http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

segunda-feira, 9 de junho de 2008

BATERIAS CHUMBO ÁCIDAS





Bateria Chumbo-Ácida







A bateria chumbo-ácida é um acumulador de energia, sendo um sistema eletroquímico formado por um material ativo, o chumbo e seus compostos, e um eletrólito, o ácido sulfúrico. Basicamente este acumulador é constituído por dois eletrodos, sendo um de chumbo e o outro de peróxido de chumbo, imersos em uma solução aquosa de ácido sulfúrico.



Quando em contato com o eletrólito o chumbo e o peróxido de chumbo possuem um potencial elétrico em relação ao mesmo. Porém, na prática, não é possível medir este potencial, apenas a diferença de potencial entre os eletrodos.




Pode-se determinar o potencial elétrico dos eletrodos em relação ao eletrólito por meio do eletrodo de referência de hidrogênio, que sob determinadas condições, tem potencial definido como 0 V (zero volt). O potencial de diversos materiais em relação ao eletrodo de hidrogênio é tabelado, constituindo a série eletroquímica, que é bastante utilizada nos estudos de corrosão e de acumuladores elétricos.



A viabilidade de um acumulador elétrico é definida pela diferença de potencial entre seus eletrodos, que deve ser suficientemente grande para promover as reações de oxiredução, isto é, o ganho de elétrons no eletrodo positivo (redução) e a perda de elétrons no eletrodo negativo (oxidação).


Planté em 1860, sessenta anos após a invenção da pilha galvânica por Volta, apresentou à Academia Francesa de Ciências a primeira bateria chumbo-ácida. Esta bateria era constituída de nove elementos, contendo cada um duas placas enroladas sob a forma de espiral e isoladas por meio de um separador de borracha conforme figura abaixo.



Em 1882 Gladstone e Tribe lançaram a teoria da dupla sulfatação, para explicar o funcionamento do acumulador chumbo-ácido. Por esta teoria o sulfato de chumbo é formado em ambas as placas, no processo de descarga, sendo posteriormente convertido nos materiais ativos das placas durante o processo de carga.

Na próxima postagem estaremos mostrando o funcionamento da Bateria Chumbo ácida e suas reações químicas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES