http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

O GRUPO BILDERBERG - OS SENHORES DO MUNDO

OPINIÕES DA INTERNET TOTALMENTE ISENTAS.

O quê você sabe sobre o grupo Bilderberg?

O chamado Clube Bilderberg é uma reunião anual que acontece em determinado lugar do mundo. A intenção inicial do Clube de Bilderberg era promover um consenso entre a Europa Ocidental e a América do Norte através de reuniões informais entre indivíduos poderosos. A cada ano, um “comitê executivo” recolhe uma lista com um máximo de 100 nomes com possíveis candidatos.

Neste grupo são reunidas as pessoas mais poderosas de todo o planeta: secretários de estado, empresários das megacorporações transnacionais, donos de farmacêuticas, da indústria de alimentos, automobilística, petrolíferas, magnatas influentes e é claro, os mais poderosos banqueiros do planeta, enfim, uma verdadeira gama de poder. 

Estas reuniões definem muita coisa que acontece no nosso cotidiano e nada do que é discutido é revelado ao público.

Entre elas, ações que visam dominar o mundo e criar uma Nova Ordem Mundial, onde haveria uma única religião, uma única moeda, um unico governo, crianças seriam separadas da mãe logo após o nascimento para serem educadas pelo estado, enfim, tudo para que não existisse mais classe média, para que voltássemos a situação de senhores e subordinados.

Isso não é muito divulgado no Brasil, por interesses óbvios!
Atenção a todos! Pesquisem mais sobre o assunto! Não sejam passivos!

_________________

Essas pessoas existem desde os principios da civilização. Eles se auto denominam os " ILUMINATIS". 

Muitas ceitas que hoje ouvimos falar com frequencia, são vertentes dos ILUMINATIS.

A escolha de seus membros, são feitas pela influência que essa pessoa possa ter na humanidade. Simbolos, desenhos animados, gestos, marcas de produtos mundialmente conhecidos, emissoras de tv, entre outras coisas.

Todas essas coisas nos transmitem mensagens subliminares, que não percebemos de fato, mas ficam armazenadas em nosso inconciente.

O preocupante do objetivo dos ILUMINATIS,  é o que eles vão e estão fazendo pra chegar nesse objetivo.


Esse é um assunto monstro. Devemos abrir nossas mentes e termos a sabedoria do certo e do errado, do porquê dessas mensagens subliminares?! E qual será nosso destino se não optarmos pela coisa certa.

__________________________

Todos os presidentes dos EUA, desde Eisenhower perteceram ao clube e, nos dias 29 e 31 de maio de 1954 reuniram-se no Hotel Bilderg (daí o nome do Grupo Bilderberg).

São conhecidos como GOVERNO MUNDIAL NA SOMBRA e OS SENHORES DO MUNDO.

Foi fundado em 1954 pelo Príncipe Bernharh da Holanda, que pertenceu à SS.

_____________________________

Os Donos do Mundo


A cargo de Giorgio Bongiovanni

Durante algumas das minhas viagens a Londres pude conhecer uma personagem que trabalhou durante anos no sector do Marketing. Tudo o que ides ler de seguida é fruto de indagações que dirigi pessoalmente; implicando em diversas partes do mundo a figuras de relevo ligadas às grandes famílias económicas.

Decidi publicar integramente a investigação tal como ele a escreveu, mas penso que por ética profissional, é justo que tudo deva ser formulado sob forma de hipótese. Na minha opinião, a maior parte das informações são verdadeiras; faço esta declaração também em relação aos acontecimentos que se estão a manifestar no mundo.

Quem controla o mundo hoje

A confirmação da minha investigação partiu de uma notícia, publicada a 7 de Junho de 1999 pelo Corriere della Sera, onde se falava dum grupo de pessoas até então desconhecido para mim, os ‘Bilderberg’.

Assim são chamados os membros do Grupo Bilderberg. O artigo referia-se à sua reunião oficial anual de 1999, que se tinha concluído recentemente em Portugal, em Sintra. Nesta reunião debateu-se, entre vários temas, também sobre o pós guerra do Kosovo.

O grupo Bilderberg, dizia o artigo, nasceu no ano de 1954 e reúne as personagens mais ilustres dos diferentes campos a nível internacional. 

Entre as personagens presentes nas reunião eram citados: U. Agnelli, H. Kissinger, Mario Monti entre outros. Lendo estas informações ocorreram-me suspeitas por uma reunião desta importância (por argumento e personagens) não ter tido maior publicidade dos meios de informação. 

Cheio de curiosidade, senti a necessidade de conhecer e compreender mais a fundo a natureza desta organização. 

Deste modo cheguei ao conhecimento das que podem ser consideradas como as forças negativas que hoje detêm o poder material no mundo, sobre os seus pensamentos e programas.

Se pensamos na situação do nosso planeta podemos desentender-nos e permanecer felizes e tranquilos ou então podemos perguntar-nos sobre que mundo estamos a preparar para as próximas gerações e antes de mais sobre a razão porque estamos nesta situação: guerras civis e religiosas em todos os continentes; violência e corrupção por todas as partes, incluindo nos Estados que se consideram mais desenvolvidos; uso de drogas em aumento (até serem legalizadas); a condição de pobreza em contínua expansão pelo mundo; um difundido sentimento de injustiça; escândalos que implicam a todas as personagens que ocupam posições de poder; etc...

Lamentavelmente a tendência da nossa sociedade é dramaticamente negativa e nos nossos dias a degeneração é a verdadeira protagonista. A pergunta que vale a pena fazer é: mas há quem fomente estas coisas, existe um denominador comum detrás de tudo isto, alguém que tire proveito?

Só a verdade nos pode fazer livres, livres de compreender e, por conseguinte, de reagir. Assim, a pergunta que devemos fazer é: conhecemos a verdade? 

Conhecemos realmente o que se esconde detrás do amadurecer de todos estes fenómenos? 

É certo que os meios de comunicação, os políticos, os sociólogos nos ‘massacram’ com as suas interpretações, mas podemos confiar neles?

Como desafio observai a Tábua 1, esta é segundo David Icke (do livro “E a verdade vos fará livres”) a ‘Hierarquia de Poderes’ do nosso planeta nos nossos dias. 

Sei que é um pouco diferente da que estamos acostumados a imaginar e sobretudo há muitos nomes, na cúpula, que não são conhecidos e dos quais ninguém fala. 

Está também o Grupo Bilderberg, mas não é o vértice da hierarquia, por conseguinte antes de falar deles tentaremos descobrir quem são os que parecem mandar-lhes.
 

Os Iluminados e a Nobreza Negra

Como a própria palavra diz, os iluminados são os portadores da luz, os que sabem, mas a sua luz é, ao que parece, Lúcifer ou Satanás. 

Pertencem a treze famílias das mais ricas do mundo e são as personagens que verdadeiramente governam o mundo por detrás dos bastidores. 

São chamados também a Nobreza Negra, os Decisions Makers (artífices de decisões), que criam as normas a seguir por governos e presidentes. 

A sua característica é a de estar ocultos aos olhos do público. A sua árvore genealógica remonta a milhares de anos e estão muito atentos para manter o seu laço de sangue de geração em geração sem o interromper. 

O seu poder reside no oculto e na economia; um dos seus ditos é: “o dinheiro cria poder”. Possuem todas as bancas internacionais, o sector petrolífero e todos os sectores industriais e comerciais mais poderosos; mas sobretudo estão infiltrados na política e mandam na maior parte dos governos e dos organismos supranacionais; em primeiro lugar na ONU e no Fundo Monetário Internacional.

Um exemplo do seu modo de atuar é a eleição do Presidente dos Estados Unidos. Quem entre todos os candidatos tiver mais padrinhos em forma de capitais vence nas eleições, porque com estes capitais tem o poder de ‘destruir’ o outro candidato. 

E quem é que apadrinha o candidato vencedor? Obviamente os Iluminados por meio de muitas organizações de fachada; e fazem de maneira que financiam simultaneamente ambos os candidatos, para manter o ‘jogo’ vivo, incluindo se já decidiram quem é o vencedor e a este protegem com mais capitais.

Os seus planos são sempre previsores; parece que Bill Clinton foi preparado para a missão de Presidente pelo círculo de Iluminados desde que era jovem.

Qual é o objectivo dos iluminados? Criar um único Governo Mundial e uma Nova Ordem Mundial, com um chefe de entre eles para submeter o mundo a uma nova escravidão, não física, mas ‘espiritual’ e afirmar o seu credo: a ideologia luciferiana.

Este objectivo não pode ser conseguido no espaço de uma vida; as suas origens são antigas e remontam-se até 1700 quando o complot foi formalizado, com a elaboração de verdadeiros e próprios documentos programáticos.

Na primeira metade de 1700, o encontro entre os Grupo dos Sábios de Sião e Mayer Amschel Rothschild, o hábil fundador da famosa dinastia que hoje controla o Sistema Bancário Internacional, levou à redacção de um manifesto: “Os Protocolos dos Sábios de Sião”. Em 24 parágrafos é descrito como subjugar o mundo com a ajuda de um sistema económico. 

Foi também M. A. Rothschild quem ajudou e financiou o hebreu  Adam Weishaupt, um ex-sacerdote jesuíta, que em Frankfurt criou um grupo secreto com o nome de os “Iluminados da Baviera”.

Eis aqui alguns exemplos operativos sobre o que havia que fazer:

Criar a divisão das massas em campos opostos através da política, da economia, dos aspectos sociais, da religião, da etnia, etc. ... 

Se fosse necessário, armá-los e provocar incidentes de maneira a que se combatam e se debilitem.

Corromper (com dinheiro e sexo) e tornar assim chantageáveis aos políticos ou a quem tenha uma posição de poder no interior de um Estado.

Eleger ao futuro chefe de Estado entre aqueles que são servis e submetidos incondicionalmente.

Conseguir o controle das escolas (Institutos e Universidades) para manobrar de modo que os jovens talentos de boa família sejam guiados numa cultura internacional e se tornem inconscientemente agentes do complot.

Assegurar que as decisões mais importantes num Estado sejam coerentes a longo prazo com o objectivo de uma Nova Ordem Mundial.

Controlar a imprensa, para poder manipular as massas por meio da informação.

Acostumar as massas a viver sobre as aparências e satisfazer só o seu prazer, porque numa sociedade depravada os homens perdem a fé em Deus.

Segundo Weishaupt, pondo em prática os seus conselhos chegar-se-ia a criar um estado tal de degeneração, de confusão e, por conseguinte, de esgotamento, que as massas deveriam reagir procurando um protector ou um benfeitor ao qual submeter-se livremente. 

Por isso há necessidade de constituir Órgãos Supranacionais dispostos a aproveitar este estado de coisas, fingindo ser os salvadores da pátria, para instituir um Governo Mundial.

Em 1871 o plano Weishaupt foi ulteriormente completado por um americano partidário seu, Albert Pike, que elaborou um documento para a instituição de uma Nova Ordem Mundial por meio de três Guerras Mundiais. 

A sua ideia era que este programa de guerras geraria nas massas uma necessidade tal de paz, que se tornaria natural chegar à instituição de um Governo Mundial Único. 

Não foi casualidade que depois da Segunda Guerra Mundial se tenha dado o primeiro passo nesta direcção com a criação da ONU, a qual podemos definir como a polícia do mundo dos Iluminados.

Voltando ao pensamento de Pike, a Primeira Guerra Mundial deveria levar os Iluminados, que já tinham o controlo de alguns Estados europeus e estavam a conquistar por meio das suas maquinações os Estados Unidos da América, a obter também a direcção da Rússia. 

Esta última deveria jogar logo um papel que levaria à divisão do mundo em dois blocos. A Segunda Guerra Mundial partiria da Alemanha, manipulando as diversas opiniões entre nacionalistas alemães e sionistas politicamente comprometidos. 

Ademais levaria a Rússia a estender a sua zona de influência e fazer possível a constituição do estado de Israel na Palestina.

A Terceira Guerra Mundial estará baseada nas divergências de opinião que os Iluminados criarão entre os Sionistas e os Árabes, programando a extensão do conflito a nível mundial.

Com o passar dos anos o Quartel General deste complot passou da Alemanha (Frankfurt), para a Suíça, depois para a Inglaterra (Londres) e por último para os Estados Unidos da América (Nova Iorque).
--- ¥ ---

“A ONU! ... Para que serve?”



Para que serve este mastodôntico edifício onde prospera uma vida cómoda e onde os complots internacionais se consumam de dia e de noite? Todos acomodados no Palácio de Vidro e todos com cómodas poltronas e óptimas remunerações. Não é assim?

Vetos à direita, vetos à esquerda?

O mais forte prevalece sobre o débil e sobre aqueles que só podem ‘palrar’ sem poder fazer prevalecer uma causa justa. Basta um veto e tudo termina.

As guerras continuam. As violações prosseguem e os mortos somam-se vertiginosamente. E então...? Para que serve a ONU?

Que utilidade tiram os povos deste “palácio” onde as intrigas políticas fermentam, para que um povo continue sendo inimigo de outro povo?

E os atropelos, as violações diplomáticas, onde a pomos: dentro ou fora?

Para que serve a ONU?



Eugénio Siragusa




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES