http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

terça-feira, 23 de março de 2010

QUANDO DEUS DIZ NÃO.

Tenho um amigo que ficou chateado comigo, porque ele não acreditava em Deus e eu tentava convence-lo de que Deus existe. Ele entendeu que eu estava tentando lhe obrigar a acreditar que Deus existe e ficou triste comigo.

Esse amigo meu deixou de acreditar em Deus porque fatos traumaticos aconteceram em sua vida. Fatos esses que na sua concepção não ocorreriam se Deus existisse.

Para os que não "ENTENDEM" porque Deus permite que aconteçam determinados fatos que não podemos entender, costumo fazer analogias entre a relação entre PAI e FILHO que foi a figura empregada por JESUS para se referir a DEUS. Ele falava no "PAI".

Seria muito complicado para o "FILHO" de apenas tres anos de idade, entender porque o "PAI", esse ser que lhe ama tanto, e no qual sente tanta proteção e amparo, lhe obriga a ir ao médico tomar uma injeção, porque uma injeção que tem uma agulha que deve ser introduzida em um bracinho pequeno e tenrro é uma agressão sem medida para essa criancinha. Se ele se revoltar contra o pai que é capaz de segura-la para que receba o vil artefato de penetração em suas carnes, o fará porque não tem a capacidade de entender as razões do pai.

Por sua vez esse pai lhe parecerá "CHATO" porque a obriga a uma série de coisas que não quer fazer. A obriga a acordar cedo para ir para a escola, a obriga a fazer os deveres de casa do colégio, a obriga a tomar banho, e a obriga a comer quando não quer e comer coisas que não gosta. Por certo ela, a criancinha gostaria de comer só chocolates e balas e não comer a comida, ficar sem tomar banho, acordar tarde, bricar o dia todo e não ir para a escola.

O pai se desgasta em obrigar essa criancinha a fazer a sua vontade, mas não porque a odeia, mas sim porque a ama. Sim porque quer o melhor para ela. Por isso se essa criancinha lhe pedir um carro para dirigir, ele lhe negará, porque sabe que isso não será o melhor para ela.

Apesar de tudo, se essa criancinha tem o espírito dócil, entenderá que o PAI deve ter suas razões. Ela sente que ele a ama, e se a obriga a certas coisas e se não a dá o que quer é porque ele tem suas razões. Por isso ela confia nele e segue sem reclamar suas orientações.

Assim somos cada um de nós. Somos CRIANÇAS ESPIRITUAIS EM FASE DE CRESCIMENTO ESPIRITUAL. Não temos a capacidade de entender as razões do PAI, porque ele vê aquilo que não conseguimos ver. Ele nos conhece e sabe profundamente o que cada um de nós precisamos, porque a verdadeira vida não é essa vida. Essa vida é uma breve passagem que o tempo consome como o fogo em um milharal. A verdaeira vida é a VIDA ETERNA. A que todos nós aspiramos. Essa vida é apenas uma breve ilusão, como um sonho.

Existem pessoas que para conseguirem o que querem, fazem pactos demoniacos ou cometem crimes. Estão se distanciando de DEUS. Para essas pessoas valem as palavras do anjo Enviado por Jesus a João.

APOCALIPSE 3

17 Porquanto dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um coitado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;

Essas palavras se explicam porque tendo conseguido tudo que queria por meio de crimes, maledissencias, obrando o mal, ou fazendo pactos demoniacos, a criatura se distanciou de DEUS o PAI. Tal como a criança que foge de casa, tem tudo o que quer, mas não sente paz, e o pior irá aguarda-la mais a frente.

São inspiradoras por outro lado essas palavras de Jesus.


LUCAS 12


16 Propôs-lhes então uma parábola, dizendo: O campo de um homem rico produzira com abundância;
17 e ele arrazoava consigo, dizendo: Que farei? Pois não tenho onde recolher os meus frutos.
18 Disse então: Farei isto: derribarei os meus celeiros e edificarei outros maiores, e ali recolherei todos os meus cereais e os meus bens;
19 e direi à minha alma: Alma, tens em depósito muitos bens para muitos anos; descansa, come, bebe, regala-te.
20 Mas Deus lhe disse: Insensato, esta noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será?
21 Assim é aquele que para si ajunta tesouros, e não é rico para com Deus.
22 E disse aos seus discípulos: Por isso vos digo: Não estejais ansiosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, nem quanto ao corpo, pelo que haveis de vestir.
23 Pois a vida é mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário.
24 Considerai os corvos, que não semeiam nem ceifam; não têm despensa nem celeiro; contudo, Deus os alimenta. Quanto mais não valeis vós do que as aves!
25 Ora, qual de vós, por mais ansioso que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura?
26 Porquanto, se não podeis fazer nem as coisas mínimas, por que estais ansiosos pelas outras?
27 Considerai os lírios, como crescem; não trabalham, nem fiam; contudo vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles.
28 Se, pois, Deus assim veste a erva que hoje está no campo e amanhã é lançada no forno, quanto mais vós, homens de pouca fé?
29 Não procureis, pois, o que haveis de comer, ou o que haveis de beber, e não andeis preocupados.
30 Porque a todas estas coisas os povos do mundo procuram; mas vosso Pai sabe que precisais delas.
31 Buscai antes o seu reino, e estas coisas vos serão acrescentadas.

Nas horas difíceis, quando lembramos de rogar a Deus por seu socorro, nem sempre sabemos interpretar a sua resposta.

No entanto, a resposta sempre chega de conformidade com as nossas necessidades e merecimentos.
Um homem que costumava fazer pedidos específicos a Deus, um dia conseguiu entender a sua resposta e escreveu o seguinte:
Eu pedi a Deus para tirar a minha dor. Deus disse não. Não cabe a mim tirá-la, mas cabe a você desistir dela.
Eu pedi a Deus para fazer com que meu filho deficiente físico fosse perfeito. Deus disse não. Sua alma é perfeita e seu corpo é apenas provisório.
Eu pedi a Deus para me dar paciência. Deus disse não. A paciência nasce nas tribulações; não é doada, é conquistada.
Eu pedi a Deus para me dar felicidade. Deus disse não. Eu lhe dou bênçãos. A felicidade depende de você.
Eu pedi a Deus para me proteger da dor. Deus disse não. O sofrimento lhe separa dos apelos do mundo e lhe traz mais perto de mim.
Eu pedi a Deus para me fazer crescer em espírito. Deus disse não. Você tem que crescer sozinho, mas eu lhe podarei para que você possa dar frutos.
Eu pedi a Deus todas as coisas para que eu pudesse gostar da vida. Deus disse não. Eu lhe dou vida para que você possa gostar de todas as coisas.
E, por fim, quando pedi a Deus para me ajudar a amar os outros, tanto quanto ele me ama. Deus disse:

- Finalmente você captou a idéia!

Se, por ventura, você está se sentindo triste por não ter recebido a resposta que desejava receber do Pai Criador, volte a sorrir.

O sol beija o botão de flor e ela sorri.
A chuva beija a terra e ela, reverdecida, sorri.
O fogo funde os metais e estes, depurando-se, expressam formas para sorrir.
Vai a dor, volta a esperança.
Foge a tristeza, volta a alegria.

Certa vez um discípulo rogou, emocionado, a seu mestre:
Senhor, quando identificarei a plenitude da paz e da felicidade, vivendo neste mundo atribulado de enfermidades e violências?
O mestre, compassivo, respondeu:
Quando puderes ver com a suavidade do meu olhar as mais graves ocorrências, sem julgamento precipitado; quando lograres ouvir com a paciência da minha compreensão generosa; quando puderes falar auxiliando, sem acusação nem desculpismo; quando agires com misericórdia, mesmo sob as mais árduas penas e prosseguires sem cansaço no caminho do bem entre espinhos pontiagudos, confiando nos objetivos superiores, te identificarás comigo e gozarás de felicidade e paz.

O aprendiz ouviu, meditou, e, levantando-se, partiu pela estrada do serviço ao próximo, disposto a conjugar o verbo amar, sem cansaço, sem ansiedade e sem receio.
Se, por ventura, você está triste por não ter recebido a resposta que desejava do Pai Criador, volte, portanto, a amar e a sorrir.
Só assim vai a dor e volta a esperança.
Foge a tristeza e volta a alegria.


Deus é PAI e nos ama profundamente, e por amar nos dá aquilo de que precisamos. Se dá o frio, também dá o cobertor para que possamos crescer e nos superar. Se ficassemos eternamente na zona de conforto, quando viesse a dificuldade, não terímaos capacidade ou estrutura para supera-la.

Comente, dê seu parecer e bons estudos

quarta-feira, 17 de março de 2010

A VIDA DEPOIS DA MORTE.

Chega às telas do cinema um filme instigante que procura mostrar o outro lado da vida. Conta a história de uma adolescente assassinada em tenra idade e seus dilemas e conflitos entre o apego à sua vida e a ida para o paraiso.

O conceito de paraíso por sinal é antigo e já esteve nas plavras de Jesus quando disse ao ladrão que cruscificado ao seu lado indignava-se com a morte daquele justo que ali estava por absoluto amor à humanidade. Jesus lhe dizia que ainda naquele mesmo dia estaria com ele no paraíso.

Lucas 23:43
Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.

Isso nos deixa claro que existe um paraíso realmente para onde se é possível ir, e para onde irão aqueles que cumprirem com o plano de Deus para cada um, já que Deus tem um plano para cada um dos que aqui estão, nessa grande nave chamada Terra.

Cumpre portanto fazer um estudo sobre essa intriogante realidade que espreita a todos nós. Para onde iremos depois da morte do corpo?

O conceito de morte para Jesus tinha outro significado como de resto para quase tudo a que ele se referia pois sempre enfocava a realidade espiritual e não a realidade material.

Mateus 8:
22 Jesus, porém, respondeu-lhe: Segue-me, e deixa os mortos sepultar os seus próprios mortos.

Portanto se Jesus se referia a pessoas ainda físicamente vivas como mortas, isso significava que existem pessoas que estão mortas embora vivas e o conceito de morte nesse caso refere-se a pessoas que estão distanciadas da luz e portanto do paraíso. Pessoas que estão em trevas. Em verdade é como se já estivessem mortas.

Aliado a esse conceito Jesus deixa claro que há pessoas que embora mortas fisicamente estão na verdade vivas. São as pessoas que estão em luz, ou seja já vivem o paraíso, e as coisas da terra pouca importância tem para elas porque sentem a influência da luz. Foi o que Jesus disse a Marta irmã de Lazaro.

João 11

5 Ora, Jesus amava a Marta, e a sua irmã, e a Lázaro.

6 Quando, pois, ouviu que estava enfermo, ficou ainda dois dias no lugar onde se achava.
7 Depois disto, disse a seus discípulos: Vamos outra vez para Judéia.
8 Disseram-lhe eles: Rabi, ainda agora os judeus procuravam apedrejar-te, e voltas para lá?
9 Respondeu Jesus: Não são doze as horas do dia? Se alguém andar de dia, não tropeça, porque vê a luz deste mundo;
10 mas se andar de noite, tropeça, porque nele não há luz.
11 E, tendo assim falado, acrescentou: Lázaro, o nosso amigo, dorme, mas vou despertá-lo do sono.
12 Disseram-lhe, pois, os discípulos: Senhor, se dorme, ficará bom.
13 Mas Jesus falara da sua morte; eles, porém, entenderam que falava do repouso do sono.
14 Então Jesus lhes disse claramente: Lázaro morreu;
15 e, por vossa causa, folgo de que eu lá não estivesse, para que creiais; mas vamos ter com ele.
16 Disse, pois, Tomé, chamado Dídimo, aos seus condiscípulos: Vamos nós também, para morrermos com ele.
17 Chegando pois Jesus, encontrou-o já com quatro dias de sepultura.
18 Ora, Betânia distava de Jerusalém cerca de quinze estádios.
19 E muitos dos judeus tinham vindo visitar Marta e Maria, para as consolar acerca de seu irmão.
20 Marta, pois, ao saber que Jesus chegava, saiu-lhe ao encontro; Maria, porém, ficou sentada em casa.
21 Disse, pois, Marta a Jesus: Senhor, se meu irmão não teria morrido.
22 E mesmo agora sei que tudo quanto pedires a Deus, Deus to concederá.
23 Respondeu-lhe Jesus: Teu irmão há de ressurgir.
24 Disse-lhe Marta: Sei que ele há de ressurgir na ressurreição, no último dia.
25 Declarou-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crê em mim, ainda que morra, viverá;
26 e todo aquele que vive, e crê em mim, jamais morrerá. Crês isto?

Essa passagem de João deixa claro várias verdades. Primeiramente que Lázaro de fato havia morrido pois Jesus declara pereptóriamente que Lázaro Morreu, para que ficasse bem entendido no versículo 14. Digo isso porque há Cristãos que acreditam que Lázaro não havia de fato morrido, mas que tinha tido um estado de Catalepsia e por isso Jesus diria que ele dormia, mas depois para ficar plenamente claro Jesus declara que Lázaro de fato tinha morrido físicamente no versículo 14 de João 11.

Posteriormente Jesus declara que Jesus é a ressurreição e a Vida e que aquele que cresse nele, ainda que morra, viverá, e depois no versículo 26 para que fique bem claro, declara que todo aquele que vive e crê nele JAMAIS MORRERÁ. Pergunta. Crês isto?

Portanto há uma afirmação muito importante para a nossa compreensão. Que todo aquele que vive e crê em Jesus, Jamais morrerá, e em outras traduções diz: Jamais conhecerá a morte.

Com isso fica claro que existe uma vida após a morte, e que os que estão destinados a ir para o paraíso, de fato não conhecerão a morte, pois a morte para eles não existe.

Isso fica claro nas palavras de Jesus em Mateus 22.

Mateus 22
32 Eu sou o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó? Ora, ele não é Deus de mortos, mas de vivos.

Portanto nessas palavras de Jesus fica claro que o mundo espiritual é o verdadeiro mundo para onde todos os escolhidos irão, e onde viveremos a verdadeira vida espiritual, a vida eterna, a mesma vida que vivem Abraão, Isaque e Jacó.

Mas se há um paraíso também há outras regiões do mundo espiritual que não são nada agradaveis. Isso fica claro na parábola de Jesus que fala de Lásaro.

LUCAS 16

19 Ora, havia um homem rico que se vestia de púrpura e de linho finíssimo, e todos os dias se regalava esplendidamente.
20 Ao seu portão fora deitado um mendigo, chamado Lázaro, todo coberto de úlceras;
21 o qual desejava alimentar-se com as migalhas que caíam da mesa do rico; e os próprios cães vinham lamber-lhe as úlceras.
22 Veio a morrer o mendigo, e foi levado pelos anjos para o seio de Abraão; morreu também o rico, e foi sepultado.
23 No hades, ergueu os olhos, estando em tormentos, e viu ao longe a Abraão, e a Lázaro no seu seio.
24 E, clamando, disse: Pai Abraão, tem misericórdia de mim, e envia-me Lázaro, para que molhe na água a ponta do dedo e me refresque a língua, porque estou atormentado nesta chama.
25 Disse, porém, Abraão: Filho, lembra-te de que em tua vida recebeste os teus bens, e Lázaro de igual modo os males; agora, porém, ele aqui é consolado, e tu atormentado.
26 E além disso, entre nós e vós está posto um grande abismo, de sorte que os que quisessem passar daqui para vós não poderiam, nem os de lá passar para nós.
27 Disse ele então: Rogo-te, pois, ó pai, que o mandes à casa de meu pai,
28 porque tenho cinco irmãos; para que lhes dê testemunho, a fim de que não venham eles também para este lugar de tormento.
29 Disse-lhe Abraão: Têm Moisés e os profetas; ouçam-nos.
30 Respondeu ele: Não! pai Abraão; mas, se alguém dentre os mortos for ter com eles, hão de se arrepender.
31 Abraão, porém, lhe disse: Se não ouvem a Moisés e aos profetas, tampouco acreditarão, ainda que ressuscite alguém dentre os mortos.

Veja que nessa passagem de Lucas fica claro que o rico despertou no HADES (Um termo que tem origem na crença dos Gregos.)


A palavra Hades surge dez vezes nos mais antigos manuscritos das Escrituras Gregas Cristãs ou Novo Testamento.


  • Esta é a lista das dez ocorrências em dois dos Evangelhos, no Livro dos Atos e no Livro da Revelação ou Apocalipse: Mateus 11:23; 16:18;Lucas 10:15; 16:23;Atos 2:27, 31;Revelação ou Apocalipse 1:18; 6:8; 20:13, 14.
  • Como algumas traduções bíblicas vertem as palavras Hades e Seol






    A versão Almeida, edição revista e corrigida, traduz haídes por "inferno" nos primeiros três e nos últimos quatro destes versículos. Nos outros três traduz por "Hades". No caso de she’óhl, esta tradução bíblica é mais abrangente vertendo em diversos locais por "inferno" e em outros por "sepultura", "sepulcro", ou "cova".



    A versão Bíblia de Jerusalém, nova edição revista e ampliada, de 2002, traduz a palavra uma vez por "mansão dos mortos", duas vezes por "inferno", e as restantes sete por "Hades". Usualmente a palavra hebraica she’óhl é transliterada como Xeol.



    A versão de Matos Soares, 36ª edição, traduziu haídes tanto por "inferno" como por "habitação dos mortos". Por sua vez, she’óhl é vertido por "inferno", "terra", "morte", "habitação dos mortos", "sepulcro", "sepultura" e transliterou uma vez por "Cheol".



    A versão A Bíblia na Linguagem de Hoje traduz haídes por "inferno", "morte", "lugar onde estão os mortos" e "mundo dos mortos".



    A tradução do Centro Bíblico Católico verte haídes por "inferno", "região dos mortos" e "morada subterrânea".



    A versão Bíblia Sagrada Missionários da Difusora Bíblica Fransciscanos Capuchinhos, edição de 2002, traduz haídes por "abismo", "inferno", "morada dos mortos", e "habitação dos mortos". Ao traduzir a palavra she’óhl, esta tradução optou por usar expressões tais como "sepultura", "mundo dos mortos", "abismo", "morada dos mortos", "região dos mortos", "habitação dos mortos" ou "túmulo".



    A Tradução do Novo Mundo das Escrituras Sagradas, da Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados efectua uma transliteração uniforme das dez ocorrências da palavra grega haídes por "Hades". Da mesma forma as 65 ocorrências de she’óhl, no texto hebraico, são uniformemente transliteradas por "Seol".



    A versão Bíblia Pastoral da Editora São Paulo, edição de 1993, verte haídes por "inferno", "morte", e "região dos mortos", "morada dos mortos", "mundo dos mortos". Quanto a she’óhl usam-se expressões como "túmulo", "mansão dos mortos", "cova" ou "mundo dos mortos".



    A tradução Padre António Pereira de Figueiredo, edição de 1900, verte a palavra haídes uniformemente por "inferno" nas dez ocorrências. Por sua vez a palavra hebraica she’óhl é traduzida por "inferno", "infernos", "sepultura" ou "sepulchro". 

  • Hades e Seol



    O termo haídes é o equivalente grego da palavra hebraica she'óhl, usualmente trasnsliterada para o português por Seol. Que ambas possuem o mesmo significado pode ser constatado ao se comparar a primeira tradução efectuada do texto das Escrituras Hebraicas para o grego na Septuaginta, ou versão dos LXX, produzida no Século III AEC. Esta tradução emprega a palavra haídes 60 vezes para traduzir a palavra hebraica she’óhl. Em Atos 2:27 surge outra evidência disto visto que o escritor usa a palavra grega haídes ao traduzir a citação que o apóstolo Pedro fez do Salmo 16:10, onde surge a palavra hebraica she’óhl. De modo inverso, várias modernas traduções hebraicas das Escrituras Gregas Cristãs usam a palavra "Seol" para traduzir Hades em Revelação ou Apocalipse 20:13, 14, e a tradução siríaca usa a palavra aparentada "Shiul".



    Existe ainda uma outra palavra grega que surge doze vezes no texto bíblico e que é às vezes confundida com Hades. Trata-se da palavra grega géenna (uma forma grega do termo hebraico Geh Hinnóm ou "Vale de Hinom") e usualmente transliterada em português para Geena. Sobre esta palavra veja o artigo respectivo.
Dessa forma fica claro que sendo HADES ou não, Jesus refere-se a um lugar de tormentos onde o rico ficava em tormentos por ter empregado mal os seus haveres, enquanto que Lásaro por ter vivido em tormentos tinha a sua compensação. Esse é um dos primeiros relatos que se tem notícia do mundo espiritual na palavra do maior de todos os mestres, e encerra vários ensianmentos, os quais procurarei listar abaixo.

1 - Há vida após a morte.
2 - Essa vida pode ser de tormentos ou a verdadeira vida no paraíso.
3 - Na vida de tormentos podemos continuar sentindo sensações como na vida física. Veja que na parábola de Jesus, o rico pede que Lásaro molhe a ponta do dedo e a ponha em sua língua, o que revela que este sentia calor e sede. São sensações que se pode sentir físicamente e espiritualmente inclusive.
4 - Há comunicação entre os dois planos pois o rico conversava com Lásaro, mas não poderia transplantar-se do local de tormentos para o local de consolações tendo em vista que um abismo, ou seja uma barreira intransponível separava os dois planos.
5 - Que os homens em sua maioria não creem nas revelações do mundo espiritual, e quando surgem os profetas ou as pessoas destinadas a lhes alertar, eles mesmo assim não acreditam, e a crença em Jesus é fator primordial para que se possa aspirar a entrar nesse plano de consolação.
6 - As pessoas podem começar a viver um preâmbulo do Paraíso aqui mesmo no mundo material, pois isso foi o que levou os primeiros cristãos a sorrirem para desespero de NERO que não entendia como podiam sorrir em face de uma morte tão trágica como ser devorados pelos Leões.
Eles sabiam que como disse Jesus, deviam sorrir e exultar quando em seu nome fossem ultrajados ou mortos, porque um grande galardão os esperava além daquela vida, e eles com certeza podiam antever isso antes da morte.

Bons estudos e façam comentários.

domingo, 14 de março de 2010

GRIPE A NOVA ORDEM MUNDIAL

O que está acontecendo agora nós já estavamos prevendo na matéria do ano passado. veja em:
http://filosofiaetecnologia.blogspot.com/2009/08/o-apocalipse-chegou.html


Veja o link: http://www.tempofinal.com/prepare-se_alertafinal.htm


Estes fatos que aqui estamos postando circulam por toda a Internet. Chegaram até nós como chegaram a um grande número de pessoas, e nos achamos no dever de repassar. A decisão final é de cada um. Não pretenderemos convencer ninguém, mas apenas dar a chance a cada um de pesquisar e formar sua própria opinião. Alguns sites para pesquisa estamos postando abaixo e depois os informes alarmantes.

http://sol.sapo.pt/blogs/lucinda/archive/2009/12/07/GRIPE-A_210021002100_-.aspx
http://trevorbeto.multiply.com/?&preview=&item_id=265&page_start=0
http://sinaisdofim.wordpress.com/campos-de-concentracao-eua/
http://margareth-portaldaluz.blogspot.com/2009/12/mais-essa-agorao-negocio-mesmo-e-nos.html
http://superhumorbrasil.blogspot.com/2010/03/humornanet-fw-vacina-da-gripe-suina.html
http://forum.aquapc.com/showthread.php?t=87665





R E P A S S A N D O
QUE LOUCURA AGENTE FICA SEM SABER O QUE FAZER!
SERA QUE É VERDADE?


GRIPE H1N1
NOVA ORDEM MUNDIAL!


Urgente! Isto é GRAVÍSSIMO!


Avisem quantas pessoas puderem... NÃO TOMEM A VACINA CONTRA A GRIPE SUINA!



Trecho do livro: "...Manter a maioria da população em um estado contínuo de ansiedade interior funciona, porque a gente está muito ocupada, assegurando nossa própria sobrevivência, ou lutando por ela, assim como, para colaborar na constituição de uma resposta eficaz. A técnica do "Clube", repetidamente utilizada, consiste em submeter a população e levar a sociedade a uma forte situação de insegurança, angústia e terror, de maneira que a gente chegue a sentir-se tão transbordada, que peça aos gritos, uma solução, seja qual for. Explicarei detalhadamente neste livro como aplicaram esta técnica com as faixas nas ruas, as crises financeiras, as drogas e o atual sistema educacional..."







O MAIOR ANIQUILAMENTO EM MASSA NO PLANETA JÁ ESTÁ EM ANDAMENTO...
 Isto não é alarme sensacionalista, é coisa seríssima!


O domínio das mentes para implantação da Nova Ordem já começou em escala global!


Tentem responder a este pequeno questionário:


1- Por que a secretaria da saúde, Kathleen Sebelius, assinou um decreto dando total imunidade jurídica aos fabricantes de vacinas contra a gripe H1N1, em caso de perseguição jurídica (por parte das vitimas dessas vacinas, seja por Efeitos secundários indesejáveis, seja por falecimentos)? Isto não parece mais uma licença para matar?


Fonte: http://www.globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=14487


2- Por que, Madame Bachelot (ministra da saúde em França) pediu no inicio de Fevereiro de 2009, a um grupo de advogados constitucionais, um memorando sobre a seguinte questão: a instituição de um plano de vacinação para toda a população seria ilegal e inconstitucional? Ao que os especialistas reponderam, garantindo que uma situação excepcional e um estado de emergência sanitária justificava amplamente a remoção de todas as liberdades pessoais!


Fonte:   http://www.ccne-ethique.fr/docs/Avis%20106_anglais.pdf


 3- Por que que a OMS modificou, no dia 27 de Abril de 2009, a sua definição de pandemia?Antes, para declarar uma pandemia, os requisitos eram muito mais exigentes! Agora, basta que a doença seja identificada em dois países de uma mesma zona OMS!


Fonte:   http://www.who.int/csr/disease/influenza/pipguidance09FR.pdf (ver pag. 13 do pdf e as explicações nas paginas seguintes)


4- Como é possível que a patente da vacina contra a gripe suína (H1N1) tenha sido apresentada em 2008 (muito antes da aparição do vírus desaparecido desde da famosa epidemia da gripe espanhola, em 1918)?


Fonte: http://appft.uspto.gov/netacgi/nph-Parser?Sect1=PTO2&Sect2=HITOFF&p=1&u=/netahtml/PTO/search-bool.html&r=3&f=G&l=50&co1=AND&d=PG01&s1=Kistner.IN.&OS=IN/Kistner&RS=IN/Kistner#top


5- Por que obra do destino o presidente francês Sarkozy teve a intuição de ir assinar um contracto de investimento de um montante de 100 milhões de euros, no dia 9 de Março de 2009, para a construção de uma fabrica de produção de vacinas contra a gripe? E imagine onde! No México, precisamente onde nasceu a gripe suína!
Fonte:   http://www.sanofi-aventis.com/presse/communiques/2009/ppc_24324.asp


6- Por que, que nenhuma mídia e nenhum especialista nos diz que a gripe normal mata a cada ano entre 250.000 e 500.000 pessoas, ou seja, mais de 1.000 mortes por dia (são os números oficiais da OMS)?


Fonte:  http://www.who.int/mediacentre/factsheets/fs211/en/index.html (veja no texto por baixo de seasonal epidemics)


7- Por que, que toda a imprensa mundial diz repetidamente que o vírus da gripe A irá provocar uma batolada de mortes, quando os factos demonstram que não passa de uma gripezinha (muito menos grave que a gripe normal) que fez apenas 2.000 mortes em mais de 5 meses? A gripe normal faria, no mesmo espaço de tempo, 200.000 mortes !


Fonte:  http://www.who.int/csr/don/2009_09_18/en/index.html (na tabela podemos ver 3.486 mortes até 13 de Setembro. Um numero ridículo comparado com a gripe sazonal (devo relembrar que o hemisfério sul está a sair do inverno! Deveríamos ter tido milhões de mortes na Argentina, no Chile, no Brasil e na Austrália, segundo as previsões da OMS! Onde é que eles estão?)


8- Por que, apesar destes números de mortalidade insignificantes (2.000 em vez de 200.000), a maior parte dos países fizeram encomendas monstruosas para centenas de milhões de doses de vacinas desde o mês de Junho de 2009?


Fonte: Não é preciso, isso deu todos os dias nos telejornais. Apenas para relembrar, Portugal: 6 milhões de doses, França 94 milhões de doses, Canadá 50,4 milhões de doses, E.U.A 195 milhões de doses, Brasil: 40 milhões de doses e etc....


9- Portanto, para quê tomar medidas excepcionais este ano, visto que a gripe é menos virulenta que os outros anos? Quais são os fatos que justificam tais decisões quando não existe nada de especial? Porquê as leis de emergência (lei marcial) já foram aprovadas na maioria dos países (sem revelar o conteúdo)?
Fonte:  http://fimdostempos.net/gripe-militarizacao-lei-marcial.html


10- Porquê o exercito americano foi implantado em todo o território dos E.U.A ?


Fonte: http://www.progressive.org/wx081209b.html (Este artigo menciona que o Pentágono quer aumentar o número dos seus efectivos para cerca de 400.000 no terreno. Mas a maioria dos militares já estão implantados).




11- Para quê mais de 800 campos de concentração foram instalados nos Estados Unidos, estes últimos anos (por enquanto, estão vazios)? Porquê que eles são geridos pela a FEMA (Federal Emergency Management Agency), que actua nas grandes catástrofes do território (como no furacão katrina) ?


Fontes:  http://www.globalresearch.ca/index.php?context=va&aid=12793


http://www.govtrack.us/congress/billtext.xpd?bill=h111-645


http://www.youtube.com/watch?v=1qQ4iFI5Np8&feature=player_embedded (este ultimo vídeo já foi removido (censura), só podia! Mas dizia o seguinte: Neste vídeo You Tube, uma mulher que pretende ser um soldado, explica como ela participou num exercício de repetição na Califórnia, praticando a colocação de barreiras e postos de controle, de modo que as autoridades possam verificar quem recebeu a vacina contra a gripe suína. Aqueles que tenham sido vacinados serão equipados com uma bracelete munida de um chip RFID, a fim de ser localizados e monitorados. Para aqueles que não tomaram a vacina, será lhes oferecida no local, caso continuem a recusar, eles serão transportados para um campo de internamento, de acordo com este testemunho.
Fonte: http://www.alterinfo.net/La-police-et-les-militaires-s-entrainent-a-arreter-les-refractaires-au-vaccin_a36855.html


12- Porquê que nos escondem que em 1918, foram as pessoas vacinadas que morreram de gripe espanhola, e não as não vacinadas? Isso quer dizer que elas foram mortas pela a vacina e não pela a gripe?
Fonte: http://www.whale.to/vaccine/sf1.html


13- Porquê que nos escondem que todas as epidemias do século 20 foram provocadas por campanhas de vacinação ?


Fonte: http://www.vaccinationdebate.com/web2.html (uma de muitas fontes)


14- Porquê que autorizam a adição de esqualeno na futura vacina contra a gripe H1N1, quando esse adjuvante foi explicitamente reconhecido como responsável pelo o síndrome da Guerra do Golfo que, adoeceu 180.000 GI?s (25% dos soldados) após a injeção da vacina contra o anthrax? Saiba que o esqualeno foi proibido por um juiz federal em 2004!


Fonte: http://www.rense.com/general87/mill.htm
15- Porquê 50% dos médicos ingleses recusam-se a tomar a vacina contra o H1N1, será que eles não confiam no procedimento de preparação?
Fontes: http://www.healthcarerepublic.com/news/935745/Exclusive-GPs-may-reject-swine-flu-vaccine/


http://www.pulsetoday.co.uk/story.asp?sectioncode=35&storycode=4123491&c=2


16- Porque nos apresentam o Tamiflu como um antiviral eficaz, quando todas as campanhas de utilização deste produto foram catastroficamente ineficazes? Mais, este medicamento provoca desordens psicológicas e neurais, provocando em alguns casos suicídios dos consumidores!
Fontes: http://www.bmj.com/cgi/content/abstract/339/aug10_1/b3172


http://www.independent.co.uk/life-style/health-and-families/health-news/tamiflu-researchers-warn-of-child-nightmares-1765431.html
17- Porquê que as autoridades sanitárias, que supostamente querem o nosso bem estar e proteção, autorizam que um novo tipo de vacina (segundo suas palavras) seja testado diretamente em centenas de milhões de cobaias (ou seja, nós), sem que os protocolos normais de comercialização sejam respeitados, e sem nenhuma garantia de segurança da dita vacina ?
Fonte: http://www.santelog.com/modules/connaissances/actualite-sante-essais-cliniques-du-vaccin-anti-ah1n1-12.000-enfants-am%C3%A9ricains-concern%C3%A9s-_1683.htm


Para quê estas manobras todas? Quem está por trás disto?


A instauração de uma nova ordem mundial, com um único governo (ditador, claro!), será que já ouviu falar disso? Não? Então está com umas décadas de atraso na sua informação. Sinto muito pelo choque, para alguns. Mas isto está a acontecer agora. Tudo está pronto. Só faltava um pretexto para aplicar as leis marciais e a carta será jogada! E esse pretexto é uma pandemia mediática que precipitará o publico para as vacinas que ele verá como salvador, mas na verdade será essa arma biológica que acabará com ele (o público).


Repito. Esta vacina não tem nada a ver com as vacinas que conhecemos até hoje. É uma arma fabricada com a cumplicidade dos laboratórios. Não há nada a temer do vírus H1N1 (bastante contagioso, mas pouco virulento). A Austrália que está no fim do inverno já fez o balanço. Poucas mortes (88 mortes para uma população de 20 milhões de habitantes), porque eles não tinham vacinas. Será para o próximo inverno (Junho a Setembro 2010) que haverá muitas, quando a vacina estará disponível para eles também.


Perca um bocado de tempo a examinar as fontes. E, quando a campanha de vacinação estiver em obra, pergunte-se uma coisa: A pessoa que acabou de morrer será que tomou a vacina? Será que tomou algum antiviral (tipo Tamiflu)? Se a resposta for sempre sim, então você saberá, com certeza, qual foi a causa da morte.


__________________________________________________



Mais uma vez digo a quem ler isto que pondere e tome a decisão por si sobre o que fazer . Não recomendo nem sugiro nada apenas liberto teorias e versões, sendo irrelevante se acredito nelas ou não. É que as teorias que recomendam a vacina são por todos conhecidas porque estão em todo o lado nos media. A isto chama-se liberdade de expressão.


Apetece citar imediatamente a letra da musica Uprising do ultimo album dos Muse chamado The Resistance que podem ver e ouvir aqui.


http://www.dailymotion.com/video/xaj387_muse-uprising-clip_music


They will not force us,
They will stop degrading us,
They will not control us,
We will be victorious

Confira o calendário:

De 8 a 19 de março: profissionais de saúde (médicos, enfermeiros, motoristas de ambulância, etc) e a população indígena;



De 22 de março a 2 de abril: indivíduos com problemas crônicos (menos idosos) e mulheres grávidas (independentemente do período de gestação);



De 5 a 23 de abril: pessoas com idades entre 20 e 29 anos;



De 24 de abril a 7 de maio: crianças entre 6 meses e 2 anos de idade (meia dose da vacina) ou idosos com doenças crônicas. Idosos sem doenças crônicas receberão a dose da influenza sazonal.

NÃO TOME A VACINA!

vacinação em massa está programada para o início do Outono aí pra voces.. Aconteça o que acontecer NÃO tome! Ela será tripla. E segundo as pessoas que estão trabalhando arduamente para impedir este genocídio em massa do planeta, ela tem mercúrio e óleo de esqualeno, que são altamente tóxicos. Aliás aí na America, a loucura já chegou ao ponto de dizerem nas TVs que mercúrio é bom pra população! Na veia, melhor ainda pelo jeito. Morte na certa.

Até onde sei, a primeira vacina faz com que as hemacias caiam drásticamente, a segunda injeta o vírus, e a terceira "liga" o corpo de novo para ele começar a lutar, só que aí já é tarde tamanha a violência do ataque dos virus que já se multiplicaram .

Isso tudo Vivian com a ajuda da OMS (ONU), e da NOvartis que é quem criou o vírus (e a vacina!). Aqui no Rio o Butantã já comprou a maldita, e a Fiocruz estárá aplicando Tamiflu na população (procura Tamiflu por aí para saber o que é). Hoje no trabalho uma cliente disse que no hospital de Acari, já reservaram um andar inteiro (que é o das grávidas) para enviar pacientes com a gripe.Você pode achar isso tudo uma loucura, mas é. Uma jornalista austríaca Jane Burgermeister, protocolou essa semana um processo contra a ONU (Organização Mundial da Saude) acusando-os de tentativa de assassinato em massa das populações do planeta através de vacinação compulsória, cuja vacina está cheia de agentes altamente letais e tóxicos , e a Novartis também por genocidio e lucro com a venda de uma vacina que nem testada foi. Detalhe: a gripe "apareceu" no México, curiosamente, uma das fábricas da Novartis, que fica á 50km de onde o primeiro foco começou .. Acesse o site dela, pois pessoas nos EUA inteiro estão ajudando a descobrir essa tramóia toda , enviando emails, e monitorando o exercito da ONU que está fazendo exercicios de treinamento por aí. Você também fica de olho! Te dou o link para o site dela, e o link para a tradução de alemão para Inglês da cópia do processo. Isso, NÃO é brincadeira. Aqui todos estão iguais a robôs e papagaios repetindo o que a TV diz, mas é muito, muito sério. Eu estou me mobilizando o máximo que posso para fazer com que o numero máximo de pessoas também saibam e ajam URGENTEMENTE. NÃO acredite em nada do que alguém da saúde daqui possa te dizer em contrário. Duvide de tudo. Faça sua própria pesquisa. Somos signatários da ONU e teremos de fazer o que ela quer com a ajuda militar. Mas se a população acordar antes, isso poderá ser evitado. Isso, não é maluquice minha amiga. É real, e está acontecendo agora. F ontes para vc se informar melhor:

http://www.davidicke.com/

http://birdflu666.wordpress.com/ (o site da jornalista)

A garota tem peito! Está simplesmente processando a ONU! Protocolou o processo na semana passada na corte austríaca e logo depois foi despedida do emprego .Segue o link para a página com a tradução em Inglês do processo.

http://birdflu666.wordpress..com/page/2/

Acho que isso tudo poderia ser uma grande mentira, mas a prova de que não é, é o fato de niguém, mas abolutamente ninguém estar desmentindo a jornalista. Não há ninguém na TV falando sobre isso, aposto que aí é a mesma coisa. Mas na Internet enquanto é livre, há muita informação. Há muito lixo também, mas vá aos links que te indiquei e depois faça a sua pesquisa. Vc vai ver que é real. Se vc digitar no Youtube "Fema coffins" vc verá que o orgão americano que é o gestor de crises, já comprou dezenas de milhares de caixões, que até pelo Google Earth já conseguem ser vistos, tamanha a quantidad e. Desculpe minha amiga, pelo longo email, e com essas noticias bem perturbadoras, mas, como disse isso não é brincadeira. Fique de olho, e acesse o Youtube sobre NWO (Nova Ordem Mundial), flu, o David Icke. O que você puder. Ah, não se esqueça de se entupir de propolis e de se alimentar da maneira mais natural possível e se proteja.

8  RAZÕES PORQUÊ  VOCÊ ÑÃO DEVERIA TOMAR A VACINA H1N1?

. A vacina H1N1 contém mercúrio - a segunda substância mais perigosa do planeta depois do urânio! O veneno de uma cascavel é menos perigoso que o mercúrio! O Mercúrio em outras vacinas está ligado à epidemia de autismo entre crianças!

. Ela contém esqualeno, uma substância que quando injetada no corpo pode fazer o sistema imunológico humano voltar-se contra si mesmo!

. Ela contém células de câncer de animal que pode provocar câncer nas pessoas!

. Até o governo federal não está confiante quanto à segurança da vacina H1N1, é por isso que foi dada às indústrias farmacêuticas imunidade contra ações judiciais. Isto significa que se seu filho ou esposa ficar inválido ou morrer por causa da vacina H1N1, você não poderá processar a indústria farmacêutica que fez a vacina!!!

. A entrada no mercado da vacina foi acelerada, o que significa que todos os efeitos colaterais a médio e longo-prazo não são conhecidos!

. Em 1976 o instituto médico afirmou que havia uma situação crítica relativa à gripe suína, quando de fato somente 5 pessoas em todo o país adoeceram com ela. A situação crítica foi uma fraude na época tal como é uma fraude agora. As pessoas começaram a morrer ou ficarem inválidas após tomarem a vacina contra a gripe suína!

. As estatísticas e os fatos estão sendo manipulados para provocar pânico! O número de pessoas que supostamente estão com o H1N1 são somente estimativas, não números reais. Os testes usados para o H1N1 NÃO são aprovados pela FDA (Agência de Drogas e Alimentos dos EUA), e esses testes NÃO são confiáveis! Os poucos que supostamente morreram por causa do H1N1 também estavam com pneumonia ou outras doenças, entretanto, o instituto médico quer que você acredite que o H1N1 foi a única causa dessas mortes.

. De acordo com as declarações dos Centros de Controle de Doenças, Agência de Drogas e Alimentos e da Organização Mundial da Saúde (OMS), o H1N1 é uma doença moderada da qual muitas pessoas se recuperam em uma semana sem medicação!

Espalhe a Informação!

Faça pelo menos dez cópias deste informativo e distribua entre Familiares e Amigos!!!

Assista a videoclips gratuitamente sobre o Logro do H1N1 em:
http://www.vaccinesaredangerous.com/

Um clipe mostra uma mulher que já ficou permanentemente inválida por causa da vacina.

Também encomende: "As Vacinas São Perigosas - Uma Advertência Para a Comunidade Global" por Curtis Cost. É o primeiro e único livro que expõe o Logro da Gripe Suína H1N1!


Pode ser lido AQUI , terceiro feto morto após grávida ter sido vacinada contra a Gripe H1N1 A.

H1N1 é uma bomba bacteriológica do ocidente! - António Setas


Segunda, 12 Outubro 2009 20:47
Luanda - No ano de 1974 o Prémio Nobel de medicina foi atribuído a uma equipa de biologia celular dirigida pelo cientista americano do Rockefeller Institute of New York, George Palade, equipa da qual faziam parte dois cidadãos belgas professores da Universidade de Louvain, Albert Claude e Christian de Duve.

Fonte: Folha8 

Desde 1960 que esses cientistas tinham começado a estudar a estrutura da célula e os transportes de proteínas para fora da mesma. O seu trabalho, recompensado em 1974, foi prosseguido pelo Dr. Günter Blobel, que viria a ser o galardoado do Nobel de Medicina de 1999.

Esta entrada em matéria permite-me apresentar um outro cientista belga, o Dr. Jacques Grosjean, membro eminente da equipa do Dr. Christian de Duve, biologista, médico, humanista militante e também conhecido além fronteiras (da Bélgica) pela sua luta contra a droga em todas as suas vertentes, de quem recebi uma informação sobre o fundamento e prática da vacinação em geral e sobre a gripe H1N1 em particular, que, pela sua origem, rigor e documentação anexa, se apresenta aos meus olhos como tão aterradora e no limite do credível por isso mesmo, como digna de ser levada em conta com o máximo de respeito e atenção. A adesão do Dr. Jacques Grosjean ao essencial do que a notícia transmite é evidente, o que de per si merece que nos demoremos numa análise atenta.

O autor da notícia é um outro cientista e filósofo, Jean-Jacques Crèvecoeur, nascido no ano de 1961 em Tirlemont, na Bélgica, formado em Física Quântica  Teórica, e Mestrado, pelas Faculdades Universitárias de Namur, também na Bélgica, laureado do concurso da melhor tese  belga de Física em 1984 e bolseiro por mérito próprio de um doutoramento em Física, tese essa que não chegou a concluir por motivos ligados a alegadas fraudes e manobras de tomada de poder frequentes nos meios científicos. Pedagogo e conferencista desde 1991, desde 1984 que Jean-Jacques Crèvecoeur se informa e se documenta sobre as múltiplas questões atinentes a todo o tipo de vacinas. Actualmente estuda praticamente a tempo inteiro o dossier da gripe H1N1 (porcina), porque, segundo palavras suas, “vejo no seu tratamento todos os sinais dos primeiros passos da instalação de um poder mundial totalitário, graças à cumplicidade do complexo consórcio militar-político-farmacêutico”.
 

Cenário de HORROR

Falemos seriamente. A gripe ordinária mata anualmente no mundo entre 250 e 500 mil pessoas, isto é, em média cerca de mil pessoas por dia (estes são os números oficiais da Organização Mundial da Saúde - OMS). Ninguém fala disso. Nem sopro de notícia. Mas os médias do mundo inteiro repetem quotidianamente que a gripe H1N1 vai provocar uma hecatombe de vítimas. Porquê, quando a verdade é que estamos, no que respeita ao surto da H1N1, em face duma “gripezinha de cacaracá”, que fez apenas coisa de 2 mil mortos em pouco mais de 5 meses? De frisar que nesse mesmo espaço de tempo a nossa gripe “tradicional” teria feito, normalmente, cerca de 200 mil vítimas mortais!

Continuemos a falar seriamente. A maioria dos países do mundo tomou no ano que corre medidas drásticas, excepcionais, para minimizar os efeitos da gripe H1N1, quando os números de morbilidade e mortalidade que se lhe referem são insignificantes.
A França encomendou 94 milhões de doses de vacinas anti-gripe H1N1, a Bélgica encomendou 12 milhões de doses, a Suíça 13 milhões, os USA 195 milhões, o Canadá 59,4 milhões e o Québec 11 milhões de doses!!

Para se opor a uma gripezinha que fez 2 mil mortos em pouco mais de 5 meses!?... Bizarro.
Por outro lado, certo é que o governo dos Estados Unidos da América acaba de estender a todo o território nacional a presença do Exército por decisão do Pentágono. Cerca de 400 mil soldados foram distribuídos por todos os Estados Federados e, por ora já no terreno, estão  à espera do aval do Congresso. Além disso, é de assinalar que mais de 800 campos de concentração foram instalados nestes últimos anos nos USA. Actualmente vazios, os referidos campos são geridos pela FEMA (Federal Emergency Management Agency) que apenas intervém por ocasião de grandes catástrofes, como, por exemplo, por ocasião do tufão Katrina.

Entretanto, o exército americano está a ser treinado no levantamento de barragens rodoviárias para colocar nos viajantes pulseiras de identificação com “chips” RFID a todos os que aceitam a vacina e levar os outros para os campos de concentração por razão de quarentena!

Isto sem esquecer o lado lúgubre da questão, a saber, o facto de centenas de milhares de urnas funerárias terem sido distribuídas por todos os Estados federais americanos e considerável número de valas comuns terem sido abertas em todos os distritos dos mesmos.
Claro está, tudo o que aqui está referido não ultrapassa a noção de indício, mas a estas medidas das forças militares e de polícia, pelo menos bizarras, juntam-se outras, tomadas pelas grandes sociedades dominantes da espantosa indústria farmacêutica.
 

 “Espantosa” indústria farmacêutica.

A 29 de Julho de 2009, no decorrer da preparação duma campanha de vacinação, uma carta confidencial do Health Protection Agency (HPA) solicitou a nada menos de 500 neurologistas britânicos de alta estirpe, sem dar o mínimo conhecimento ao público “beneficiário” da dita campanha, toda a sua atenção a uma possível futura recrudescência, por pequena que fosse, do síndrome Guillan Barré (doença neurológica gravíssima provocada a maior parte das vezes por inoculação de vacinas).

No dia 5 de Março de 2009, a firma Baxter contaminou 72 quilos de material farmacêutico destinado à preparação de vacinas, misturando vírus H5N1 da gripe aviária com os H3N2 da gripe ordinária antes de os enviar para seis diferentes países, apesar de os processos de segurança dos laboratórios, sem excepção, tornarem tais erros simplesmente impossíveis de concretizar. Fora o caso de ser um acto voluntário!!

Em 1918, as vítimas da famosa “gripe espanhola” foram, em geral, as que tinham sido vacinadas, não as que não foram. Depois disso veio tempo de “bonança” no que toca a pandemias de gripe e no princípio do ano de 2009 apareceu a H1N1. Espanto! Quando ela surtiu os seus primeiros efeitos no México, já havia desde Agosto de 2008 um brevete da vacina para tratar a maleita!!

A OMS modificou, em data do 27 de Abril de 2007, a sua definição de pandemia. A partir daí, num extravagante atropelo às severas normas até então aplicadas, a aparição do vírus em dois países de uma mesma zona OMS chega para declarar a existência duma pandemia.
Actualmente, o laboratório Roche apresenta-nos o medicamento Tamiflu como um antiviral eficaz. Na realidade as campanhas de utilização deste produto revelaram-se catastroficamente ineficazes. Ademais, esta droga provoca desordens psicológicas inequívocas, algumas das quais tendo provocado até à data um certo número de suicídios.

Mesmo assim, a indústria farmacêutica farta-se de apregoar aos quatro ventos que as vacinas não provocam quase nenhum efeito secundário, mesmo sendo do conhecimento por assim dizer de todo e qualquer cientista que se preze, que em França o surto da esclerose em placas passou de 25 mil a 85 mil na sequência da vacinação contra a hepatite B.

Tudo leva a crer que se esconde ao público em geral o facto consumado de as campanhas de vacinação estarem na origem de todas as epidemias maiores do século XX.

Leia:

IMUNIDADE JURÍDICA PARA FABRICANTES DA VACINA H1N1

O pior está para vir

As autoridades sanitárias dos países tecnologicamente mais desenvolvidos, grosso modo os países do G 20, estão claramente dispostas a autorizar o novo tipo de vacina anti-gripe sem passar pelos protocolos normais de testes obrigatórios, transformando assim a humanidade em um novo tipo de cobaias a quem caberá o papel e o respectivo risco de provar as eventuais benfeitorias, ou eventuais malefícios da nova droga. 

Saliente-se, no entanto, com a devida ênfase, desde já se sabe que na composição da nova vacina entra um adjuvante, o “squaleno”, numa proporção de 1.000.000 (um milhão) de vezes superior ao normal (verificações apuradas foram feitas tão grande era a diferença, e é verdade). Não se compreende que assim seja, pois sabe-se perfeitamente que esse adjuvante foi formalmente considerado responsável pela síndrome da primeira guerra do Golfe, tendo nessa altura causado a enfermidade de 180 mil G.I.’s (25% dos efectivos) na sequência duma vacina que lhes fora administrada contra o anthrax. De realçar que o “squaleno” tinha sido proibido em 2004 por um juiz federal dos USA.

As primeiras populações vacinadas contra a H1N1 serão constituídas por uma esmagadora maioria de mulheres grávidas e crianças, quando o normal é os mais velhos serem vacinados contra essa doença em primeiro lugar.

Também permanece no segredo dos deuses o facto de nenhum médico nem hospital poder dispensar a vacina, ao que se junta o facto de a sua aplicação ser desempenhada por estudantes e militares. Será que se receia o surgimento de falsos certificados?
Desde hoje se sabe que 50% dos médicos ingleses recusarão ser vacinados por não darem crédito ao processo de fabrico e condicionamento da vacina.

Eis o que se poderá denominar, em despeito das leis mais elementares da ética, “dar a volta por cima” à crise económica e financeira que, ironicamente, assola, antes dos outros, os países que a criaram.

A chegada “a tempo” da “Cavalaria Política”. 

Bom, se juntarmos todas as acções dos laboratórios farmacêuticos e das autoridades policiais aqui atrás referidas, das quais o Folha 8 tem em sua posse provas oficiais sob a forma de documentação exarada pelos próprios actores desses actos, se lhes juntarmos as decisões políticas tomadas a propósito da mesma matéria, o “caldo engrossa e azeda”  e o que era de difícil ingestão passa a ser intragável.

A secretária de Estado US para a Saúde, Katheleen Sebelius, assinou recentemente um decreto conferindo uma total impunidade jurídicaaos fabricantes de vacinas contra a gripe H1N1 em caso de impugnação judiciária por parte de eventuais vítimas dessas vacinas, seja por causa de efeitos secundários nefastos, seja por falecimento.

Curioso decreto, uma espécie de “license to kill”!

O presidente da França, Nicolas Sarkozy, movido como que por uma espécie de “súbita intuição”, assinou um contrato de investimento de 100 milhões de euros (coisa de 145 milhões de dólares) em Março de 2007 (2 anos antes da “pandemia”) para a construção duma fábrica de vacinas contra a gripe.

Madame Bachelot, ministra da Saúde em França, pediu a um grupo de juristas constitucionalistas, em Fevereiro do ano em curso, um memorando sobre a seguinte questão: a imposição dum plano de vacinação a toda a população é ou não é ilegal e anticonstitucional? A resposta foi não, em caso de urgência sanitária. Fica por saber a verdadeira razão que a levou a levantar esta questão…

O Ministério do Interior de França chamou todos os reservistas da polícia em Fevereiro deste ano, em virtude de, cito: “graves perturbações sociais previstas para o final de Verão de 2009”. A verdade é que ainda não houve nada a assinalar. Mas por que razão se temiam perturbações graves?

Conclusão

Segundo o autor deste estudo, apurado até ao pormenor com citação de mais de uma centena de documentos de prova, as vacinas nunca foram eficazes do modo como são apresentados os seus resultados ao público em geral. Os cientistas guardam sempre “cartas na manga”, escondem os efeitos colaterais e os falecimentos por eles causados. Isto no que toca as vacinas em geral. Mas no que diz respeito a esta do H1N1, a verdade é que ela é, segundo Jean-Jacques Crèvecoeur, muito mais perigosa do que o próprio vírus H1H1, e acrescenta: “(…) é uma pandemia mediática que precipitará a corrida do público para as vacinas, que ele julga serem salvadoras, quando, de facto, se trata de uma arma bacteriológica que nos matará. Mas como as pessoas vão crer que a causa das mortes é uma mutação do vírus, cada vez maior será o número de indivíduos que se precipitarão para essa arma fatal”.
E é  tudo, só falta pôr a cereja no cimo deste indigesto bolo.

A razão de ser de tudo isto, a saber, as colossais campanhas mediáticas, as manobras subterrâneas, as quarentenas, a instauração do medo a nível mundial e essas centenas de milhões de vacinas a render biliões e biliões de dólares à indústria farmacêutica mau grado o levantar de pertinentes dúvidas, a verdadeira razão, está aonde?

A resposta de Jean-Jacques Crèvecoeur aqui vai: “A instauração duma nova ordem mundial com um Governo único (ditatorial, claro está), nunca ouviram falar disso? Não? Então só lhe digo que você está atrasado de várias décadas no que toca a informação. Lamento o choque que pude causar em alguns de vocês, mas agora tudo está a ser posto no seu devido lugar para levar avante a ideia (…)”.

Enfim, no que me diz pessoalmente respeito, confesso que ouço falar desse Governo Universal desde a adolescência, na segunda metade da década de 1950 (mil novecentos e cinquenta, para não haver dúvidas). Os Bahá’i, adeptos do profeta persa, Bahà’u’llah, que o digam (são cerca de 6 milhões de sujeitos espalhados por mais de 200 países no mundo). Já nessa altura eles falavam desse Governo Universal como se a sua instauração fosse inevitável.
Ao que parece, estamos a lá chegar! 
 





SOMOS TODOS CHAPECOENSES