FILOSOFIA E TECNOLOGIA
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

HITLER NÃO SE SUICIDOU - A FUGA DO LOBO CINZENTO


Vivemos enganados. Vivem nos pregando mentiras. E uma das maiores foi a de que HITLER SE SUICIDOU. Ninguém viu, mas fizeram até um filme contando os últimos momentos dele. O curioso é que MENGELE o médico assassino das experiências desumanas, fugiu e viveu no Brasil até sua morte por afogamento. Um recente documentário no canal History channel demonstra que o cranio que supostamente pertenceu a Hitler, era de uma mulher. O exame de DNA o confirmou.
Pedaço do crânio de Adolf Hitler com uma perfuração de bala que, durante décadas, foi a prova cabal da morte do ditador

Livro relata a fuga submarina de oficiais nazistas para a Argentina
Durante décadas, embora o corpo completo de Adolf Hitler não ter sido preservado, um pedaço de crânio com um furo provocado por disparo de pistola foi a prova cabal da morte do ditador. A Universidade de Connecticut já havia levantado a possibilidade de o osso pertencer a uma mulher, graças às suas características anatômicas. Porém, apenas recentemente os cientistas conseguiram provar a suposição recorrendo a um teste de DNA.

A primeira hipótese sobre a sua verdadeira origem foi atribuída à Eva Brown, mulher do Führer, mas nunca houve menção sobre ela ter sido baleada. A teoria foi rejeitada.

A morte de Hitler foi divulgada no dia 1º de maio de 1945. Karl Dönitz (1891-1980), grande almirante alemão, declarou via rádio que o líder havia caído em batalha contra os soviéticos. Anos mais tarde, Dönitz revelou que recebeu as instruções por um radiograma, não estava presente ou chegou a ver o cadáver.

Joseph Stálin (1878-1953), chefe da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), afirmou diversas vezes que os restos de Hitler nunca foram encontrados e que, em sua opinião, ele estava vivo e escondido, assim como Joseph Göebbels (1897-1945), ministro da propaganda nazista.

Segundo pesquisa realizada pelo historiador Carlos De Nápoli e pelo jornalista Juan Salinas, no final da Segunda Guerra Mundial, oficiais alemães debandaram para o sul em submarinos. Hitler podia estar entre eles. No caminho, afundaram uma corveta norte-americana e o cruzador Bahia, deixando 336 mortos e causando a maior tragédia naval brasileira.

Para quem pensa que a teoria está mais para um roteiro de cinema, basta lembrar de Josef Mengele (1911-1979) e Adolf Eichmann (1906-1962), criminosos de guerra que fugiram da Europa e viveram na América do Sul.

A última operação do Terceiro Reich é descrita em detalhes em "Ultramar Sul". Os autores, Nápoli e Salinas, levantam suposições intrigantes sobre um plano de fuga sem precedentes na história, livro documentado e com referências bibliográficas.

Será que Hitler na iminência de sua derrota não teria traçado um plano estratégico para escapar caso não tivesse êxito? Imagino que sim e as evidências apontam para isso. Uma rede de túneis subterrâneos com galerias energizadas por geradores, sob a capital alemã, tuneis esses que se interligavam ao Bunker de Hitler, estão lá. O que poderia impedir Hitler de escapar por eles? Porque eles ficam fechados até o dia de hoje?
Dois autores britânicos afirmam que o ditador nazista fugiu para a América do Sul, onde viveu até 1962. Adolf Hitler cometeu suicídio em 30 de abril de 1945 em seu bunker em Berlim. Eva Braun, sua esposa, também não se matou depois de ingerir uma dose de cianureto.


O ditador nazista fugiu em um submarino para a costa da Argentina. Eles viveram durante anos nos arredores de San Carlos de Bariloche, onde tiveram duas filhas antes da morte de Hitler em 1962. O Führer tinha 73 anos.


Esta é a tese polêmica de um livro publicado no Reino Unido, "A fuga do lobo cinzento"  :. The Escape de Adolf Hitler, os autores britânicos são Gerrard Williams e Simon Dunstan Especialistas de Segunda Guerra Mundial e Williams, historiador. Disse ter encontrado provas suficientes para co - escrever o livro.


Argentina foi o país ideal, os autores argumentam, porque este país era "um enclave fascista e pró-nazista". Adolf Eichmann e Joseph Mengele, dois notórios criminosos de guerra nazistas, também se refugiaram na Argentina.


Hitler e Braun, Dunstan e Williams argumentam, teriam sido auxiliados em sua fuga pelos serviços de segurança na América do Norte. Em troca, os espiões tinham acesso à tecnologia de ponta da guerra dos nazistas. Houve pressão para que o livro não fosse publicado. Segundo os autores de Grey Wolf, duas de suas testemunhas oculares foram ameaçados de morte quando a obra estava sendo escrita.


O livro cita várias fontes, incluindo médicos e cozinheiros. Todos dizem ter visto ou conhecido o líder nazista antes de sua morte em 13 de fevereiro de 1962. Suas duas filhas ainda estavam vivas.


No entanto, esta não é a primeira vez que um livro fala sobre a fuga de Hitler e Braun para a Argentina. Em 2003, a Argentina publicou a obra de Abel Basti sobre a fuga de Hitler na Argentina.


Agora, porém, a história vai ganhar impulso com um novo filme baseado em Grey Wolf.


A fuga do Lobo Cinzento


A história da ascensão e queda do ditador Adolf Hitler é conhecida por todos, mas seu destino final pode ter sido bem diferente do que é contado nos livros de história. Para os autores da obra “Grey Wolf: The Escape Of Adolf” (Lobo Cinzento: A Fuga de Adolf), Hitler teria simulado seu suicídio em Berlim e escapado com sua mulher, Eva Braun, para a Argentina.


Segundo a publicação de Gerrard Williams e Simon Dunstan, Hitler haveria morrido aos 73 anos, em 1962, no país sul-americano. Ele ainda teria tido duas filhas com Eva.

Williams, historiador e jornalista especializado na Segunda Guerra Mundial, declarou à emissora Sky News não ter tido a intenção de reescrever a história, mas que “a evidência sobre a fuga de Adolf Hitler é tão contundente que não pode ser ignorada”.


O livro ainda relata que os serviços de inteligência americanos teriam sido “cúmplices” da fuga do líder em troca de acesso à tecnologia de guerra que foi desenvolvida pelos nazistas neste período.


A versão oficial dos fatos aponta que o líder alemão suicidou-se com um tiro e Eva tomou uma dose de cianureto em 30 de abril de 1945 no bunker nazista, enquanto Berlim era invadida pelo Exército soviético.


O livro pontua documentos desclassificados do FBI, que contêm referências de que Hitler fugiu de Berlim para começar uma nova vida na América do Sul.

O ex-ditador nazista supostamente teria habitado um chalé de madeira em uma vila remota, onde sobreviveu com dinheiro proveniente de ouro e jóias saqueados.

O livro cita ainda uma série de fontes, como cozinheiros e médicos, que afirmam ter tido contato com Hitler antes da sua morte, aos 73 anos, em 13 de Fevereiro de 1962. Eles alegam que a linhagem de Hitler continuou com as duas filhas que teve com Eva Braun.


Caso Hitler tivesse realmente escapado para a Argentina, ele apenas teria seguido os mesmos passos de outros fugitivos nazistas, como Mengele, Eichmann e Barbie que vieram para a América do Sul depois da guerra.


Segundo os autores, um filme baseado em Grey Wolf está sendo rodado e deverá ser lançado no início do próximo ano.


Não é a primeira vez que surgem alegações de que Hitler teria fugido para a Argentina. O escritor e jornalista Abel Basti defende a mesma tese em seu livro “Hitler na Argentina” (2003). O argentino há 20 anos investiga a fuga de Hitler, de seu bunker em Berlim, em 1945, e a sua suposta estadia por mais 25 anos na América do Sul.

Conforme as investigações de Basti, Hitler e Eva Braun fugiram da Alemanha, vindo para a costa argentina a bordo de um submarino e viveram por muitos anos nas proximidades de San Carlos de Bariloche, um local turístico e estação de esqui, situada a cerca de 1.000 quilômetros a sudoeste de Buenos Aires.



Conforme Basti, a Fazenda Incalco, localizado em Villa la Angostura, às margens do Lago Nahuel Huapi, foi o refúgio escolhido pelos nazistas argentinos abrigar o casal.


Localizado em meio a uma floresta de pinheiros, só poderia ser alcançado por barco ou hidroavião, e pertencia ao empresário argentino Jorge Antonio, um dos amigos mais confiáveis do presidente Juan Domingo Perón.


Basti também relata que Hitler teria vivido no “Hacienda San Ramon”, a seis quilômetros leste de Bariloche, que pertencia na época ao principado de Schaumberg-Lippe.



Segundo o escritor argentino, o livro recém lançado pelos dois britânicos é uma compilação não-autorizada de seus livros.


O livro “Grey Wolf: The Escape of Adolf Hitler”, dos britânicos Gerrard Williams e Simon Dunstan, lançado no início deste mês, é um plágio. “Trata-se de uma cópia dos meus livros 'Hitler en Argentina' (2006) e 'El exílio de Hitler' (2010”.



“Eles (os autores) vieram até a Argentina e levaram os meus dados. Eu lhes dei acesso a testemunhas e a documentos”, recorda Basti ao explicar que Gerrard Williams assinou um contrato com ele em 2007 – que acabou sendo rescindido em 2009 – para a produção de um livro e de um filme.

“Eu já havia entregado a Williams toda a investigação publicada em meus livros, quando num determinado momento, ele me informou que a crise econômica de 2008 tinha afetado o projeto e que o mesmo não teria como ter uma continuidade porque os investidores haviam desistido. E agora, ele publica um livro junto com Dunstan, assumindo como se fossem deles as minhas investigações.”


Como os livros de Basti até o momento só foram publicados em espanhol e alemão (apesar do interesse de editoras brasileiras em publicá-los também em português), o plágio tende a passar desapercebido aos leitores de língua inglesa. “Nesse sentido, abri um processo por plágio contra a editora do livro, a Sterling Publishing, e em breve intimarei os dois autores britânicos.”

“Grey Wolf” repete o mesmo argumento que Basti defende há anos: o de que Hitler teria chegado à costa da Patagônia argentina após semanas de viagem dentro de um submarino, e de lá teria se refugiado na estância “San Ramón”, no sopé dos Andes, próximo a Bariloche. Os britânicos “inovam” apenas quando apresentam uma data exata da morte do Führer, aos 73 anos (refutada por Basti e por outros pesquisadores): 13 de fevereiro de 1962. E ao falarem da existência de duas filhas dele com Eva Braun (e não de um menino e uma menina como sustenta o jornalista argentino).


Apesar do alvoroço em torno do lançamento desse novo livro, a tese de que Adolf Hitler não se suicidou em 30 de abril de 1945 no seu bunker em Berlim não é nova. Nunca houve um corpo reconhecido oficialmente como sendo o de Hitler (apenas os de inúmeros sósias deixados para trás pelos próprios nazistas, além do fragmento de um crânio que acaba de se descobrir não ser dele). Mais do que isso, documentos e jornais da época registram que Stálin sabia que o Führer havia escapado e “teria se refugiado na Espanha ou na Argentina”, literalmente de acordo com as suas palavras.


Fora isso, o serviço de inteligência dos Estados Unidos também teve ciência da fuga, tanto é que o FBI possui informes sobre as atividades de Hitler até 1971. Por sua vez, a própria Alemanha só veio a considerar Hitler morto em 1955, dez anos após o seu suposto suicídio. Comenta-se até mesmo que Israel e o seu serviço secreto, o Mossad, assim como o Centro Wiesenthal, também tinham conhecimento da fuga, mas que por serem todos financiados pelos Estados Unidos (que teriam traído os soviéticos e acobertado a fuga de Hitler em troca de cientistas e tecnologia bélica) não tinham muito o que fazer.


O tema tem sido levado a sério por muitos pesquisadores e as portas que podem levar à constatação de que o mundo foi enganado por mais de 60 anos podem estar sendo finalmente abertas. Como analisa Basti: “Há 20 anos, quando comecei a investigar o assunto, me chamavam de louco. Agora, as coisas estão mais fáceis. Mais cedo ou mais tarde a verdade virá à tona ou por meio de documentos oficiais desclassificados ou por meio de descendentes de pessoas que sabem de toda a história, mas que por fama ou em busca de dinheiro vão começar a falar, mostrar fotografias. Digo isso porque verdades como essas normalmente só aparecem depois que as pessoas envolvidas já estão mortas”.


No Brasil
Nos livros de Basti publicados até o momento, o Brasil é citado em poucos trechos, como quando Hitler teria visitado o país várias vezes para ouvir uma pianista tcheca que apreciava muito. Ou quando, de acordo com um informe do FBI, ele esteve com Eva Braun no Rio Grande do Sul, em 1947, no balneário da praia do Cassino, perto da cidade de Rio Grande. 


Para preencher essa lacuna, planeja-se a publicação dos livros de Basti em português, com um capítulo sobre o Brasil, já que novos testemunhos afirmam que Hitler também teria vivido por dez anos no Sul do país, com a anuência do governo Getúlio Vargas e posteriormente de Eurico Gaspar Dutra. Há inclusive um testemunho sobre a presença dele em Curitiba, em 1948.

Outra informação que o livro trará diz respeito à data de morte de Hitler. Diferentemente do que afirmam os autores britânicos de que o Führer morreu em 1962 e do que sustenta Mariano Llano, jornalista paraguaio especialista na presença de nazistas na América do Sul, de que a sua morte teria ocorrido em 1974, a edição brasileira do livro de Basti, acrescida desse capítulo sobre o Brasil, trará em detalhes o depoimento de uma nova testemunha que garante que Hitler morreu, aos 81 anos, em 5 de fevereiro de 1971 (por concidência, o mesmo ano em que o FBI encerrou o “Caso Hitler”), e que seu corpo foi enterrado numa cripta subterrânea, um “bunker” construído em um país sul-americano. 

A hipótese da morte em 1971 torna-se bastante crível já que desconhecendo essa informação, no início deste ano, um famoso ator uruguaio, Carlos Perciavalle, disse em uma entrevista a uma rádio que ao chegar a um jantar em Bariloche, em 1970, junto com outra atriz uruguaia, China Zorrilla, encontrou Adolf Hitler entre os convidados. E que soubera mais tarde que Hitler estava naquela época vivendo seis meses por ano na Argentina e ou outros seis meses no Chile.

HITLER E EVA BRAUN
Vale ressaltar que Bariloche (onde reside Abel Basti) fica apenas a 13 horas por terra da Colônia Dignidade, um agrupamento declaradamente nazista, fundado em 1961 no Chile. 

Pesa ainda contra a data de morte oferecida pelos autores britânicos o testemunho de um ex-funcionário de uma empresa de petróleo que afirma ter participado de um jantar com a presença de Hitler, em 1967, nos arredores de Assunção, capital do Paraguai. Algo que segundo ele, já não surpreendia ninguém pois a cúpula militar do governo paraguaio, liderado pelo ditador Alfredo Strossner (filho de um alemão da Baviera, Estado próximo à cidade natal de Hitler), e os latifundiários daquele país tinham o antigo Führer Nazista como convidado de honra em várias ocasiões.





32 comentários:

  1. ESSE ANIMAL NAZISTA CONSEGUIU ESCAPAR DA JUSTICA HUMANA MAS CERTAMENTE NAO ESCAPARA DA JUSTICA MESSIANICA EIS QUE SE APROXIMA AQUELE AGUARDADO DIA DO JULGAMENTO FINAL AONDE ESTARAO OS GRANDES E PEQUENOS DIANTE DO TRONO BRANCO DE DEUS PARA SEREM JULGADOS 2 SUAS MALIGNAS OBRAS INCLUINDO SENHORA BRAUN E O SENHOR DAS TREVAS ADOLF DIABOLICO HITLER MUSSOLINI E A CORJA DISSO TENHO 100% DE CERTEZA NAO ESCAPARAO DA GLORIOSA JUSTICA DE DEUS TERAO DE DAREM CONTA DAS ALMAS QUE ELES ASSASSINARAM E O DOUTOR MENGELLI TAMBEM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acredita nisso?meus antepassados lutaram contra os alemaes.hitler esta morto! e esta justiça nao existe.

      Excluir
    2. sua lavagem cerebral se asemelha a lavagem cerebral sofrida pelo povo alemão duranto o Terceiro Reich, tenho pena de pessoas como você que usam essa desculpa de que "da justiça divina ele não escapará" para justificar a incompentência e impotência humana diante de situações como essa, voceê é um fraco... de cabeça e de espírito, tenho pena.

      Excluir
    3. Um documentário recente do History Channel revelou que um teste de DNA feito no crânio que supostamente pertenceu a Hitler mostrou que o crânio era de uma mulher. O Bunker do ditador comunicava-se com uma rede de tuneis que corriam sob Berlin. De lá ele tomou um submarino que o conduziu à América Latina. Os Americanos sabiam mas calaram-se em troca de segredos sobre armas dos NAZI. Stalin também tinha conhecimento. O Bunker deHitler está fechado até hoje e ninguém entra lá. Está tudo nos livros escritos por pessoas que entrevistaram inúmeras testemunhas que viram Hitler na América do Sul onde refugiou-se em comunidades de origem alemã e simpatizantes do ditador NAZI, inclusive no Brasil. Como podever eu não faço afirmações baseadas em opiniões. Apresento evidências. Se V.S. não gosta, evidentemente não é motivo para me calar.

      Excluir
    4. Até hoje o seu "Messias" não veio. Acho que ele está um pouco atrasado ou com medo de ser detonado pela humanidade enganada. Seria melhor que ele venha logo, pois a panela podre de Sion está quase explodindo, e o mundo ficando menos burro. Aí não terá messias que dê conta de tapar o sol com a peneira...

      Excluir
    5. History Channel?? Quer dizer Jewstory Channel!?...

      Excluir
    6. Se animal ou não, bom ou malvado, a verdade é que, como diz a musiquinha setecentista alemã "Die gedanken sind frei" - "os pensamentos são livres" - estes também são eternos. Uma idéia nunca morre. Assim sendo, as idéias sempre estarão vivas, à disposição dos homens sempre que eles precisarem. Inclusive as daquele que você chama de "animal diabólico".

      Excluir
    7. O Messias de que você fala, é Jesus Cristo? Bem!!!
      As pessoas estão até hoje esperando-o e ele disse que todo olho o veria. Já pensou que no exato momento de sua morte, você a exemplo de inúmeras outras pessoas que já passaram pela experiência de "QUASE MORTE" irão ver um túnel, o qual na sua extremidade terá uma luz. Uma luz que transmite uma imensa paz, uma imensa tranqulidade, e que é nada mais do que ele, Jesus? Para você nesse dia ele terávoltado e você irá ve-lo. Talvez, devido a essa aparente descrença vocêdemore a passar por essa experiência descrita por inúmeras pessoas. Será tão sómente culpa sua. Não minha.
      ABRAÇOS

      Excluir
    8. Ainda bem que devido à natural evolução do mundo, os que compactuam com as idéiaa do Fuhrer são minoria e contiuarão a diminuir em número, sabe porque? Porque esse mundo é governado não pelo acaso e nem pelo Diabo, mas tão sómente por Deus. Ele está no controle.

      Excluir
    9. Idéias são livres, mas de acordo com a evolução natural do planeta, elas ficam ultrapassadas. Lógico que continuarão na cabeça de uma minoria que hoje serão considerados LOUCOS, como os que são adeptos da teoria de Gengis Khan que não sem justa razão era uma das inspirações do FUHRER. Há que se entender que tudo o que fuja da vibração mais pura que é o AMOR por todas as criaturas está condenado ao fracasso. Com sangue ou sem sangue, será escolha nossa.

      Excluir
    10. Iludidos aqueles que creem que o fascismo morreu, está mais vivo do que nunca, só mudou de nome, hoje se chama NEOLIBERALISMO e visa a hiperconcentração das riquesas do planeta e escravisar o terceiro mundo, como FHC e amigos que entregaram todas as riquesas da america latina às nações dominantes.

      Excluir
  2. O corpo de hitler e eva estão escondidos nos porões da casa rosada em buenos aires.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E se estiverem? O que pretende fazer? Levar para casa?

      Excluir
  3. Tem um lobisomem aí que fala em "lavagem cerebral do Terceiro Reich". Qual o nome que ele dá à lavagem cerebral a que ele foi submetido? Seria a Lavagem Cerebral do Sionismo? Ou seria "Mossad Wash"? :))

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado amigo
      Você é adepto do NAZI FASCISMO? Bem!!! Goebbels foi o mestre da propaganda, e é seguido até hoje por todos aqueles que pretendem enganar-nos. Seja nos fazendo crer que o cigarro tem algo a ver com esportes ou outras mentiras mais. Acho impressionante que com os russos chegando às portas de Berlin, a população de Berlin lutou com denodo sacrificando mais 600.000 vidas porque acreditavam que ainda poderiam ganhar a guerra, fruto de uma propaganda enganosa. Foi o osso maisduro que os Russos tiveram que roer tudo inutilmente, tudo por causada propaganda. Lavagem cerebral? Então o que é isso, que fez os soldados Nazistas em depoimentos publicados aqui no nosso blog sentirem-se perdidos quando o seu "PAI" o "CONDUTOR" os deixou? Isso é o quê??? Se você quer ser enganado é problema seu. Eu analiso as pessoas, seus depoimentos suas histórias, e tomo as minhas próprias conclusões, mas desde que o mundo é mundo, sempre haverão os contraditórios e isso é até saudável. Masaverdade é uma só.

      Excluir
    2. Wir rächen euch alle vor allem die Russen und die Amerikaner. Die Rache des Blutes Hitler beginnt.
      Das Vierte Reich vai vai auftauchen und sich die Hölle

      Excluir
    3. Du bist ein Nazi, so die Befürworter so viele! Neben teuflischen ... Ich bemitleide Sie. Er wusste, dass der Kongress der deutschen Parlamentarier Deutschen komponiert wurde, und dass Ihre Lieben Hitler, tötete er jeden? Machen Sie Ihre Hausaufgaben besser ... Einmal Nazi Nazi ... immer! Ich lebte mit deutschen Flüchtlingen, die in Curitiba und dieser runaway Metzger, der auf der Insel Flores, Rio de Janeiro, bevor Sie sich ein Triage Zentrum Campinas, in anderen Worten, eine Art Konzentrationslager brasilianischen kam zu leben! Diejenigen Deutschen, die sowohl seine Hitler als reinrassige gepredigt geliebt, verfolgt das gleiche auch! Ich schäme mich für die untergeordnete und dass dieser bisexuellen Pädophilen im Namen für seine eigene Schande, Deutschland engagiert! Und Ihre Regierung nur Gott nicht für diejenigen, die bereits mit dem Teufel gehören vorhanden!

      Excluir
    4. Você é um nazista por isso os defende tanto!!!!Além de diabólico...eu é que tenho pena de você. Sabia que o congresso alemão era composto por parlamentares alemães, e que seu amado Hitler, mandou matar a todos??? Faça melhor sua lição de casa...Uma vez nazista...sempre nazista! Convivi com refugiados alemães que moram em Curitiba e que vieram fugidos desse carniceiro para a Ilha das Flores, Rio de Janeiro antes de irem para Campinas num centro de triagem, em outras palavras, uma espécie de campo de concentração brasileiro! Esses alemães, que tanto seu Hitler amado pregava como raça pura, o mesmo os perseguiu também!!! Sou descendente e me envergonho do que este pedófilo bissexual cometeu em nome para sua própria vergonha, a Alemanha!!!E para seu governo Deus só não existe para quem já pertence ao diabo!!!!

      Excluir
  4. Lassen Sie zerstören die USSR (Russland) und USA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vivemos preocupando-nos com a justiça. Hitler acreditava que era um enviado de Deus para reformular a Terra, eliminar os Judeus e as raças inferiores e semear a raça superior. Provávelmente nunca leu a Bíblia, pois se a lesse preocupar-se-ia, não em ser um enviado de Deus e sim do Diabo. Um de seus mais ferrenhos seguidores, e preocupar-se-ia por descobrir que aqui nesse planetinha quem manda não é o diabo mas sim Deus e seu envido, Jesus, o governador espiritual do planeta terra. "É necessário que venha o escandalo, mas ai daquele por quem vier o escandalo". Ai de Hitler, um cidadão evoluido, que proibiu o fumo na Alemanha, que era vegetariano. Evoluido por um lado, mas desgraçadamente pouco evoluido em moral. Suas mãos espirituais estão manchadas com o sangue de mais de 50 milhões de vidas. Cientistas, médicos, políticos, artistas, tantos e tantos que poderiam ter feito de nossa terra um lugar melhor para se viver ou pior. Deus sabe e por isso tenha permitido isso como um tributo de sangue a ser pago por tanto ódio e tanto orgulho dessa humanidade doente do início do século XX. Quando o corpo adoece é preciso expurgar o mal com remédios amargos.
      O que teria Hitler para dizer em sua defesa no dia do grande julgamento? Eu não o perderia por nada. Provávelmente dirá que estava enganado. Não estava. Estava cego pelo ódio. Estava tolhido pelas trevas, pelos infernos, pela missão cadavérica dos seus prepostos da sociedade Thule, a mesma de "CAVEIRAS E OSSOS" que são os mesmos envidos das trevas. Estão perdidos.

      "E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória;
      E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas;
      E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda.
      Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;
      Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;
      Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me.
      Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?
      E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?
      E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?
      E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.
      Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;
      Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;
      Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.
      Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?
      Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.
      E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.
      Mateus 25:31-46"

      Excluir
  5. Baixar o Documentário - A Fuga de Hitler - Dublado - http://mcaf.ee/3sw6n

    ResponderExcluir
  6. o terceiro reich nunca morrerá

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado!
      Sabia que na Alemanha de Hitler várias crianças eram assassinadas na Maternidade ao nascerem se tivessem qualquer anormalidade? Isso ocorria porque os IDIOTAS da doutrina NAZISTA acreditavam que crianças que tivessem qualquer anormalidade tinham defeitos genéticos e deveriam ser eliminadas para purificar a raça. Imagine se fisessem isso com você ou com um filho seu? Matavam a criança de fome e sede e depois diziam para você que ela tinha morrido de causas naturais. E isso não é tudo. Recomendo que você assista o filme "JULGAMENTO DE NUREMBERG" na nossa página de DOWNLOADS.

      Excluir
  7. Cada um com suas opinios mas eu acho que esse cara ai o hitler nao morreu nao,fez oque fez e no final foi covarde fugiu ,sou descendente de alemao e me envergonho por esse safado ter matado milhoes de de pessoas inocentes por puro luxo,um verdadeiro filho da puta,nao sei como existiu e existe gente que duz esse homen foi um heroi ,heroi o caralho.

    ResponderExcluir
  8. Prezado amigo
    Em um mundo onde hoje reina a necessidade de intercâmbio entre os povos, esse negócio de guerra está ficando demodê. Ninguém hoje quer saber de guerras, porque a humanidade prova o saboroso gosto da paz, que permite a tecnologia e todos os avanços que dela provêem, em proveito de todos. As grandes potências descobriram que o domínio econômico é mais barato do que Guerras. Os únicos que destoam desse pensamento são aqueles que estão por trás da indústria bélica Americana. Ela precisa de guerras para vender armamentos e por isso incentivam-nas. É gratificante para mim saber que alguém que tem sangue Alemão como também inúmeros Alemães, são contra a doutrina Nazista que tem raízes no passado pré 2ª Guerra. Embora alguns doentes ainda tenham delírios NAZI-FACHISTAS, tenho certeza que os sãos são a maioria. Ainda bem! Pois assim o mundo de amanhã com certeza será melhor.

    ResponderExcluir
  9. estou de saco cheio de ler e escutar estes malditos judeus falarem que eles sao os unicos afetados da segunda guerra mundial.
    quem escreva a historia de uma guerra sao os vitoriosos, e voces malditos sionistas foram os vitoriosos, inclusive financiarem a mesma e ficaram mais ricos ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Prezado amigo.
      Eu não sou Judeu, mas confesso que não entendo as razões de tanto ódio contra eles. Gostaria de entender. Debruço-me em livros e mais livros, vejo filmes, pesquiso, pergunto. PORQUÊ? PORQUÊ? Não entendo. Os comboios partindo para os campos da morte, cheios de crianças, velhos, jovens e homens. PORQUÊ? Porque uma sociedade civilizada, inteligente, desenvolvida, resolve de repente transformar-se em monstruosa, psicopata, anti humana, tratando gente como não se deve tratar nem animais. P O R Q U Ê ??? Tive um amigo Judeu na Faculdade. Ele era gente boa. Não era ruim, era um ser humano. PORQUÊ. Você poderia me explicar? Porque você odeia os Judeus?

      Excluir
  10. Respostas
    1. Você poderá me dizer, bem! Eu os odeio porque durante a primeira guerra mundial eles conspiraram contra a Alemanha, sabotando a indústria bélica, ou negando empréstimos, o que fez com que a Alemanha sucumbisse no seu sonho de dominar o mundo. Mas dominar o mundo, o sonho louco de Von Bismarck não era um sonho um tanto qual egoísta? Que fatalmente cairia em fracasso? Com o custo de quantas vidas? O domínio pela força está comprovado é muito caro e impossível. Por isso as colônias foram entregues, porque é mais barato domina-las economicamente. Sempre essa fixação em DOMINAR! DOMINAR! e DOMINAR! Nós já estamos passando dessa fase. A Globalização aponta para a cooperação, a autodeterminação dos povos, o intercâmbio cultural e tecnológico. O Homem percebe que assim todos tem a ganhar. O mundo antevê uma nova era de prosperidade e paz e amor entre os povos. Não é melhor assim? Construir armas só serve para a sucata, a monstruosa sucata americana que consome bilhões de dólares. Dólares que acabariam com a fome, com as desigualdades, e mergulhariam o homem em uma nova era de prosperidade e paz.
      AMIGO. Esse planeta não está aqui por acaso. Há alguém que o dirige e que pode dizer BASTA a sonhos megalomaníacos de grandeza e domínio, porque dominar só um domina que é ele. E ele ama a todos. Das raças ditas "inferiores" às raças ditas "superiores" que se inferiorizam na sua sede de sangue. Esse é D E U S.

      Excluir
  11. Lei de Godwin !!!
    Vocês são praticamente todos parcial ou totalmente ignorantes.
    Não há nível para discussão do assunto aqui, pois uma vez iniciado o assunto Segunda Guerra Mundial, sempre algum religioso crente ou sei lá o que, toma a verdade pra si, na maioria das vezes não estudou 20 horas sobre o assunto, e acha que detém a verdade absoluta.
    Pior ainda, simplesmente fogem do foco do assunto discutido, com as mais diversas agressões verbais, ou possíveis atribuições de apoio o Nazi-Fascismo.
    Deixem de ser estúpidos, e passem a pensar por si próprios.
    Já que na escola eles não nos instruem ou no mínimo indicam o caminho para isso, eu vou dar um empurrãozinho.
    Leiam pois para sorte de uma maioria de vagabundos alienados, os textos são curtíssimos, e ((( com bases cientificas reconhecidas )))
    1- Reductio ad Hitlerum
    2 - Lei de Godwin
    Aí comecem a repensar suas participações em fóruns de discussão sobre este tipo de assunto.
    Colaborem com as discussões, ao invés de atrapalha-las.
    O maior criminoso é aquele que não busca a verdade !
    E na minha opinião todo assunto discutido de forma educada é válido, até mesmo para decidirmos por nós mesmos, nossas crenças e posições.

    ResponderExcluir

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.