http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

QUEREM ACABAR COM A APOSENTADORIA

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

O ANTOLÒGICO TRIBUTO A GEORGE HARRISON



No dia 29 de Novembro de 2002, roqueiros e músicos se reuniram no famoso Royal Albert Hall de Londres para homenagear o Beatle George Harrison que morrera um ano antes. Foi um dos maiores espetáculos de todos os tempos, verdadeiramente antológico. 

Começou pela direção de Eric Clapton, outrora rebelde, hoje um arranjador. O guitarrista Jeff Lynne ficou emocionado - durante o ensaio foi possível encontrar novos acordes, novos caminhos para cada uma das músicas-.

O DVD desse show está disponível no site da Amazon.

O mundo da música considera e considerava George Harrison lendário e genial, não só por seu gênio musical e instrumental mas também por seus riffs, seu paradoxo nas posições sociais políticas e religiosas e seu humor sarcástico ao melhor estílo Britânico. George amava a humanidade, a natureza e cada detalhe que compunha seu cotidiano. Para dizer a verdade era o Beatle que mais me cativava por sua posição mística, voltada para a descoberta do ser interior. Era o caçula dos Beatles.

A noite foi mágica, misturando misticismo indiano que influenciou George desde os anos 60, com a diversão pagã do Rock and Roll ocidental. Os seus principais amigos apareceram como  Paul Mc Cartney, Tom Petty, Heart Breaks, Billy Preston, Ringo Star, Ravi Shankar e filhas e seu filho Dhani Harrison. Seus Buddies como o grupo performático Inglês Monthy Python.


Video completo do espetacular "TRIBUTO PARA GEORGE HARRISON"


O maior destaque vai para o diretor do espetáculo o inglês David Leland. 

As músicas antológicas de George Harrison foram todas executadas e interpretadas ao som de músicos talentosos e geniais que emprestaram seu talento, criatividade e emoção ao espetáculo. O mundo da música parou para assistir e se emocionar. Foi de lavar a alma.

George Harrison preocupava-se em assistir aos necessitados e por isso procurou fazer um show para arrecadar fundos para os necessitados de Bangladesh. Esse provavelmente foi o momento máximo de sua carreira, e o que deixou os melhores registros pelo menos que eu conheço.

Abaixo uma reprodução legendada por nós da música Something que foi interpretada nesse show que colocamos lá no YOUTUBE para podermos postar aqui nesse espaço.


3 comentários:

  1. Cada vez que assisto a esse show me emociono muito.
    Ver o filho de George tocando ao lado daquela turma veterana é muito lindo. Você, amigo, foi muito feliz no seu texto e te agradeço. Assim como Elvis, George é aquela presença constante na nossa vida. Deus nos abençoe.

    Ricardo Cacilias

    ResponderExcluir
  2. Cara pensa num tróço muito doido, excelente, de emocionar, arrepiar os cabelos, de chorar, e de reunir tantos talentos juntos em pról de uma homenagem dessa, sem palavras. Whyle my Guitar...é apoteótica, impensável mas possível, penso que a melhor coisa do genero já feita no mundo em tds os tempos!!!

    ResponderExcluir
  3. Amigo, publica aí a relaçao completa de todos os músicos sem excessão! Abçs.

    ResponderExcluir

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.

SOMOS TODOS CHAPECOENSES