http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

segunda-feira, 26 de abril de 2010

FALSIFICAÇÕES DE EQUIPAMENTOS PARA COMPUTADOR.

Se você frequenta os sites de Leilão como o famoso MERCADO LIVRE verificará que existem alguns anunciantes que oferecem PEN DRIVES de 32 gigabytes ou 64 gigabytes por preços muito baixos. Comparando com as lojas, esses pen drives estão BARATOS DE MAIS em relação ao mercado formal, e isso se explica. É que são PEN DRIVES FALSOS. Na verdade ao compra-los eles normalmente não conseguirão gravar os 32 gigabytes ou 64 gigabytes informados e corromperão seus dados. Sua capacidade normalmente está muito abaixo.

Ocorre que quem compra esses Pen Drives, normalmente não os testa e vai gravando as coisas sem enche-los totalmente, e não se dá conta do golpe.

Interessante é que o SITE DE LEILÕES denominado MERCADO LIVRE dá cobertura a essa prática desonesta, porque sabe que ela é feita e não faz nada para impedi-la, e se você se insurge contra ela eles acabam penalizando o usuário reclamante e deixando impune o vendedor desonesto. São um grupo de ESTELIONATÁRIOS que aplicam gopes pela Internet a muito tempo. E estou falando por experiência própria. Tenho inclusive provas de tudo o que estou dizendo e a finalidade dessa matéria é prevenir pessoas honestas.

Os cuidados para não adquirir um pen drive Kingston falso


Não seja enganado na hora de comprar um pen drive Kingston, fuja dos falsos. O Superdownloads traz várias dicas para não ter problemas com a falsificação.

Os pen drives são a evolução do disquete. Fáceis de carregar e com alta capacidade de armazenamento, esses aparelhos estão por toda parte. Seus preços vêm caindo há algum tempo, enquanto novos, com capacidade aumentada, são criados na mesma proporção. Junto com essa tecnologia em evolução, um problema que assola hardwares e outros produtos em geral também atingiu os pen drives: a falsificação.


Os pen drives da marca Kingston são os mais vendidos e, consequentemente, são os que mais sofrem com essa falsificação. Por isso, ao comprar um falso, você poderá ter uma série de problemas, como o pen drive não conter a quantidade de armazenamento indicada na embalagem ou então ter seus arquivos corrompidos. Também existe a falsificação em que a carcaça de um Kingston é colocada por cima de um pen drive genérico.

As evidências na hora da compra são perceptíveis apenas quando verificada com atenção a embalagem. Características podem ser observadas na embalagem e no próprio pen drive. Caso você possa comparar, veja que um pen drive falso é mais leve do que o original e não possui a luz verde que indica atividade. Além dessa atenção necessária, há uma série de dicas para seguir ao comprar um pen drive. Confira:
Exija a nota fiscal quando comprar um pen drive. Ela é a sua garantia, caso ocorra algum problema;
Nunca compre o produto em lugares duvidosos, como camelôs, por exemplo;
Apesar das embalagens falsas serem quase perfeitas, as originais são embaladas à vácuo. Fique atento;
O pen drive original exibe o nome "Kingston" quando é conectado à USB do computador;
O pen drive original da Kingston possui o número de série no conector metálico;
Desconfie de preços abaixo do normal, principalmente em pen drives de alta capacidade, como os de 128GB;
A Kingston também disponibiliza um serviço chamado Kingston Verificação de Memória , que permite ao usuário descobrir se o seu pen drive é falsificado ou não. Basta olhar no número de série exibido no conector e digitá-lo.

Fique atento aos detalhes

Embalagem de um Pen drive falso:
Veja que na embalagem falsificada, foi inserido um "8" manualmente na embalagem


O original à esquerda e o falso à direita.
No detalhe a inscrição feita à laser no pendrive original. O falso não possui.

MEMÓRIAS KINGSTON FALSAS

Memórias Kingston são a muito tempo ao lado da marca CORSAIR, símbolo de memória de excelenter qualidade, a partir do momento que a Kingston passou a dar garantia infinita em seus produtos, e muita gente passou a dar preferência a essas memórias, porém o preço de repente ficou muiuto barato.

Uma forma de saber se a memória é de boa qualidade, é consultar o site da Kingston e entrar com os dados da memória como o número de série. Imediatamente o site da Kingston irá informar se o produto é legítimo. Se você comprar com nota fiscal poderá então proceder à troca. Desconfie de memórias Kingston que não vem embaladas. Normalmente elas vem etiquetadas, e  embaladas em embalagens plásticas fechadas.

Veja fotos de memórias Kingston Falsas.


Na foto ao lado é póssível perceber que a memória não tem o chip Kingston. é um chip genérico. Entretanto é muito fácil raspar a informação no chip e fazer incrições aleatórias.


Na foto ao lado é possível perceber outro chip falso. Tem a etiqueta Kingston que a rigor não representa garantia de autenticidade.




Andaram aparecendo no mercado também alguns HDs SEAGATE que ao serem conferidos no SITE da SEAGATE, não apareciam como sendo originais. Isso se explica porque a SEAGATE é a única fabricante de HARD DISKS que oferece cinco anos de garantia nos seus HDs. Só que nem todos os HDs que existem no mercado são SEAGATE. Se você comprou um HD da marca SEAGATE, faça o teste. Vá até o site e veja se  o HD está inscrito e com a garantia coberta. Se tudo correr bem, você provávelmente comprou um HD autêntico. Caso contrário pode ter comprado um HD made in CHINA, falsificado.

A garantia funciona da seguinte forma. Você entra no site, busca as informações. Lá eles te informarão pelo número de série do equipamento, se está coberto pela grantia e quando essa irá expirar. Se estiver coberto, basta preencher um formulário e enviar o equipamento pelo correio, embalado de forma a não sofrer danos na viagem. O HD é recolhido e a SEGATE te envia outro recondicionado pelo correio. Eu já usei a garantia e funcionou.


Comentem.

2 comentários:

  1. Kingston NÃO fabrica chip´s próprios, mas sim testa chip´s de fabricantes renomeados, classifica-os, e os "embala" de acordo com o desempenho garantido, em PCB de DDR2/DDR3 Ram, em Pen-Drives USB e em PCB/cases para os SSD´s.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas a marca KINGSTON "ERA" reconhecida. Hoje já não tanto. O que vale hoje é a idoneidade do vendedor. Te garanto que a maioria das memórias KINGSTON vendidas no mercado não são legítimas. Eu mesmo as tenho aqui. Em uma época em que se consegue fabricar réplicas idênticas do Celular GALAXY S3 da Samasung e vende-los por pouco mais de R$100,00 enquanto o original custa em alguns casos próximo a R$2000,00, não se iria falsificar memorias Kingston? Evidente que sim!

      Excluir

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES