http://filotec.com.br

http://filosofiaetecnologia.blog.br
ECONOMIA TECNOLOGIA FILOSOFIA SAUDE POLÍTICA GENERALIDADES CIÊNCIA AUTOHEMOTERAPIA NOSSOS VÍDEOS FACEBOOK NOSSAS PÁGINAS

SOMOS TODOS CHAPECOENSES

segunda-feira, 13 de abril de 2015

APRENDENDO A CONVERSAR COM DEUS

Todos nós ouvimos falar de Deus e cada um tem uma concepção diferente, mas em geral temos a impressão que podemos pedir as coisas e ele nos atenderá. Nesse ponto temos que parar um pouco e raciocinar.


Qual o interesse que Deus tem em nós?


Deus efetivamente, dada sua grandeza e seu poder não depende de nós para absolutamente nada. Ele é senhor de tudo o que possuímos, inclusive da nossa vida, que pode acabar assim que ele o determine. 

Nada somos sem a vontade de Deus. Da nossa saúde, nosso corpo, nossos bens materiais, até a nossa paz e a nossa felicidade, tudo é dado por Deus, para que nós cumpramos o seu plano. Sim Deus tem um plano para cada um de nós.

Mas se Deus não precisa de nós para absolutamente nada, porque ele se preocupa tanto conosco?

Por causa da maior força que existe no universo que é o AMOR. Deus nos ama. Um pai não precisa de seu filho para nada, mas faz tudo por ele porque o ama. O AMOR de Deus por nós é o que o faz preocupar-se conosco.

Mas tendo tantas coisas para se preocupar, como o universo infinito, porque ainda arranja tempo para se preocupar com a terra que é apenas uma partícula de poeira microscópica dada as dimensões do universo? 

A memória e a capacidade de se ocupar com coisas pequenas para Deus é infinita. Sua preocupação conosco e sua capacidade de controle sobre tudo é tão grande que ele tem contados os fios de cabelo de nossas cabeças. Foi o que disse Jesus, que expressa muito bem a capacidade de controle sobre cada detalhe de nossas vidas, mas Deus tem também intermediários. 

Ele não precisa agir diretamente sobre tudo, e cada intermediário faz exatamente a sua vontade. Jesus é o intermediário entre nós e Deus. Por isso disse. Eu sou o caminho a verdade e a vida. Ninguém vem ao pai senão por mim.

É importante observar a conjugação do verbo. "Ninguém vem ao pai" e não "Ninguém vai ao pai". Isso porque Jesus é como se fosse o próprio pai para nós, já que ele estaria em tão grande sintonia com o pai que seria como se fosse o próprio, entretanto ele não é o Pai como afirmam alguns, pois quando o moço rico perguntou a Jesus.

-Bom mestre, o que deverei fazer eu para entrar no Reino dos céus?Jesus afirma peremptório.

-Porque me chamais bom? Bom só existe um que é o meu pai que está nos céus.Aqui além da humildade existe também a dissociação dele em relação ao pai.

Em geral temos a noção de Deus como um ser implacável que ficaria em uma espécie de trono nos ouvindo e concedendo ou não os nossos pedidos. A uns atende e a outros não.

A coisa não é assim. Deus não fica em trono nenhum. Deus é um espírito da mais alta envergadura. É o ser incriado, portanto esse negócio de trono é folclore. Temos que acabar com essa crença de que anjo tem aza, demônio tem chifre e rabo e Deus está em um trono. Tudo isso são imagens criadas por homens. 

Deus é onipotente (Pode todas as coisas) onipresente (Está em todos os lugares) e onisciente (Sabe todas as coisas.) Portanto Deus habita dentro de nós, porque está em todos os lugares inclusive dentro de nós.

COMO CONVERSAR COM DEUS?

Quando as pessoas fazem suas preces ou orações, em geral pedem coisas. Pedem proteção, pedem saúde, pedem bênçãos e pedem por pessoas e por si como também por famílias, para abençoar os estudos, proteger uma viagem etc...

Embora não seja errado pedir, essa é uma forma a nosso ver infantil de se relacionar com o altíssimo. Porque é um monólogo, e como aqui não se trata de um monólogo e sim uma conversa, é preciso falar. Pode pedir, mas é preciso também ouvir.

Deus se agrada muito quando o procuramos, mesmo que seja só para monólogos. O ato de orar ou fazer preces ilumina-nos. Essa é a melhor forma de se afastar o mal, porque na oração somos iluminados. É preciso apenas que a oração seja sincera e de coração. Se for aquela prece ou oração em que apenas se pronuncia palavras mas que não existe sentimento, a penetração é quase nula ou nula. É como se não existisse prece.

É apenas uma obrigação que nada significa. Deus não precisa de palavras, assim como não precisa que o peçamos pois ele conhece muito mais do que nós todas as nossas dificuldades e sabe o que iremos pedir e o que precisamos, portanto mais do que pedir devemos ouvir, mas como ouvir? Alguém já ouviu a Deus?

Sim ele fala por telepatia. Não por palavras. Faça silêncio interior, medite, espere a resposta e ela brota na sua mente, depois continue a conversa. Não pretenda dizer a Deus o que ele deve fazer. Embora ele não se ofenda porque entende sua falta de conhecimento e inferioridade. Abra seu coração como quando conversa com um velho amigo, depois faça silêncio interior, medite e espere a resposta que virá na sua mente.

Esse processo é melhor à noite antes de deitar, porque todas as noites visitamos o mundo espiritual. Esse é um segredo que pode nos trazer inúmeros benefícios. Se tiveres um grande problema, ao deitar fale com Deus e peça que ele o ilumine e lhe mostre a melhor solução para o problema durante a noite. Dessa forma Deus poderá durante a noite te mostrar a solução. Pela manhã acordarás com a solução. Além disso vários fatores concorrerão para a solução do seu problema.

Saiba que nunca estás só. Deus está contigo todo o tempo. Ele é seu pai e muito te ama e isso é para você uma fonte inesgotável de poder.

Entretanto é importante que você saiba que nem tudo o que você quer é o melhor para você, pois você é uma criança espiritual. Deus é o pai e ele sabe melhor do que qualquer um o que é melhor para você, e as dificuldades existem para que você cresça. Portanto as vezes é preciso passar por dificuldades. Elas são sua prova e o fruto que você está colhendo daquilo que você atraiu para você. Todos nós vivemos segundo a lei da atração e atraímos para nós o bem e o mal de acordo com o que plantarmos. A semeadura é livre, mas a colheita é obrigatória.

ABRAÇO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todos podem comentar e seus comentários receberão uma resposta e uma atenção personalizada. Seu comentário é muito bem vindo. Esse espaço é para participar. Te aguardamos e queremos seu comentário, mesmo desfavorável. Eles não receberão censura. Poderão apenas receber respostas, ou tréplicas.