difundida pelo Dr. Luiz Moura, do RJ.

INFORMAÇÕES SOBRE AUTO-HEMOTERAPIA, A TERAPIA QUE CURA ATRAVÉS DO SANGUE
12.01.2010
PLASMA DE RICO EM PLAQUETAS (PRP)
--- Walter Medeiros 
A cada dia que passa fatos novos vêm desmanchando os pretensos argumentos do Conselho Federal de Medicina – CFM e entidades e instituições que o seguem, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA contra o uso da auto-hemoterapia no Brasil. Agora fica mais claro o que todos já suspeitavam: se a auto-hemoterapia for feita cheia de aparatos caros e em salas de cirurgia, é permitida, mesmo em casos em que não haja comprovação científica da eficácia de sua aplicação. São os casos da chamada PRP (Plasma Rico em Plaquetas) e do Tampão Sanguíneo Peridural - TSP.
O programa Esporte Espetacular da Rede Globo mostrou domingo (10.01.2010) a cura de feridas de atletas através da técnica PRP, através da qual o sangue do próprio atleta é retirado e posto numa centrífuga para voltar a ser aplicado no mesmo atleta. Cada aplicação custa R$ 1.000,00. É o que está sendo chamado de auto-hemoterapia dos ricos. A Auto-hemoterapia comum é uma técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos. Para realizá-la, basta uma seringa e alguém qualificado para aplicar. O custo fica em torno de R$ 5,00 a R$ 10,00. Mas esta é proibida no Brasil, mesmo que de forma estapafúrdia.
BENEFÍCIOS
Em julho de 2009 a Folha de S. Paulo publicou matéria dizendo que “Injeção de plaquetas acelera recuperação de músculos”, na qual especialistas relatam bons efeitos em casos de tendinites e lesões musculares. A matéria relatava que o plasma rico em plaquetas era empregado havia cerca de dois anos no Brasil e dizia que estudo revelava que técnica diminui necessidade de cirurgias. Observemos que a matéria informava que os estudos sobre o assunto ainda estavam “em fase inicial”, mas uma pesquisa conduzida pelo ortopedista Rogério Teixeira da Silva, coordenador do Núcleo de Estudos em Esportes e Ortopedia e presidente do Comitê de Traumatologia Desportiva da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), que acompanha 90 pessoas, constatou os benefícios da técnica.
A matéria acrescentava que “Dos 46 pacientes que tinham recebido indicação cirúrgica, apenas três de fato precisaram da operação após passar pelo procedimento que utiliza plasma rico em plaquetas”. A técnica consiste em injetar, diretamente na lesão, um concentrado de plaquetas (células que carregam proteínas chamadas fatores de crescimento). Esses fatores são os responsáveis por promover a regeneração do tecido. Em altas concentrações, eles podem ser capazes de acelerar o processo natural.
Por outro lado, a matéria ressalta que “A utilização dessas plaquetas não oferece riscos de rejeição ou de reação alérgica, já que são células do próprio paciente”. O procedimento, que custa em torno de R$ 3.000,00 por aplicação, ainda não é coberto pelos planos de saúde. É mostrado ainda na matéria que "Ainda não temos evidências científicas que confirmem a eficácia do tratamento", conforme pondera Romeu Krause, presidente da SBOT. "Não há consenso na literatura e o paciente deve ser informado a respeito disso", lembra. Mas segundo assegura Ricardo Cury, do Grupo de Cirurgia do Joelho e Trauma Esportivo da Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Cirurgia do Joelho, "Não é um tratamento experimental, ele faz parte do arsenal terapêutico, mas ainda há questões em aberto, como qual o fator de crescimento ideal que deve ser usado ou se há casos de resposta exacerbada".
AUTO-HEMOTERAPIA
A Enfermeira Dra. Aparecida de Luca, referindo-se à matéria veiculada na TV Globo, indaga: “isso é ou não é auto hemoterapia (AHT), que foi tão combatido pelo CFM e pelo próprio COFEN?”, observando que “Na referida técnica, os médicos são os únicos a realizá-la, porque utilizam centrífuga e endoscópio pra ver a aplicação direta na articulação, procedimentos, que, sem dúvida, tornam o procedimento mais complexo.”, acrescentando que “Diferentemente da simplicidade da AHT, quando o sangue é retirado da veia e injetado no músculo, e, considerando que a reação ao sangue injetado é sistêmica, não haveria a necessidade dele ser injetado no próprio local da lesão”.
Para a Dra. Aparecida, “A aplicação do sangue total no músculo, e não somente o plasma, também é compreensível, porque se o plasma não causa problemas, porque os outros elementos do mesmo sangue causariam?”. Ao lembrar que cada aplicação custa R$ 1.000,00, ela questiona: “Estaria aí a razão de tentar combater a AHT, que é simples e pode ser feita por outros profissionais que não sejam médicos?” Ela chama atenção também para o fato de no próprio vídeo ser dito que “alguns médicos estão preferindo esperar resultados de pesquisas que comprovem a eficácia do tratamento”, concluindo que “No entanto, aqueles que executam, o fazem sem resultados de pesquisa, e já estão aplicando, inclusive no Ronaldo, o fenômeno”.
Diante dessas contradições, cabe ao Conselho Federal de Medicina – CFM, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA, o Conselho Federal de Enfermagem, a Sociedade Brasileira de Hematologia e Hemoterapia esclarecer à nação brasileira o que está acontecendo. Enquanto proibem atabalhoadamente o uso da auto-hemoterapia comum, a permitem abertamente quando o seu uso ocorre em ambiente de onde decorrem vultosos pagamentos. Tanto a técnica PRP (Plasma Rico em Plaquetas) como o Tampão Sanguíneo Peridural são procedimentos de custos elevados. Uma coisa, pelo menos, é bem clara: qualquer que seja a forma, está comprovando a eficácia da auto-hemoterapia.

1. O que é auto-hemoterapia?
É uma técnica simples, em que, mediante a retirada de sangue da veia e a aplicação no músculo, ela estimula um aumento dos macrófagos, que são, vamos dizer, a Comlurb (Companhia de Limpeza Urbana) do organismo.
Os macrófagos é que fazem a limpeza de tudo. Eliminam as bactérias, os vírus, as células cancerosas, que se chamam neoplásicas. Fazem uma limpeza total, eliminam inclusive a fibrina, que é o sangue coagulado. Ocorre esse aumento de produção de macrófagos pela medula óssea porque o sangue no músculo funciona como um corpo estranho a ser rejeitado pelo Sistema Retículo Endotelial (SRE). Enquanto houver sangue no músculo o Sistema Retículo Endotelial está sendo ativado. E só termina essa ativação máxima ao fim de cinco dias.   
A taxa normal de macrófagos é de 5% (cinco por cento) no sangue e, com a auto-hemoterapia, nós elevamos esta taxa para 22% (vinte e dois por cento) durante 5 (cinco) dias. Do 5º (quinto) ao 7º (sétimo) dia, começa a declinar, porque o sangue está terminando no músculo. E quando termina ela volta aos 5% (cinco por cento). Daí a razão da técnica determinar que a auto-hemoterapia deva ser repetida de 7 (sete) em 7 (sete) dias.   
Essa é a razão de como funciona a auto-hemoterapia. É um método de custo baixíssimo, basta uma seringa. Pode ser feito em qualquer lugar porque não depende nem de geladeira - simplesmente porque o sangue é tirado no momento em que é aplicado no paciente, não há trabalho nenhum com esse sangue. Não há nenhuma técnica aplicada nesse sangue, apenas uma pessoa que saiba puncionar uma veia e saiba dar uma injeção no músculo, com higiene e uma seringa, para fazer a retirada do sangue e aplicação no músculo, mais nada. E resulta num estímulo imunológico poderosíssimo.   


10.12.2009

06.12.2009
1º.12.2009
MÉDICOS PRECIPITADOS
Publicado novo artigo do jornalista Walter Medeiros sobre auto-hemoterapia no Brasil, que pode ser lido através do link www.rnsites.com.br/humaniza_35.htm .
O autor trata daquela resposta comum: "deve ter alguém ganhando com isso" e faz referência às faculdades de medicina, autoridades e órgãos de classe frente a uma técnica que é utilizada há mais de cem anos.

ADIADA A AUDIÊNCIA PÚBLICA
A Assembléia Legislativa de Pernambuco adiou a audiência pública que seria realizada hoje (1º.12.2009) para tratar da auto-hemoterapia. O gabinete da deputada Nadegi Queiroz informou, para surpresa de quem procurava informações, que o adiamento se deu devido a conflito no agendamento da audiência com o lançamento do livro sobre a técnica. A informação será publicada na imprensa oficial do estado. Aguardemos nova data.
26.11.2009
AUDIÊNCIA PÚBLICA DEBATERÁ AUTO-HEMOTERAPIA
A Assembléia Legislativa do Estado de Pernambuco promoverá uma audiência pública no próximo dia primeiro de dezembro, para discutir o uso da auto-hemoterapia como forma de tratamento médico. Trata-se de iniciativa da deputada Nadegi Queiroz, do PHS. A deputada fez o anúncio do evento na sessão plenária da quarta-feira 25 de novembro, convidando a todos os interessados no assunto.
Segundo a parlamentar, cerca de dez milhões de brasileiros já utilizam essa técnica , apesar das restrições da Anvisa e de entidades médicas. Ela lembrou que a técnica é simples e de baixíssimo custo, consistindo na retirada do sangue da veia e na sua aplicação imediata no músculo do braço ou da nádega.
A audiência, de acordo com a deputada, contará com a participação de médicos, usuários, entidades médicas e também promoverá o lançamento do livro Auto-Hemoterapia - O Segredo do Bom Sangue, escrito por Márcio Fonseca Mata, jornalista alagoano radicado no Rio de Janeiro, que também estará presente no evento.
Histórico do DVD com Dr. Moura e da campanha pela auto-hemoterapia
O cinegrafista Luiz Fernando Sarmento escreveu texto detalhando o histórico do DVD que gravou com o Dr. Luiz Moura em 1994, no qual mostra os bastidores da gravação e o desencadear do movimento em defesa da auto-hemoterapia no Brasil. Ele revela que tem se surpreendido a cada vez que inclui a palavra autohemoterapia na pesquisa do Google. “São dezenas, talvez já centenas de sites e milhares de depoimentos e trocas de informações. E muitos vídeos. Rede em plena vida” – afirma. Para ler o texto completo, acesse AUTO-HEMOTERAPIA

04.11.2009
GABINETE DO PRESIDENTE DA REPÚBLICA RECEBE DADOS SOBE AHT
A Campanha Nacional em Defesa da Auto-hemoterapia já tem seus documentos em poder do Gabinete da Presidência da República. Um grupo de pessoas que lutam pela liberação da auto-hemoterapia no Brasil manteve um encontro em Belo Horizonte com o Ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Prof. Luís Soares Dulci, que ouviu atentamente todas as explicações a respeito das arbitrariedades praticadas pelo Ministério da Saúde, através da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA e pelos Conselhos Profissionais de Medicina e Enfermagem.
Os defensores da Auto-hemoterapia Antonina de Sales, Ida Zaslavsky e Luís Sarmento fizeram a entrega de documentos da Campanha, entre eles o Texto-base de Petição ao Presidente da República, listas do abaixo-assinado, depoimentos, notícias e outros textos. Segundo Antonina de Sales, o ministro “foi receptivo e ouviu com muita atenção”.
Antonina acrescentou que “Foi explicado a ele que fazemos parte de um grande grupo de brasileiros que lutam pela liberação da AHT - terapia antiga, muito usada e depois esquecida com o advento dos antibióticos; que desejamos vê-la liberada e inserida na Política Nacional de Práticas Integrativas Complementares do SUS, pois é eficaz contra um sem número de males e praticamente não tem custo para os pacientes; que já tentamos sensibilizar o Ministro da Saúde e ainda não conseguimos chegar até ele”.
A advogada mineira acrescentou que “Falamos das proibições dos Conselhos profissionais e da ANVISA, do único argumento contrário deles - de que não há pesquisa”, ressaltando que “Citamos que não há um só registro de efeito colateral grave pelo uso da AHT”. O grupo falou também sobre o Dr. Luiz Moura - que entende ser a AHT uma terapêutica salutar para os serviços públicos de saúde, e sobre as perseguições e processos do CREMERJ contra o médico fluminense.
O Ministro quis saber onde vive o Dr. Luiz, ocasião em que o grupo explicou mais, segundo Ida, “Que nossa esperança é de que os documentos ali entregues cheguem às mãos do Presidente Lula e do Ministro da Saúde, pois só eles têm poder para determinar as pesquisas e a liberação da AHT. O Ministro perguntou quais eram os documentos para o Presidente”.
Foi explicado sobre o Texto-base Petição da Campanha Nacional em Defesa da Auto-hemoterapia, lançada em Cataguases (MG) no dia 04.08.2007; sobre o livro de Luís Sarmento e Ana Martinez - “Auto-hemoterapia: conversa com Dr. Luís Moura”, que é uma transcrição da entrevista em DVD do Dr. Moura. Havia no pacote 01 exemplar do livro para o Presidente, o Ministro da Saúde, o Vice José Alencar e a Ministra Dilma; 01 para ele mesmo (Ministro Dulci) e outro para os Srs. Toninho Lambertucci e Geraldo Melo - assessores que ajudaram a garantir o encontro.
O ministro afirmou que ficassem tranquilos, pois ia encaminhar tudo, pelo significado e seriedade do que o grupo defende; entregar os livros a cada um; e encaminhar junto ao Ministério da Saúde. No momento da entrega foi dada ênfase a cada documento, principalmente à página sobre o direito de autodeterminação do paciente; texto sobre tampão sanguíneo - pesquisa que explica o método e as consequências favoráveis para alta médica de paciente com cefaleia pós-raqui (portal da Sociedade Brasileira de Anestesiologia); e notícia do jornalista Walter Medeiros sobre a retificação do parecer proibitivo do CFM para reconhecer como válida a técnica do tampão sanguíneo, entre outros.
Depois de descrever o que chamou de “mais um passo da Campanha Nacional em Defesa da Auto-hemoterapia”, Antonina afirma que agora é aguardar os encaminhamentos do ministro. O encontro com o ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Prof. Luís Soares Dulci ocorreu em Belo Horizonte, às 11h do dia 17/10/09.
25.10.2009
TRANSFUSÕES TAMBÉM TERIAM DE SER PROIBIDAS
A médica homeopata Alessandra Mandaloufas, 41 anos, de Taubaté - São Paulo, disse, através do fórum de discussão na Internet, que embora não tenha experiências com a auto-hemoterapia, esta técnica parece “muito interessante do ponto de vista imunológico”. Ela postou neste sábado, 24.10.2009 uma mensagem em que faz uma rápida abordagem sobre o assunto.

DRA.ALESSANDRA
Segundo a médica paulista, “Não haveria motivos para (a auto-hemoterapia) representar perigo para a saúde, se o máximo que ela pode provocar na pessoa é um pequeno hematoma”. Acrescentou que “O sangue que está sendo aplicado é o do próprio indivíduo e não o de outro ser qualquer, portanto não há risco de incompatibilidade. 
Opinou ainda a Dra. Alessandra que “Se foi proibida a aplicação intramuscular de sangue de um indivíduo nele mesmo, pelos possíveis riscos que isso poderia provocar, então, seguindo-se a mesma linha de raciocínio, deveriam ser proibidas as transfusões sanguineas, pois, além de serem de sangue de um indivíduo estranho, ainda requerem aplicação intravenosa; ou seja, em caso de reação de incompatibilidade, esta reação seria generalizada e de resposta muito mais rápida que na via intramuscular”. 
Declarando-se favorável à experimentação da auto-hemoterapia em voluntários, a médica acha que já houve comprovação científica pelos experimentos publicados pelo Dr. Jesse e pelo Dr. Veronese, assim com pela própria experiência, repetidas vezes, do próprio Dr. Moura e de seu pai. “A meu ver, os laboratórios farmacêuticos devem mesmo estar por trás dessa proibição, assim como fizeram "campanha" contra a Homeopatia por tantos anos” – concluiu.

15.10.2009
CAMPANHA PELA AUTO-HEMOTERAPIA ALERTA: DVD É GRATUITO
A distribuição do DVD “Auto-Hemoterapia - Contribuição para a Saúde - Conversa com Dr. Luiz Moura” pela Campanha Nacional Permanente em Defesa da Auto-Hemoterapia e Campanha Mundial de Divulgação sobre Auto-hemoterapia é feita gratuitamente, sem cobrança de nenhum custo. O blog da campanha publicou uma nota de alerta informando que “a Campanha da Auto-hemoterapia é solidária e voluntária, não tem nenhum vínculo com entidade nenhuma, não tem conta corrente e não vende nada, nem solicitamos doações em nome da Campanha”.
Segundo a nota “Infelizmente este alerta se faz necessário, pois algumas pessoas se aproveitam da campanha para gerar lucros em benefício próprio”, acrescentando: “recebemos mensagens alertando que isso está acontecendo, informamos aqui que a Campanha que dá origem ao blog não tem nenhuma fonte de lucros, não vendemos camisetas e nenhum outro artigo”, esclarecendo ainda que “a maneira que fomentamos aqui é solidária e voluntária, orientamos para que cada um imprima dvds, folders ou crie sua própria camiseta para a campanha, onde esteja, não mandem dinheiro nem façam depósitos em nenhuma conta”.
A Campanha Nacional Permanente em Defesa da Auto-Hemoterapia e Campanha Mundial de Divulgação sobre Auto-hemoterapia não tem fins lucrativos, não tem nenhuma conta bancária e não vende nada e alerta: “tudo que fornecemos são dvds que são doados voluntariamente, sem custo nenhum.
A nota de alerta diz ainda que “Não nos responsabilizamos por eventuais aproveitadores da boa fé alheia, e lamentamos profundamente que isto venha ocorrendo”. Informa também que não existe nenhuma comunidade 'oficial' no orkut oriunda da Campanha ou do seu Blog e adianta que os seus advogados já foram alertados e estão tomando as devidas providências. O site da campanha pode ser acessado pelo link http://campanhaauto-hemoterapia.blogspot.com/2009/10/alerta.html
Livro reportagem explica a auto-hemoterapia

Auto-hemoterapia – o segredo do bom sangue, um livro reportagem, é o resultado de meses de pesquisas e entrevistas sobre o assunto realizadas pelo jornalista Márcio Fonseca Mata. O ponto de partida para a obra foi o vídeo veiculado pela internet, no qual o médico Luiz Moura fala sobre a prática da auto-hemoterapia. O sucesso do vídeo, que acabou copiado e assistido por cerca de 20 milhões de pessoas, acabou rendendo um processo ao Dr. Luiz Moura, impedido de dar entrevistas e de divulgar a auto-hemoterapia, mas não de prescrevê-la.
Na busca incessante de informações sobre o tema, Márcio Fonseca Mata teve acesso a depoimentos de pessoas que já estavam sem esperança e se recuperaram com a auto-hemoterapia. Também descobriu que o tratamento é feito com animais e apresenta excelentes resultados.

O assunto é empolgante pela sua importância e por tratar-se de algo especial para a saúde de milhões de brasileiros que adotaram essa prática. Auto-hemoterapia – o segredo do bom sangue apresenta entrevistas com diversas autoridades médicas que receitam o método sem medo de punição.
O médico paulista Luiz Mattoso – homeopata, ginecologista e obstetra -, diz que a gripe suína, cujo vírus faz várias vítimas em nosso País, pode ser prevenida com a prática da auto-hemoterapia, assim como a dengue. Já o Dr. José Luiz Runco, médico do Clube de Regatas Flamengo e da Seleção Brasileira, afirma ser um dos pioneiros no uso da AHT na medicina desportiva, onde a técnica é chamada de tratamento regenerativo com o uso de plasma rico em plaquetas.
No livro, Márcio Fonseca informa ainda que há uma campanha nacional, promovida pelos adeptos da AHT, para aprovar uma lei que abra um debate e promova pesquisas sobre o assunto, além de permitir a prática do procedimento sem que médicos e enfermeiros sejam ameaçados de punição por isso.
O lançamento será no dia 19 de setembro (sábado), das 19 às 20h30, no Pavilhão 4 (Verde), Rua Q, estande 17, da Litteris Editora, da XIV Bienal do Livro do Rio de Janeiro, no Riocentro (Rua Salvador Allende, 6.555, Barra da Tijuca, RJ).

DESTAQUES DO DIA 


08.06.2009

NA CONTRA-MÃO DA CIÊNCIA 
COFEN PROÍBE ENFERMEIROS DE 
APLICAR AUTO-HEMOTERAPIA

 

Através de uma decisão arbitrária, sem justificativa e desumana, o Conselho Federal de Enfermagem – COFEN editou uma resolução que proíbe a prática da auto-hemoterapia por profissionais de enfermagem no Brasil. A resolução 346/2009 acrescenta que a prática da auto-hemoterapia por parte dos profissionais de enfermagem caracteriza infração ética sujeita às sanções disciplinares do Código de Ética dos profissionais de enfermagem.  

A decisão surpreende porque vivemos um período em que o próprio Cofen acenava com a possibilidade de estimular pesquisas a fim de esclarecer os efeitos da auto-hemoterapia diante de dezenas de enfermidades das quais as pessoas afirmam ter melhorado com o seu uso. Da mesma forma que o próprio Supremo Tribunal Federal – STF veicula no seu site três artigos sobre o assunto, com forma de garantir o debate democrático a respeito da auto-hemoterapia.

Ao invés de usar as normas que regulamentam a profissão para promover estudos visando o aperfeiçoamento profissional, o Conselho age de forma medieval, ignorando seus próprios regulamentos. A resolução leva em consideração a Nota Técnica ANVISA nº 01 de 13/04/2007, cujo conteúdo foi completamente contestado desde a sua publicação.


LEIA TAMBÉM:

PELO FIM DE UMA AGRESSÃO À ARTE DE CURAR

STF PODE INCLUIR AHT EM AUDIÊNCIA SOBRE SAÚDE
A liberação do uso da auto-hemoterapia no Brasil deverá ser abordada em audiência pública sobre saúde, que o Supremo Tribunal Federal – STF realizará nos dias 26 e 27 de abril, em Brasília. A audiência pública foi convocada pelo Presidente do STF, Ministro Gilmar Mendes, para ouvir o depoimento de pessoas com experiência e autoridade em matéria de Sistema Único de Saúde, objetivando esclarecer as questões técnicas, científicas, administrativas, políticas, econômicas e jurídicas relativas às ações de prestação de saúde. CONTINUA
 
FOTO: LUIZ SILVEIRA/STF
 


CRIADO NOVO GRUPO DE DISCUSSÃO SOBRE USO DA AUTO-HEMOTERAPIA
Um novo e importante espaço acaba de ser aberto para abordagem de assuntos relacionados com a auto-hemoterapia. Trata-se de mais um grupo de discussão criado no Google pelo internauta Karl Leite e que pode ser acessado no endereço http://groups.google.com.br/group/AHTpia?hl=pt-BR . Segundo a página de abertura do grupo, denominado de “Auto-hemoterapia”  naquela comunidade os participantes são livres para discutir os benefícios da técnica em todas as suas fases, além de registrar relatos sobre os resultados da sua pratica no organismo.
Enfermeiros querem realizar 
pesquisa sobre auto-hemoterapia
 



2. Novidades

3. Abaixo-assinado

4. Pesquisa

•  Esta pesquisa é destinada somente para pessoas que fazem ou já fizeram aplicações de Auto-hemoterapia durante um período mínimo de um mês. 
5. Histórico

FANTÁSTICO, CONSELHOS E USUÁRIOS
. "FRAUDE" FORJADA (AUTO-HEMOTERAPIA NO FANTÁSTICO)
. O MÉDICO BAIXOU O NÍVEL (PRESIDENTE DO CFM DETRATA COLEGA)
. PARECER DO CREMERJ É CHEIO DE FALHAS (PARECER NÃO TEM ARGUMENTOS CONTRA AUTO-HEMOTERAPIA)
. AUTO-HEMOTERAPIA, UMA QUESTÃO DE PESQUISA (PARECER DO CFM É CHEIO DE DÚVIDAS)
. PESQUISA E ABAIXO-ASSINADO SOBRE AUTO-HEMOTERAPIA (SITES UTILIZAM ESTES MEIOS PARA CONSTATAÇÕES E DEFESA DA AUTO-HEMOTERAPIA)
. AUTO-HEMOTERAPIA: PROIBIÇÃO PODE SER PENA DE MORTE PARA MUITOS (ARTIGO MOSTRA CONSEQUÊNCIAS DA PROIBIÇÃO)

6. Médicos







7. DVD do Dr. Luiz Moura 
Auto-Hemoterapia 
Contribuição para a Saúde 
Conversa com Dr. Luiz Moura 
___________________________ 
Transcrito do vídeo-depoimento realizado por 
Ana Martinez e Luiz Fernando Sarmento 
8. Links
Artigo publicado no "The American Journal of Surgery" (May, 1936 - pág.321), intitulado "Autohemotransfusion in Preventing Postoperative Lung Complications" e assinado por Michael W. Mettenletter (cirurgião do Pós-Graduate Hospital, de Nova York). Texto em inglês; arquivo pdf.
Documento Mundial sobre a Auto-hemoterapia
Documento Mundial sobre la Auto-hemoterapia
World Document about the Auto-hemotherapy
http://autohemo.cloud.prohosting.com/documento_3_idiomas.htm
Autohemoterapia: uma imunização com o nosso próprio sangue
http://autohemo.cloud.prohosting.com/
http://autohemo.cloud.prohosting.com/aht_portugues.htm
http://www.rnsites.com.br/auto-hemoterapia.htm
http://www.campanhaauto-hemoterapia.blogspot.com/
http://autohemo.multiply.com/links
http://recantodasletras.uol.com.br/artigos/387723
http://www.medicinacomplementar.com.br/tema130206.asp
Fóruns de discussão sobre AHT:
http://www.orientacoesmedicas.com.br/ver_opiniao.htm
http://inforum.insite.com.br/39550/
Videos - youtube
Português: http://www.youtube.com/marcelofetha
Português: http://www.youtube.com/eaglestv
Português e também Legendas em Inglês:
http://www.youtube.com/AHTenglish
http://www.youtube.com/haroldoventura
http://www.youtube.com/autohemotherapy
http://videolog.uol.com.br/LuizFernandoSarmento
Legendas em Espanhol:
http://www.youtube.com/AHTespanol
http://www.youtube.com/smilersun
Legendas em Inglês e Espanhol: http://www.youtube.com/worldautohemotherapy

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES