http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

SOMOS TODOS CHAPECOENSES

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015

VIDA QUE VIVEREI E VIVERÁS EM ABUNDANCIA.

Certa vez eu estava conversando sobre religião com um amigo cristão, e ele me disse que "O QUE ELE SENTIU O FARIA MANTER-SE FIEL POIS ELE SENTIU ALGO QUE JAMAIS TINHA SENTIDO".  Isso é muito importante. As pessoas que tem uma experiência com Cristo sentem alguma coisa que lhes transforma, que lhes modifica. Sentem paz. A verdadeira paz.

Se eu digo isso para uma pessoa  que é cética, ela irá desdenhar, porque o que é espiritual, não pode ser explicado científicamente, mas pode ser sentido. É como o vento. Sente-se mas não se vê, com a diferença que a experiência espiritual com Jesus é algo bom, infinitamente bom e gratificante. Sente-se uma profunda paz, sente-se amado, sente-se protegido, sente-se que nada mais importa. Mas qualquer palavra não poderá definir essa experiência porque ela é pessoal, e é diferente com cada um.

Dessa forma os céticos, os mecanicistas e os orgulhosos, permanecem na sua cegueira, que trava o desenvolvimento da humanidade, porque a própria ciência já está comprovando a realidade espiritual. Pesquisas, revelam que pessoas que tem fé estatísticamente tem uma recuperação mais rápida e melhor, que sobrevivem mais, que se sentem mais felizes e melhor. O ingrediente fé é muito importante para a recuperação física. Então como os mecanicistas explicam isso? Alguns irão alegar que é o poder da mente, mas existe uma diferença entre os que usam o poder da mente e os que utilizam a fé.


24/07/2013 10h39 - Atualizado em 24/07/2013 12h07

Fé pode ajudar muito no tratamento e cura de doenças, defendem médicos

Crença pode melhorar qualidade de vida e bem-estar durante recuperação.
Estudo mostra que ter uma religião pode reduzir o risco de morte em 30%.


Acreditar no tratamento, no médico, em si mesmo e na recuperação é extremamente importante e pode ajudar inclusive no resultado e na cura de diversos problemas.
Como defenderam a pediatra Ana Escobar e o oncologista Fernando Maluf no Bem Estar desta quarta-feira (24), a fé pode ser uma grande aliada da saúde, faz bem para a imunidade, melhora a resposta a processos de quimioterapia ou radioterapia, por exemplo, e ainda pode ajudar a combater depressão, ansiedade e problemas de sono.
Para comprovar essa tese, um trabalho do Instituto Dante Pazzanese, com quase 250 artigos de todo o mundo, concluiu que a prática regular de atividades religiosas - sejam elas quais forem - pode reduzir o risco de morte em 30%.
Isso porque ter uma religião promove bem-estar psicológico, menos pensamentos e comportamentos suicidas, menos consumo de álcool e drogas e um maior incentivo a hábitos saudáveis. O estudo mostrou ainda que a religião contribui também para reduzir a carga viral em pacientes com HIV, além de reduzir mortes por AVC e problemas cardíacos.
 A fé em uma religião cristã por outro lado, traz esperança, significado para a vida e perspectiva de que nada acaba com a morte pois há a perspectiva da vida espiritual que é o que importa, porque a vida na terra é breve e cheia de decepções. Veja o video abaixo do grupo NOVA DIMENSÃO sobre essa experiência com Jesus.

Falam eles em uma vida. É importante saber que JESUS te dá VIDA. Sem JESUS só se terá a morte, e falo da morte espiritual, aquela que se está morto em vida. Portanto tente experimentar essa vida maravilhosa com a verdadeira paz.




Recentemente um cidadão denominado Salatiel tem postado alguns videos no You Tube onde demonstra e prega para o mundo sua incredulidade. É uma pessoa que parece bem instruída no que fala e alegando ter vindo de uma religião evangélica e perdido totalmente a crença fazendo várias alegações amparadas em versículos bíblicos e livros que não cansa de mostrar, colocando uma imagem de doutor no assunto.

A princípio sua voluntariedade não chegava aos palavrões, mas agora depois de sofrer a influência nefasta dos "demoniosinhos" que dançam à sua volta escrachou e danou-se a falar palavrões.

É mais um cético que não consegue ver o óbvio à sua frente. A inequívoca evidência da existência divina, porque se Deus não existisse, como poderia o homem com toda a sua complexidade existir? Por acaso? Seria inviável. 

Já tivemos o trabalho de fazer aqui nesse blog uma longa exposição sobre esse assunto que poderá ser acessada no link abaixo ou aqui


A cada dia que passa a ciência continua a comprovar que perdeu tempo de mais com a sua física mecanicista e já se precipita sobre o imponderável que é a realidade espiritual e a inequívoca existência de Deus que conseguiu convencer até mesmo Einstein.

Entretanto a dúvida permanece, mas é impossível tentar entender a justiça e o amor de Deus e o amor de Jesus, se nos limitarmos à existência material, porque a existência material é breve e fugás. Depois o que sobra? A realidade espiritual que em ultima análise é eterna.

Ninguém que come e dorme e não se lembra dos seus sonhos pode dizer alguma coisa sobre a realidade espiritual. Somos como cegos. Vivemos dentro do contexto espiritual, todos os dias durante os sonhos, visitamos a realidade espiritual, acordamos e não nos lembramos de mais nada, porque nosso cérebro não é para lembrar. É para esquecer.

Obviamente se as coisas acontecem assim é porque devem ser assim. Se Deus aparecesse com todo o seu poder e nos dissesse o que devemos fazer, todos fariam sem pestanejar, e seria um tal de pucha saco, de fisiologismo sem conta, mas ele nos deixa a vontade e não se revela, porque nós temos que fazer o certo não porque nos teria sido imposto, mas porque queremos. Devemos fazer o certo por amor. Caso contrário  não tem a menor graça. Deus não nos quer possuir pois ele em primeiro lugar nos ama. Ele quer nos conquistar, e é sábio demais, tanto que não podemos penetrar nos seus desígnios.

Mas tudo o que plantamos colhemos. Entretanto Jesus nos poupou muito sofrimento, porque ele colocou sobre si a nossa culpa. Não fosse isso o nosso sofrimento seria proporcional ao oceano de sangue e lágrimas que já correu. Para assumir a nossa culpa teve que descer da glória e ai foi o seu maior sacrifício. Cumpre-nos valorizar esse sacrifício, mas se o renegar-mos, o oceano de sangue e lágrimas estará esperando por nós. Não aqui na terra, porque essa pertencerá aos mansos, mas em outras dimensões. A escolha é livre. Aprenderemos pelo amor de Jesus ou pela imensa dor.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.